sexta-feira, 25 de maio de 2018

O mal no mundo

A imagem pode conter: texto

Ao longo do tempo, tenho notado que - assim como as bênçãos de Deus permeiam nossa vida (o sol, a chuva, o pão, a água, o trabalho, a família, e tantas outras); às quais, geralmente, atribuímos natureza espontânea; assim também, os flagelos de Deus sobre a rebeldia humana (pragas, enchentes, terremotos, tornados, pestes, e tantos outros) são vistos, pela grande maioria das pessoas, como eventos naturais e circunstanciais. Quanto a mim, vejo as calamidades (no Brasil e no mundo) como: sofrimento e angústia das nações, como expressão do juízo do Deus eterno. E isto é apenas o "princípio de dores".

Penso que o único modo de se entender a relação de causa e efeito entre o mal moral e o mal natural, é o cultivo de uma vida de oração. A Palavra de Deus propõe: "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33:3). A Bíblia assevera que a causa do mal no mundo é o pecado; o qual se apresenta sob as mais diversas formas (idolatria, feitiçaria, adultério, pornografia, violência, mentira, e muitas outras). Porém... "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça." (1 João 1:9). Amém.

Assim falou Deus a Salomão: "Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar." (2 Crônicas 7:12-15). Humilhação e oração a Deus é o melhor remédio.

Devemos estar em alerta, como esta canção propõe:
https://youtu.be/5DK-mYpCasM

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Igreja, última fronteira

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

Na vida, deparamos com os mais diversos tipos de pessoas: Os sensíveis e os insensíveis; os piedosos e os impiedosos; os humildes e os arrogantes; os bondosos e os cruéis... É uma lista interminável. Todavia, por mais diverso que seja o caráter e o estilo de alguém; ao final de tudo, só haverá dois rios para desaguarem: Ou o da Vida (os salvos); ou o da morte (os perdidos). A Bíblia diz que "para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem" (2 Cor. 2:15). Portanto... Precisamos nos auto-examinar, para vermos que perfume estamos exalando.

Sempre que penso a Igreja, eu a vejo como embaixada do céu neste mundo. Ou seja; a Igreja é a linha de fronteira entre o reino da Luz e o reino das trevas. Portanto... Nossa posição é a de um embaixador; cuja missão é anunciar os valores do reino de Deus aos que estão sob cativeiro no reino dos homens. Paulo se refere ao reino que representa, ao declarar: "Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar" (Efésios 6:20). Enfim... O cerne da diplomacia do reino de Deus é pregar a Cristo e advertir quanto à brevidade deste tempo. 

A Palavra diz que Deus "nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." (2 Coríntios 5:18-21). Então... Anunciar Jesus é nosso dever.

Oração pela pátria! Cristão de outra nação, podem pôr "meu país" no lugar de "meu Brasil":
https://youtu.be/kVJwJtH4zYI

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Aliança de amor

A imagem pode conter: texto

Hoje estive orando, com o meu pensamento voltado para a minha aliança com Deus. Realmente, preciso muito cultivar e fortalecer esta aliança que define minha vida - presente e futura! Já não é de hoje, eu sei que as alianças pressupõem o comprometimento das partes aliançadas. Portanto, entendo que Deus já definiu seu compromisso comigo. Quanto a mim, também definir meu compromisso com ele. Até porque, nesta aliança, eu sou a parte beneficiada. Esta aliança está firmada com o sangue do sacrifício de Cristo. Obrigado, Senhor Jesus!

Sempre que penso na nobreza e perenidade de minha aliança com o Senhor, vejo crescer em meu coração o devido sentimento de gratidão. Que amor! Que entrega! Que sacrifício! Meu Pai! Na verdade, a morte de Jesus não fez dele apenas o maior mártir de toda a história humana. Ela também fez dele a mais importante dádiva do amor de Deus por todos nós. Amor este, revelado em Jesus e consumado na cruz. Ah... Se todos entendessem o valor da aliança com Deus! Haveríamos de ver toda a humanidade contrita, sob a sombra da cruz de Cristo.

Nesta aliança, "foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus. A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis" (Colossenses 1:19-22). Jesus, nossa aliança com Deus! 

Esta canção expõe com clareza o valor desta aliança:
https://youtu.be/fTtvs1RJwzc

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 22 de maio de 2018

Devo ser perseverante

A imagem pode conter: texto

Se alguém me perguntar que tipo de cristão eu sou, logo eu respondo: Sou um cristão perseverante... Perseverante na fé e perseverante na Palavra; enfim... Perseverante nos valores espirituais e morais propostos nas Escrituras sagradas. Se esta resposta provocar uma nova indagação, arguindo sobre o  "porque" desta minha resposta; com paciência eu direi que vivo em um mundo onde o engano prospera. Mundo em que a vida cristã de muitos adeptos se tornou mera opção religiosa - sem traços de conversão - bem distante do padrão de uma vida disciplinada, regida pela bandeira da santidade bíblica.

Na verdade, face ao crescimento da iniquidade; um grande número de cristãos tem reduzido o seu testemunho cristão a um mero jogo de palavras; sem o menor compromisso com os ensinos da Bíblia sagrada. Acerca disso, o próprio Jesus assim nos adverte: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus" (Mateus 7:21). E, segundo o versículo 22 deste texto, nem certos obreiros cristãos escapam a esta advertência de Jesus. Enfim, devemos ser firmes em Jesus - perseverantes na fé e nos ensinos da Palavra de Deus.

Assim falou Jesus: "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus." (Mateus 7:13-17). É meu dever produzir bons frutos!

Canção valiosa para este tempo, sempre relevante:
https://youtu.be/p1P8iPz-eLw

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Confiança plena

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Madrugada tranquila aqui em Cascais... Eu orando na sala de irmãos muito queridos. Obrigado Senhor, por estas vidas! Enquanto eu oro, ponho perante o Senhor a minha vida, seus limites e preocupações (enumerei todas que lembrei). Também expus o problema da crise de confiança (haverá quem não tenha este problema?). Citei algumas pessoas nas quais não sei se posso confiar... (elas estão inseridas entre as reticências; onde devem permanecer, até que a confiança seja restaurada). Então, pedi ao Senhor que faça de mim uma pessoa sempre confiante e confiável.

Em oração, depositei minhas preocupações e intercedi pelos que lembrei. Então, pelo Espírito entendi que devo descansar em suas promessas. E que devo aprender a ouvir com seus ouvidos e ver com seus olhos. Ou seja: Aprender a pensar com a mente de Cristo. Pois, agindo assim, poderei encontrar doçura até em um leão morto - se eu procurar ver com os seus olhos. Pai! Isto é por demais grandioso! Tu és sobremodo Glorioso! Enfim... Entendi que, ainda que tantas pessoas façam jus à minha confiança; porém, confiança irrestrita, encontramos somente em Deus.

Que promessa tem este salmo: "Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre." (Salmos 121:1-8). Que preciosidade!

Esta canção de Bruna Karla sempre me comove e desafia:
https://youtu.be/JGcDPPjyqks

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 20 de maio de 2018

Sem medo ou dúvida

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, meme e texto

Em minha vida, o dia presente sempre declara os princípios do dia seguinte... Para que eu não perca a mais importante pauta da vida: Que é viver, crescer e amadurecer em Cristo. Sou convencido crônico, da necessidade de viver e andar segundo o propósito de Deus. E isto significa que - assim como o corpo precisa se nutrir de pão e a alma de conhecimento; minha fé é alimentada pela Palavra do Pai; minha esperança e sustentada pela Promessa do Filho; e meu amor é fortalecido pela Presença do Espírito. Portanto, creio poder dizer, sem a menor sombra de dúvida: Vivo e sou mantido pela graça de Deus!

Sei que não sou perfeito... Nem ouso pensar que sou o único crente fiel na terra. Todavia, estou plenamente convencido que sou salvo pela graça de Deus, redimido pelo sangue de Jesus e iluminado pela luz do Espírito Santo. E a minha convicção não se baseia em algum mérito ou qualidade que eu porventura tenha. Não mesmo! Sei que sou o que sou pela graça de Deus e isto não me faz melhor ou pior que ninguém; mas, me torna aceito aos olhos do Pai. Portanto, em nome e por amor de Jesus, posso aqui declarar - sem medo ou dúvida - que sou o que sou, porque Jesus me salvou e o Pai me aceitou!

Assim nos diz a Palavra de Deus: "Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo. Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus." (Rom 14:8-11). Viver ou morrer, só em Cristo!

Esta é uma das canções inesquecíveis do Grupo Logos:
https://youtu.be/q1t6icWGe_c

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 19 de maio de 2018

Ponho plena fé

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ponho plena fé na importância de uma visão acertada de Jesus; embora eu saiba que opiniões, as mais diversas, são elaboradas a seu respeito. Hoje, enquanto eu ainda orava, me lembrei desta canção interpretada por Elon Cavalcante: "Sonho Dourado". Em certa ocasião, Jesus indagou aos seus discípulos, sobre a opinião das pessoas a seu respeito... E ouviu de Pedro a resposta esperada: "E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo." (Mateus 16:16. Então, entendi que a nossa resposta sobre quem é Jesus para nós, deve ser verdadeira e convincente.

Obrigado, meu Senhor; por me concederes a graça de entender a importância da fé - não em um jesus de ocasião; mas em Jesus Cristo, o nazareno de mãos feridas, único Salvador nosso; em cujos ombros esteve minha cruz punitiva, por ele carregada, até à conclusão do meu resgate. Como faz bem saber que Jesus não é um mero fundador de uma religião qualquer; porém, o Salvador de todos nós e o Filho eterno do Pai eterno. Seu nome vai se propagando em todo universo - sem que haja qualquer outro capaz de salvar; pois em sua morte está a oportunidade do perdido e esperança do crente.

A Bíblia demonstra que Jesus é nome sobremodo glorioso: "Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós. Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina. E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." (Atos 4:10-12). O nome para ser amado e exaltado.

Vez por outra, me ponho a ouvir esta bela canção:
https://youtu.be/V7G8cAtFFf4

Cordialmente;
Bispo Calegari