sexta-feira, 22 de junho de 2018

Duas colunas


Quando um crente ora, começa a perceber algumas coisas que apenas no lugar de oração podem ser entendidas. Portanto, os que mais oram, melhor entendem os caminhos e descaminhos da vida (creio ser por isto que a natureza rebelde evita a oração). Em minha vida mesmo, existem dias que orar exige um enorme esforço - tanto de perseverança, como de concentração. A Bíblia diz que "os homens maus não entendem o juízo, mas os que buscam ao Senhor entendem tudo" (Provérbios 28:5). Então... Se queremos entender a vida, precisamos orar ao Dono da vida. 

Sempre que eu oro; sinto a urgência de estarmos mais perto do Senhor. Na verdade, todos nós cristãos bíblicos precisamos procurar estar sempre  entre o "Pai nosso que está no céu" (da oração do Pai nosso) e o "Pastor de Israel" (o Pastor do Salmo 23). E digo isto porque, ao passarmos pelo vale da sombra da morte, precisamos estar com o Sumo Pastor (o Filho); e, quando sobe o calor da tentação, termos sobre nós a sombra do Deus eterno (o Pai). Enfim... Só mesmo vivendo cada dia no Senhor é que podemos vencer e permanecer firmes, no Caminho da Vida.

A Bíblia apresenta vários servos de Deus que entenderam melhor a vida, por buscarem mais a Deus; e Uzias era um deles: "Tinha Uzias dezesseis anos quando começou a reinar, e cinquenta e dois anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolia, de Jerusalém. E fez o que era reto aos olhos do Senhor; conforme a tudo o que fizera Amazias seu pai. Porque deu-se a buscar a Deus nos dias de Zacarias, que era entendido nas visões de Deus; e nos dias em que buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar." (2 Crônicas 26:3-5). Portanto... Precisamos orar mais!

Nesta bela canção, aprendemos a buscar nossos valores em Deus:
https://youtu.be/ybbGnzUTcVE

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário