sábado, 28 de julho de 2018

Oração traz descanso


Após uma boa noite de descanso, percebo que a oração sempre traz um descanso ainda maior. Foi assim esta manhã, ao me levantar do lugar de oração, quando senti uma doce paz interior. Todavia, não me senti surpreendido; pois a Palavra de Deus garante que: "Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo" (Romanos 5.1). Considerando esta declaração seguida de promessa, sei que sou justificado - não somente por ser declarado inocente; mas, por ter sido lavado e remido pelo sangue da aliança eterna. É bom ter esta experiência! E, melhor ainda, é viver em consonância com ela.

Sempre que me debruço perante o Senhor, eu me sinto como um vaso de águas derramadas em seu altar. E, seja qual for o lugar em que eu esteja orando; naquele momento, aquele lugar se transforma em santo lugar de oração. Logo no início do meu ministério, eu aprendi (e cantei inúmeras vezes) uma canção, cuja primeira estrofe diz: "Se nos assalta o temporal, das aflições e todo mal; contudo, há paz e proteção, junto ao lugar de oração". E que em sua última estrofe sentencia: "Ó deixe a língua de exultar, esqueça o peito de arfar, inerte seja minha mão, se eu olvidar a oração". Assim eu creio; e assim tenho procurado viver.

Este texto traduz o que sinto: "Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome; para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior. Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento" (Efésios 3:14-19). Amém.

No lugar de oração, derramo o meu ser por inteiro:
https://youtu.be/_3MDUj3eS14

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário