terça-feira, 1 de maio de 2018

Criação de Deus


Quando alguém me pergunta como vejo este mundo; tenho duas respostas prontas, instintivas: Uma delas, é que vivo em um mundo em flagrante desobediência aos ensinamentos bíblicos; e quanto a isto, creio que qualquer cristão (mesmo os mais liberais) há de concordar comigo. E a outra, é que procuro admirar com simplicidade e encantamento, as belezas naturais que este mundo expõe - em um conjunto de sons e de cores (comuns ou exóticas) que deslumbram pessoas dos gostos mais variados (as cores das plantas, o cantos mavioso das aves, o rugido e grunhido dos animais). Glória a Deus! É bênção purinha!

Na verdade... Um dos meios, para qualquer cristão tornar sua existência menos penosa - em um mundo tão contraditório; é amar e admirar menos o mundo carnal - ferido pela pecaminosidade humana; passando a amar e admirar um pouco mais as belezas do mundo natural, reveladas nas cores e nas formas da criação de Deus. Até porque, a Bíblia diz que "Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos." (Salmos 19:1). Então... Seja no céu, seja na terra; podemos nos enriquecer com a manifestação da glória de Deus nas obras por Ele criadas - do brilho dos astros, ao som das aves.

Este é um dos salmos, que expõe a grandeza das obras de Deus: "Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste." (Salmos 8:1-5). Exaltado seja o Senhor Jesus!

Sou um admirador do canto dos pássaro - tributo de louvor ao Deus de amor:
https://youtu.be/cSNra-UIoHQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário