sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Porta que Deus nos abriu

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem foi um dia diferenciado, em que senti certa indisposição (mas não desânimo); todavia, procurei manter firme as minhas defesas espirituais. Fiz visitação e Deus nos concedeu a graça de termos uma reunião maravilhosa, em que um culto de louvor e adoração foi prestado a Ele com alegria, entusiasmo e espírito de adoração (em linha com o que está dito em João 4.24). Sim! Deus é fiel! Após o culto, fizemos mais uma visita; na qual uma grande batalha espiritual foi travada e ídolos foram destronados. Louvo ao Senhor pela porta que Ele nos abriu, que é conhecida como "Frente missionária de Ílhavo". Ela é para nós, um projeto valiosíssimo!

Até onde minha voz é palavra puder chegar; digo sem qualquer sombra de dívida: O melhor lugar em que nós podemos estar é o lugar em que, verdadeiramente, Deus nos quer. O profeta Jonas sofreu bastante - antes, por não entender isto; e depois, por não se sujeitar inteiramente ao querer de Deus. Fico a pensar na legião de servos de Deus que vivem infelizes (infelizes com o lugar em que vivem, com o trabalho que fazem, com a família que possuem) porque teimam em impor sua própria vontade e seguir seu próprio rumo; sem se darem conta do erro que cometem, optando por seguir em direção aos seus interesses e satisfazer os seus próprios instintos.

Que reunião excelente deve ter sido esta: "E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo." (Atos 20:17-21). Assim era Paulo, um servo de Deus, um homem despojado.

Sempre gostei de ouvir meu filho Elizeu (em sua juventude) cantar este hino:
https://youtu.be/kHbj_cpRZl0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário