segunda-feira, 28 de maio de 2018

Guardando o coração

A imagem pode conter: texto

Ontem, a IMW da Região Europeia fechou o ciclo de abordagens sobre a "semana do coração abrasado". Neste domingo, preguei sobre este tema - pela manhã, na IMW da Gafanha da Nazaré; e pela tarde, na frente missionária de Ílhavo. Em ambas as igrejas, enquanto eu pregava, louvei a Deus por ter o coração aquecido. E pelo modo de reagir dos irmãos presentes em ambos os cultos, pude perceber que os seus corações também se aqueceram com a mensagem de Deus pregada por este pequeno servo. Que bênção! Um sentimento de temor pairou sobre nós.

Tenho percebido que o coração do crente - para se manter purificado e aquecido - precisa ser guardado por Deus (Provérbios 23.26); ser guardado pelos filhos de Deus (Provérbios 4.23); e ser guardado pela Palavra de Deus (Salmo 119.11). Em minhas observações, tenho notado que o coração humano é alvo preferencial de sentimentos pecaminosos e contraditórios. E a falta desta fórmula bíblica tem levado muitos crentes a transformar seu coração perdoador e motivado; em um coração rancoroso, magoado, desanimado. Precisamos guardar o coração!

Este texto alerta quanto ao perigo de um coração frio: "E Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Explica-nos essa parábola. Jesus, porém, disse: Até vós mesmos estais ainda sem entender? Ainda não compreendeis que tudo o que entra pela boca desce para o ventre, e é lançado fora? Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias." (Mateus 15:15-19). Precisamos manter nosso coração aquecido!

Sou sempre abençoado ao ouvir esta canção de Alda Célia:
https://youtu.be/bu9zbHd_Zos

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário