domingo, 1 de outubro de 2017

Mais uma missão

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

Obrigado Senhor, por mais este domingo em minha jornada. Que a minha posse na frente missionária em Ílhavo seja marcada por unção e alegria - em nosso coração e nos demais corações que ombrearão conosco - neste novo desafio. E que a nossa carreira possa ser consumada do mesmo jeito que a iniciamos - cerca de quarenta e nove anos atrás (na verdade, iniciou pouco antes; pois comecei a pregar quando ainda servia nas Forças Armadas, ano de 1965, pregando semanalmente na penitenciária e na casa de detenção de Niterói). Mas, preguei pela primeira vez no cemitério do Maruí, em Niterói, no dia dos finados, em novembro de 1964.

Nesta manhã (assim como na primeira vez) me prostro diante de ti e me ofereço ao cumprimento de mais uma missão. Sei que os anos me deixaram algumas marcas; todavia, Abraão com mais de noventa anos, gerou seu filho Isaque; Calebe, com oitenta e cinco anos, conquistou sua montanha; e Daniel com cerca de cem anos  viu os leões deitarem aos seus pés. Logo; sempre que um ungido de Deus tiver que nadar em águas profundas; sua cabeça poderá ser vista acima da linha d'água. E, ao escalar montanha elevada;  sua silhueta poderá ser vista no topo da mesma. Enfim... Ao caminhar por deserto ardente; sempre achará seu oásis. Pois é um homem de Deus.

Esta é a nossa real posição e missão em Cristo: "E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aqueles cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo? Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus." (2 Coríntios 2:14-17). Portanto... Devemos viver, semear e colher em linha com esta bendita esperança.

Jesus é a nossa Rocha eterna! Nele, somos sustentados:
https://youtu.be/Y0Bci76JPXw

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário