segunda-feira, 23 de julho de 2018

O melhor vinho


Domingo de sol em Lagos; e nossas malas sendo arrumadas. Daqui a pouco iremos almoçar com o Pr Saulo e família; ao fim do dia, vamos estar na IMW de Lagos; e pós o culto, jantaremos com o irmão Alberto. E depois... É programar o retorno a Aveiro. E aqui, enquanto penso no propósito de Deus e no imperativo da missão... Fico a pensar em algumas pessoas que conheço - tão carentes de transformação. Tomara que em suas vidas, ocorra milagre semelhante ao que Jesus fez em Caná da Galileia; onde uma água imprópria para beber, das talhas das purificações, foi transformada no melhor dos vinhos.

A nossa vida precisa ser transformada, nas profundezas do nosso ser - tal e qual aconteceu no interior daquelas talhas; em que uma das piores águas, foi transformada no melhor dos vinhos! Vinho misterioso, sem origem natural e sem processamento por pisadura ou por levedura. Enfim... Penso que todos aqueles que vivem um vida infeliz e sem rumo - marcados por medo, culpa e fracasso; precisam - do mesmo modo como aconteceu em Caná - deixar de ser a água não potável em que se tornaram; para se tornarem, por obra do Espírito, vinho novo - capaz de alegrar sem embriagar, os que são por ele servidos.

Estes dois texto têm um importante denominador comum: "Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha; doutra sorte o mesmo remendo novo rompe o velho, e a rotura fica maior. E ninguém deita vinho novo em odres velhos; doutra sorte, o vinho novo rompe os odres e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser deitado em odres novos." (Marcos 2:21-22). "E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne." (Ezequiel 36:26). Pois, eles tem tudo a ver com o novo nascimento.

Ouça esta canção, composta e cantada por Alda Célia:
https://youtu.be/6DaLZGEqwMo

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário