segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Me inclinei e orei


Hoje me lembrei, com uma forte dose de saudade, destes pastores jubilados: Oséas Queiroz, Cila Lúcio, Geraldo de Oliveira, José Alberto, Gerson Costa, Gessy dos Santos, Anaurelino de Souza, Vicente, Domingos Andrade, Alvino Ribeiro, Benildo Maldonado, Darci Sabatini (todos mais velhos que eu e ainda andando por aí) ...e muitos outros que não consegui mencionar. Então, me inclinei e orei por eles agradecendo ao Senhor por suas vidas; pois eles encerram importante capítulo de uma bela e nem tão antiga história. Nas forças armadas, existia um jargão que dizia que "antiguidade é posto" (antigos cabos e sargentos se sentiam honrados por esta assertiva). Então, pensei comigo: Como é bom ser lembrado!

Aproveitei o momento favorável, de minha presença diante do Senhor no lugar de oração, para orar pela obra missionária wesleyana em terras moçambicanas; inspirado que fui, pelas fotos postadas nas redes sociais - retratando os momentos vividos pelo grupo brasileiro que integra a equipe missionária liderada pelo Bispo Jamir Carvalho. Enfim, foi uma boa representação do Brasil, no Congresso Internacional de Missões promovido pela Igreja Metodista Wesleyana - realizado em suas bases missionárias em Moçambique. Na verdade, o fruto de uma obra missionária feita com amor e fé é sempre comoventes e inspirador. Obrigado meu Deus, pela vida e ministério daqueles que te servem no continente africano!

Deixo este salmo, como tributo aos missionários brasileiros presentes no mundo:"Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres. Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos." (Salmos 126:1-6). É missão prazerosa, plantar a semente e colher os frutos.

O sopro do Espírito leva vida e alegria por onde passa:
https://youtu.be/5Fbs-cvWN6M

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário