sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Nossa real missão

A imagem pode conter: 5 pessoas, texto

Nesta segunda-feira, Maria Célia e eu estaremos voltando à Portugal. Perdi a conta, das vezes que fizemos este percurso; mas sei que esta será a terceira vez que obedecemos este imperativo. Ao pensar na brevidade da vida, não posso deixar de pensar nos queridos que ficam - sentimentos somente amenizados, pela lembrança dos queridos que nos esperam. Louvamos a Deus, por tanta graça manifesta! Deus é sempre fiel; ainda que nem sempre correspondamos ao Seu querer em nós. Obrigado Jesus, por tudo!

Até que ponto, estamos aptos ao cumprimento desta missão? Só Deus o sabe! Todavia; o simples fato de percorrermos este caminho - sem nos deixarmos impedir por lembranças, ou sem nos deslumbrarmos com certos sonhos - já é uma grande coisa. Eu sempre digo que não me prendo a lugares, mas às pessoas. No entanto, nem mesmo as pessoas - por mais queridas que sejam - devem nos impedir de cumprir a vontade do Senhor. Nossa real missão em Portugal ainda é mistério pra nós; mas, Deus sabe o que faz.

Este texto deveria cintilar na vida de todos os que dizem ser chamados por Deus: "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." (Mateus 28:18-20). Pois nossa missão deve se sobrepor ao nosso conforto e escolha.

Esta canção é linda!!! Como eu me identifico com ela! Aleluia!
https://youtu.be/8CX-oLp0qtI

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário