sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Estado geral da Igreja

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto

Hoje de manhã, acordei e logo orei pelo estado atual da Igreja... Mas não em alguma denominação cristã em particular; porém na Igreja de Cristo e seus últimos dias aqui na terra. Ontem, ao falar sobre o falecimento de Billy Graham; fiz ligeira menção sobre o que hoje vejo, no que tange aos cristãos deste tempo... Algo deveras preocupante. Não consigo me ver como um apóstolo ou mestre (talvez seja um simples pastor de almas); todavia, me vejo como um crente em Jesus em seu antigo estilo. E disso tenho absoluta certeza! É falando na condição de crente que exponho minha preocupação com o estado geral da Igreja. Confesso sentir um certo mal estar ao ver muitas inovações que nascem e crescem em seu seio.

É comum, vermos cristãos (até maduros) a correr, pra'qui e pra'li, atrás de "propostas" de bênçãos "garantidas" (a maioria mesclando o nome Jesus com práticas estranhas aos ensinamentos de Cristo). Vemos crentes agirem; como se um determinado lugar (ou algum santo de ocasião) pudesse garantir sua cura ou resposta. Não nego que, em certos lugares, se percebe o que parece ser manifestação maior do Espírito Santo. Todavia, isto não justifica esta "corrida em direção à bênção" (tal e qual as famosas "corridas ao ouros"; nas quais, os garimpeiros iam em busca de suposto campo aurífero, na esperança de ficarem ricos). Enfim... Mais parecendo um estouro de boiada, do que ovelhas descansadas no Senhor.

Este texto tem tudo a ver com o que escrevi: "Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério." (2 Timóteo 4:1-5). É isto que vejo: Crentes correndo atrás de "promoção" sem base e diversão sem Bíblia.

Esta canção muito me edificou, assim que a ouvi:
https://youtu.be/BdIv_HfdOPg

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário