domingo, 31 de dezembro de 2017

A vereda dos justos

A imagem pode conter: texto

Neste último dia do ano, poucas horas da tão esperada "virada"; estou a pensar neste texto bíblico que diz: "Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito." (Provérbios 4:18). Então, penso no sol... E me lembro da única viagem que fiz de navio, em dezembro de 1984. Nos onze dias que passei navegando; em pleno convés, me extasiei com o nascimento do sol! Antes de aparecer no horizonte, ele descrevia um círculo perfeito no horizonte - até onde nossa vista podia alcançar - formando uma espécie de anel de fogo. Glória a Jesus!

Não posso deixar de pensar na vereda do justo! A Bíblia diz que ela é como a luz da aurora... Glória a Deus! E sou levado ao texto que diz: "Assim, ó Senhor, pereçam todos os teus inimigos! Porém os que te amam sejam como o sol quando sai na sua força." (Juízes 5:31). Enquanto fico a pensar; procuro vislumbrar a vida de um crente fiel... Que benção é poder difundir a luz, da qual Jesus é a fonte! Na verdade, o mundo está em trevas; ante as quais, nossa luz precisa brilhar. E de tal modo que possa levar, mesmo os maus, a glorificar o Deus eterno que enviou Jesus ao mundo.

Devemos refletir sobre esta exortação de Jesus: "Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." (Mateus 5:13-16). Que em 2018 nós possamos ser luz no mundo!

Glória a Deus! Esta canção diz muito sobre o amor de Deus:
https://youtu.be/1Gb4dsboVqk

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 30 de dezembro de 2017

Adorador que o Pai procura

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Sinceramente... Não sei se sou o adorador que o Pai procura. Mas, nesta manhã, enquanto adorava; pude sentir uma espécie de retorno, que se converteu em lágrimas. Então, entendi uma verdade nem sempre notada: que adorar e servir é uma espécie de parelha que não deve ser dissociada. Na Bíblia, pude ver que adoração é ato impositivo; já o serviço é ato voluntário. Portanto, precisamos manter as duas práticas, se pretendemos agradar a Deus. Percebo uma legião de adoradores de aparência. E cabe ao coração resolver este importante assunto, de uma vez por todas.

Examinando a Bíblia, vemos que Saul adorou sem servir; já Davi adorou e serviu. Maria serviu e adorou; Marta serviu sem adorar. Os próprios anjos servem e adoram; enquanto que, os demônios adoram, mas não servem. Portanto; creio que o adorador que o Pai procura é o que adora em espírito (ato de adorar) e verdade (ato de servir). Jesus reprovou a adoração divorciada do serviço: "Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim." (Mateus 15:8). Adorar e servir é a medida ideal de submissão.

A mulher samaritana ouviu o que todos nós precisamos ouvir e praticar: "Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade." (João 4:21-24). Que o Pai conhece o adorador.

Sempre me comovo, ao ouvir esta bela e significante canção:
https://youtu.be/K8XsCHRulLM

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Orando e meditando

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Graças a Deus, eu vejo na oração na meditação na Palavra de Deus, a única alternativa válida para se viver uma autêntica vida cristã. Digo isto, porque não consigo ver uma genuína vida cristã fora destes parâmetros.E não é de hoje, tenho vivido em meio a um cristianismo de mera aparência; Creio que isto se deve, ou à  falta de oração, ou à falta de reflexão, ou à ausência de ambas, na vida de um crente. Portanto, este deveria ser nosso maior desafio para o ano que vai nascer.

Nesta madrugada, enquanto eu orava, fui tomado por um pranto que não consegui conter... E muitas são as razões (algumas conhecidas, outras desconhecidas). Todavia, estas sensações e manifestações só podem nascer e fluir em um coração quebrantado e contrito. Portanto, se eu pretendo ser sensível à voz de Deus; preciso sobre a base de uma vida devocional plena, que inclua tempo suficiente no lugar de oração, conjugado com um bom tempo com a Palavra de Deus.

Atenção, povo de Deus: "Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito" (Efésios 6:14-18). Devemos pensar nisso!

A Palavra de Deus mantém a base, a oração mantém a sensibilidade:
https://youtu.be/GdS7tkVT5xU

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Como precisamos de Jesus

A imagem pode conter: texto

Digo, e sei que não me engano: Que a chegada de um novo ano não tem o efeito de anular velhos problemas... Quem já viveu o tanto que vivi, deve entender muito bem o que eu digo. Sei que o novo ano abre um novo leque de oportunidades; mas, algumas decisões precisam ser tomadas, para que o novo ano seja bem melhor que o anterior. Infelizmente, cada ano que passa, vejo as ações demoníacas aumentarem; com novos e antigos modos de enganar, seduzir, e dominar a mente e o coração de tantos... Só mesmo Deus para nos valer. Realmente... Como precisamos de Jesus!

Muitos espíritos rondam o povo de Deus (espírito de intolerância e de engano, espírito de avareza e de pecados sexuais, espírito de violência e de suicídio... E tantos outros). Convém lembrar que o espírito de suicídio vem ganhando muito espaço em nossos dias. Todavia; o cálice da comunhão é muito melhor que o copo de veneno; assim como, a sombra da cruz é muito melhor que a sombra da forca. Suicídio é o ato final da loucura de alguém que, muito tempo antes, perdeu a razão. Enfim... O demônio que induziu Eva a comer o fruto proibido é o mesmo que convence ao suicídio.

Paulo advertiu os irmãos de Corinto, quanto ao perigo de caírem nos ardis de Satanás: "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo. Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofreríeis." (2 Coríntios 11:3,4). Estou convencido de que neste tempo em que nós vivemos, o perigo é ainda maior.

Glória a Deus! canção antiga, boa para se ouvir neste tempo:
https://youtu.be/xafkVPWWJac

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Deus sabe de tudo

A imagem pode conter: texto e atividades ao ar livre

Chegando ao fim de mais um ano... O que virá depois? Louvei a Deus por Seu domínio - sobre tudo e sobre todos. Lamentei por meu passado, agradeci por meu presente, engrandeci por meu futuro! Um dos frutos de uma caminhada com o Senhor é o aprendizado... Aprendi muito esta manhã! Aprendi que o Espírito nos dá o conhecimento necessário para uma vida abençoada na terra; e a necessária sabedoria para saber como e quando usar esse conhecimento. Aprendi que o novo ano será vivido com honra e proveito, se for vivido no temor de Deus. Portanto, devemos começar e encerrar o ano vivendo em Jesus.

Com a iminente chegada do novo ano, fiquei a pensar... O Deus eterno nos conhece melhor que os mais chegados, melhor que nós mesmos. Assim como um editor de jornal conhece todas as manchetes do dia, antes que o mesmo siga para o prelo; Deus também sabe como a nossa história termina, ainda antes que a mesma comece (é importante dizer que o conhecimento prévio de Deus não o faz responsável por nossa história de vida; bem como, o conhecimento prévio do meteorologista não o faz responsável por chuvas ou tempestades). E a palavra que explica este mistério tem por nome: Omnisciência. Deus sabe de tudo!

Deus sempre conheceu o profeta Jeremias: "Assim veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta. Então disse eu: Ah, Senhor DEUS! Eis que não sei falar; porque ainda sou um menino. Mas o Senhor me disse: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar, falarás. Não temas diante deles; porque estou contigo para te livrar, diz o Senhor." (Jeremias 1:4-8). Deus nos conhece por dentro e por fora, dores e aflições, sucesso e fracasso. Ele conhece nosso começo e final.

Nada melhor que deixar na cruz - passado, presente e futuro:
https://youtu.be/_tOQmTJflYA

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Limiar do arrebatamento

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Os ponteiros do relógio giram sem parar - nos aproximando do novo ano que se avizinha no horizonte. Dentro de poucos dias, fogos, aclamações em pleno réveillon. Hoje dobrei os meus joelhos, agradecendo a Deus pelo que tem feito em minha vida e através dela... E também intercedi - por minha pequena casa, por meus grandes amigos, enfim... Pelos que foram alvo da intercessão do meu espírito, ao longo deste ano de 2017 (alguns nem imaginam, como os seus nomes sobem diariamente aos céus). Como faz bem ao coração do crente orar, orar, orar, em nome de Jesus!

Sinceramente... Creio estarmos em contagem regressiva para o arrebatamento da Igreja. Tenho motivos bíblicos mesclados com motivos históricos (além dos motivos pessoais) para nutrir esta convicção. Sei que assim como é comum, ouvirmos um vizinho dizer: "parece que vai chover"; também é comum, ouvirmos dos lábios de um crente fiel a expressão: "Jesus esta voltando". Na verdade, "daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu" (Mateus 24:36). Todavia, os sinais que antecedem a vinda de Jesus estão em fase final de cumprimento. Glória a Jesus!

Este texto fala sobre o Dia do Senhor: "Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão." (2 Pedro 3:7-10). Este dia está perto! Ora vem Senhor Jesus!

Ouça e aprenda esta canção com o saudoso Paulo Moreira:
https://youtu.be/rEQ9vtjfzx0

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

A essência do Natal

A imagem pode conter: texto

Celebrações natalinas encerradas, importantes lições atualizadas. Glória a Deus! No universo cristão, são bem poucos os que não celebram o Natal. Entretanto, a essência do Natal é que Jesus nasceu para que renascêssemos; e morreu para que vivêssemos! Portanto... Precisamos saber que: Ser cristão não é só abraçar o céu; mas também rejeitar o mundo. Ser cristão não é somente amar os amigos; mas abençoar quem o odeia. Ser cristão não é só se sujeitar a Deus; mas também resistir ao diabo... E por aí vai! Enfim... Ser cristão é viver intensamente a santidade.

Hoje, assim como no passado; e bem comum, vermos cristãos professarem certa intimidade com Deus - ao mesmo tempo que demonstram grande afinidade com o mundo... Como se água e óleo pudessem se misturar. Não sou juiz de ninguém - nem de mim mesmo! No entanto, não posso deixar de declarar estranheza com esta ambiguidade; pois tenho certeza que a vida cristã não é compatível com uma vida desregrada! E eu digo aos que vivem este "modelo": Posso não saber onde os tais aprenderam a viver assim; mas sei que a Bíblia não é a fonte deste ensino.

O tema da santidade é exaustivamente explicado na Palavra de Deus: "E fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que manqueja não se desvie inteiramente, antes seja sarado. Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem. E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura." (Hebreus 12:13-16). Glória a Deus!

Esta canção do Anderson Freire é pura doutrina evangélica:
https://youtu.be/tKJ9Lp3GwHs

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 24 de dezembro de 2017

Em uma estrebaria

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

A véspera do natal me levou a orar, interceder, refletir. Pois é... Na manjedoura de uma estrebaria, na pequena vila de Belém, o sobrenatural se vestiu de pobreza. Cerca de 400 anos antes do nascimento de Jesus, o profeta assim vaticinou: "Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas;" (Malaquias 4:2). Então, em lugar tão rude, o "Sol da Justiça" finalmente nasceu! tanto amor, tanta graça, tanto perdão e paz o seguiram até ali; e dali, se propagariam por toda a terra.

Em minha oração, agradeci a Deus por tão grande favor... Pois o nascimento do Salvador redimiu a minha alma da angústia. Glória a Deus! Este profeta, que viveu 750 anos antes deste evento, disse que "O povo que andava em trevas, viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz." (Isaías 9:2). Que Jesus é a Luz do mundo eu nunca tive a menor dúvida! Entretanto, neste dia, muitos (até alguns cristãos) vivem e agem como se ignorassem que Jesus é a Luz do Natal.

É comum vermos líderes espirituais buscando fama e riqueza, figurões:

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai."
(Filipenses 2:5-11)

No entanto, Jesus - o nosso exemplo - se apresentou manso e humilde.

Bela canção de Natal (Pequena vila de Belém) linda de se ouvir:
https://youtu.be/VTVVfLq11dM

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 23 de dezembro de 2017

A verdadeira Luz do Natal

A imagem pode conter: texto

O fim do ano se aproximando... E, com ele, serão realizadas as festas mais importantes em seu calendário: O natal e o romper do novo ano. Na verdade, a maioria das celebrações realizadas em todo mundo, já perdeu sua essência e seu significado original... Tudo em nome do market avassalador que incentiva um consumismo desenfreado. E seus gastos deixam incontáveis famílias em dificuldade; pois, veem o seu orçamento estourar, sem dó nem piedade. Entendo que, nós cristãos, devemos rever conceitos e valores que foram aos poucos introduzidos com sutileza em nossos usos e costumes.

Sobre o natal, devemos pensar em duas coisas: A primeira é que a celebração é exclusiva e definitivamente alusiva ao nascimento de Jesus! Portanto, o símbolo máximo da mesma é uma criança em uma manjedoura; e não a figura mitológica de um velhinho de barbas brancas, capucho e pijama vermelho - simpático, porém irreal. A segunda é que - antes de comidas e prendas - o chamado natalino é à contrição e adoração. Pois Deus, em seu grande amor por todos nós, enviou seu Filho amado - presente seu aos que viviam em trevas. Portanto, a verdadeira Luz do Natal foi acesa em Belém.

Jesus nasceu! "Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados." (Mateus 1:18-21). Glória a Deus nas alturas!

Na noite de natal, cantemos esta canção de Charles Wesley:
https://youtu.be/pDN5CKNopR8

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Problemas que criamos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ao refletir sobre oração, meu pensamento se volta para Daniel (o profeta de Deus), cuja história e vida de oração pode ser encontrada no livro da Bíblia que leva seu nome. Com Daniel aprendi que não há problema que a oração não possa resolver (isto se o pedido não contrariar a soberana vontade de Deus); mas certas orações exigem tempo de maturação. Muitos acham que Deus é "obrigado" a por fim aos problemas que vivem criando (alguns até fingem não lembrar, que não pediram a direção de Deus antes de tomar decisões ruins). Orar e buscar a direção de Deus, deve vir antes das escolhas e das decisões!

É atitude bem comum, "exigirmos" a ajuda de Deus em problema que criamos; sem termos procurado antes, buscar a Sua aprovação e direção. Jamais vou afirmar que este tipo de oração não possa ser atendido pelo Senhor; pois sei que Deus nos ama, e que é bom e misericordioso para conosco. Mas tenho notado que os problemas podem ser facilmente criados; porém, as soluções podem ser complexas e demoradas. São muitos os que tomam suas decisões, sem consultar ninguém. Porém, quando elas dão errado, vivem a culpar toda gente (até o próprio Deus); sempre demonstrando irritação e impaciência.

A provação na Babilônia, não foi um problema criado por Daniel e seus amigos. Porém "Daniel entrou; e pediu ao rei que lhe desse tempo, para que lhe pudesse dar a interpretação. Então Daniel foi para a sua casa, e fez saber o caso a Ananias, Misael e Azarias, seus companheiros; Para que pedissem misericórdia ao Deus do céu, sobre este mistério, a fim de que Daniel e seus companheiros não perecessem, juntamente com o restante dos sábios da Babilônia. Então foi revelado o mistério a Daniel numa visão de noite" (Daniel 2:16-20). Tenho percebido, que a oração é mais eficaz, em problemas que não criamos.

Me sinto muito bem, sempre que eu canto esta canção:
https://youtu.be/LZKqK_DZDCw

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

As promessas de Deus

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Ontem, Maria Célia e eu estivemos em lares bem carentes... E creio que Deus agiu. Existe tanta gente carregando fardos, os mais diversos, sem que saibam como dar o próximo passo. Sei que não é tão simples como parece, lidar com certos problemas que a vida nos impõe. Eu mesmo, algumas vezes, me sinto tão cansado e só... Alguém pode questionar: Mas... e Maria Célia? E Deus? eles não estão contigo? E eu respondo: É claro que sim! Não tenho a menor dúvida quanto a isso! Mas, preciso dizer que é difícil contornar os sentimentos furtivos. Todavia, tenho minhas contra-medidas!

Tenho plena convicção, de ter de Deus promessas - de presença e de poder! A presença do Salvador: "eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos" (Mateus 28:20). e o poder do Espírito: "Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas" (Atos 1:8). Sim! Eu jamais porei em causa a eficácia das promessas de Deus! Entretanto, como eu disse: São sentimentos furtivos... Sentimentos inesperados, que não pedem licença para entrar. Então, devemos manter os olhos e pensamentos voltados para as promessas do Senhor Jesus.

A Palavra de Deus tem resposta para todas as nossas questões: "Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor; Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude; Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo." (2 Pedro 1:2-4). Portanto, devemos permanecer firmes e constantes nas promessas de Jesus.

Que canção abençoada! Perde um tesouro quem a desconhece:
https://youtu.be/kDpx_us87NU

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Bem perto de Jesus

A imagem pode conter: texto

Acabei de me levantar do lugar de oração... E com a certeza de que não existe lugar mais seguro do que estar na presença do Senhor. Enquanto orava, pensei na canção de Fernanda Brum - quando ela declara cantando, que "existe um lugar, na fenda da rocha" bem junto a Deus (buscou sua inspiração da experiência de Moisés em Êxodo 33.21-22). Realmente; em que lugar poderei obter segurança maior (ou mesmo igual) que a que tenho em Deus! Fico a pensar em tantos cristãos dispersos; alguns aparentando se sentir bem, exibindo um certo tipo de alegria, vivendo longe de Deus.

Quanto a mim, já decidi: Preciso estar perto de Deus! Pois hoje ele é meu Salvador; mas, um dia, será o meu Julgador. Portanto, preciso estar bem perto de Jesus e o mais distante possível do pecado; pois bem sei que o mundo, o diabo e a carne tentam me afastar de Deus. Em tempo oportuno, tomei a decisão de seguir meu Jesus por toda minha vida e não voltarei atrás; ainda que veja tantos crentes retrocederem. Quanto a mim, posso dizer como o salmista: "Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS" (Salmos 73:28). Amém, meu Senhor Jesus!

Este salmo sempre me edificou:

"Quão amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos! A minha alma está desejosa, e desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo. Até o pardal encontrou casa, e a andorinha ninho para si, onde ponha seus filhos, até mesmo nos teus altares, Senhor dos Exércitos, Rei meu e Deus meu. Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente. (Selá.) Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados. Que, passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques. Vão indo de força em força; cada um deles em Sião aparece perante Deus. Senhor Deus dos Exércitos, escuta a minha oração; inclina os ouvidos, ó Deus de Jacó! (Selá.) Olha, ó Deus, escudo nosso, e contempla o rosto do teu ungido. Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios. Porque o Senhor Deus é um sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão. Senhor dos Exércitos, bem-aventurado o homem que em ti põe a sua confiança."
(Salmo 84:1-12).

Como eu aprendo com ele!

Realmente... Este também é meu modo de ver a vida cristã:
https://youtu.be/t9TXobm558I

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Cuidado com a serpente

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Tenho aprendido que - se é importante saber o que dizer a Deus; bem mais importante é ouvir o que Deus tem a dizer ao nosso coração. Penso que - pior que não saber orar como convém; é não saber ouvir o que convém. Na vida, damos ouvidos a tantas coisas, muitas delas supérfluas, sem proveito algum (opiniões, palpites e maledicências); todavia, mal nos quedamos a ouvir a Palavra da Sabedoria. Creio ser esta a principal razão, pela qual muitos crentes vivem andando em círculo; sem sequer notar que - em sua jornada rumo ao céu - mal conseguem sair do lugar.

O engano em que a humanidade se encontra, começou quando Eva deu ouvidos à serpente. Precisamos definir a quem vamos dar ouvidos - Se ao Senhor, se à serpente. Fico impressionado com a facilidade que Satã tem - de prender muitos crentes em suas arapucas. Não devemos ignorar os encantos da serpente e os ardis de Satanás. Porque, ao fim de seus encantos, a serpente tem sempre uma taça de veneno ou uma forca para nos matar - física, moral, e espiritualmente. E depois, de nada valerá dizer: "A serpente me enganou". Vigiemos irmãos, pois os dias são ruins!

Devemos ter cuidado com a serpente: "E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás? E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me. E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi. E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi." (Gênesis 3:9-13). Atenção! Com os ardis da Satanás, todo cuidado ainda é pouco.

Esta canção é testemunho de quem vive plenamente a graça:
https://youtu.be/aqtzFoDNirw

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Sentimento de gratidão

A imagem pode conter: texto

Em madrugada fria, da quadra natalina, eu aqui orando ao Senhor. E a tônica da oração é gratidão. Sou Grato a Deus por tudo! Sei que já tenho dito isto, inúmeras vezes... Mas, a gratidão do crente deve ser um sentimento ininterrupto. Comecei agradecendo a Deus pelas muitas portas que, ao longo de minha vida, me abriu (A porta do nascimento, da salvação, do chamado, do casamento, do ministério, e muitas outras afins). Agradeci por ter podido trabalhar na organização da Região Europeia e da Quarta Região; por ter colaborado no desenvolvimento e expansão da Segunda Região; e por ter contribuído para a organização da Oitava Região. Aleluia!

As portas abertas não param por aí... Fui pioneiro wesleyano no Triângulo Mineiro e em Portugal; trabalhei no desenvolvimento da IMW no Vale do Rio Doce e na Região dos Lagos. Enfim... Não faltam motivos para gratidão a Deus. É como eu disse: São inúmeras as portas abertas pelo Senhor! E a atual porta aberta é nosso retorno a Portugal - já em plena atividade na frente missionária em Ílhavo. Ao longo de minha vida - portas foram abertas e portas foram fechadas. Tenho certeza que o Senhor Deus sempre esteve comigo - nas missões que me foram confiadas e nas que me foram negadas. Glória seja dada pois à Ele eternamente, amém!

Filadélfia: "E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre: Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome... Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3:6-8, 10-11). Meu exemplo de igreja.

Esta canção é um bálsamo para o adorador agradecido:
https://youtu.be/xjINgXNLftI

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 17 de dezembro de 2017

Mil razões para louvar

A imagem pode conter: texto

Tenho mil razões para louvar a Deus nesta manhã de domingo... Sim! Sei que não sou o dono do mundo; mas, sou filho do Dono! Também sei que não conheço os mistérios da vida; mas, conheço Deus - o seu maior Mistério, que jamais será inteiramente conhecido. Davi, o poeta dos salmos, olhou o universo e compôs o salmo 8... Naquela altura, ele não tinha o conhecimento que hoje temos, devido à evolução da ciência (sei que o nosso grande planeta - tão pequeno ante outros corpos celestes - mesmo indo a mais de cem mil km por hora; leva um ano inteiro para concluir apenas uma volta em torno do sol - sua fonte de luz e calor); no entanto, soube exaltar a Deus através do salmo oito. Glória a Jesus! 

Sei que ao ser humano (por mais que ele se aprofunde em investigações) só é dada a conhecer uma pequena parte da verdade da criação. Esta é a razão pela qual, os legados científicos são sempre inconclusos; os quais, mesmo depois de aprimorados por sábios bem mais esclarecidos, jamais chegam a uma conclusão definitiva. Me causa um grande espanto ver certos "sábios" de plantão (alguns deles entre os amigos e vizinhos) se propondo a definir Deus; quando não conseguem definir nem a sua própria razão de ser! Quanto a mim; tenho a certeza de ter alcançado o único conhecimento capaz de redimir e salvar o homem caído: Sei que Jesus é meu Salvador e que terei a vida eterna no céu.

Exaltado seja o Senhor!

"Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus! Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos, para fazer calar ao inimigo e ao vingador. Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, As aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. Ó Senhor, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra!"
(salmo 8.1-9)

Glória ao nosso Deus!

Tantas lembranças... Não consigo ouvir esta canção sem molhar os olhos:
https://youtu.be/NH0ma-COZUA

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 16 de dezembro de 2017

Valor do discernimento

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ainda ajoelhado perante o Senhor; uma palavra se destacou em meu espírito: A palavra discernimento. Então, pensando em seu significado; fiquei a considerar várias circunstâncias, em que um discernimento apurado pode ser da maior valia. Saber conter as palavras, quando não sabemos ou não temos o que dizer; poder fazer as melhores escolhas, em diversas situações de interesse; tomar decisões, sem ter noção exata dos seus efeitos presentes e futuros. Enfim... Discernimento é recurso por demais precioso.

Algumas vezes; Deus nos faz lembrar, as causas e efeitos dos problemas que temos; os quais muitas vezes atribuímos culpa a outrem - quando, na verdade, somos os seus maiores culpados. Eu mesmo posso dizer que, algumas vezes, por deixar de ouvir a palavra de discernimento; eu senti o peso de atitudes que não devia ter tomado; e de respostas que eu não devia ter dado. Na verdade, quando as consequências da falta de discernimento se restringem apenas às perdas materiais, aprendemos lições a baixo custo.

Este texto bíblico nos faz pensar: "E o rei falou com eles; entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Ananias, Misael e Azarias; portanto ficaram assistindo diante do rei. E em toda a matéria de sabedoria e de discernimento, sobre o que o rei lhes perguntou, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos astrólogos que havia em todo o seu reino. E Daniel permaneceu até ao primeiro ano do rei Ciro." (Daniel 1:19-21). O discernimento usa melhor a sabedoria, tornando-a mais proveitosa.

Esta canção de Anderson Freire indica a fonte do discernimento:
https://youtu.be/VOb8JPgyAGQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Não tente sozinho

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Um dos muitos chavões que conheço é aquele que se resume nesta frase: "Vai à luta" (expressão motivadora, que avaliza a ideia de que a vida impõe combate e sacrifício). Todavia, creio que esta frase é limitada em seu objetivo. Ela seria bem melhor em seus efeitos, se fosse sustentada, por este testemunho de Paulo: "Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé." (2 Timóteo 4:7). A vida é sempre uma luta, que só poderá ser vencida pela graça de Deus - respaldada pela fé em Jesus. Vejo muitos lutando, sem a menor chance de vencer; porque lutam sozinhos, sem recorrer à ajuda do Senhor Jesus.

São muitos os que desistem de lutar, por estarem cansados de apanhar, sem resultado satisfatório. Alguns mergulham no vício, optando por encobrir sua frustração nas drogas; ou afoga-la no vapor do álcool. Também existem os que procuram disfarçar o seu desânimo, com medidas "faz de conta"; em que nada fazem e ainda criticam os que fazem alguma coisa, geralmente com a conhecida desculpa: que "ninguém o ajuda". Aos que assim pensam e vivem eu digo: A ajuda mais importante que podemos ter é a ajuda de Jesus! "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55:6). Jesus!

Sim! Nós devemos ir à luta: "Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono. Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta." (Salmos 127:1-5). Mas com a ajuda de Deus!

Se você se sente cansado e só, procure cantar esta canção:
https://youtu.be/lAwEmosEDbE

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Refletindo sobre o suicídio

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Desde muito cedo, aprendi que toda oração tem o seu tempo de maturação e resposta - tempo que, algumas vezes, nos angustia e inquieta (geralmente, queremos as coisas bem rapidinho). O nosso Deus sempre responde às orações - ainda que pareça demorar; mas isto não quer dizer que suas respostas serão sempre do nosso agrado. Hoje, enquanto eu orava, pude aprender algumas lições importantes para minha vida. Uma delas, foi que viver e morrer são fases de uma mesma realidade, para quem vive no Senhor. Quem vive em Deus não busca a morte, nem se prende à vida.

Aprendi que o suicídio é o ato final do fracasso em viver. Pois o suicida não põe fim à vida para ir ao encontro de Deus; mas sim, para fugir de si mesmo. Na verdade, a morte é atrativo para quem sente medo de encarar o dia seguinte. Portanto, o suicídio não é um ato de coragem; mas de covardia. Pois alguém precisa ter coragem para conviver e lidar com seus conflitos e fracassos. Alguns veem a morte de Sansão como suicídio; todavia, Sansão não se suicidou. Antes, sua morte foi um ato de coragem, ao colocar sua missão na terra acima do seu interesse em viver. É só examinar.

Vejo no exemplo de Paulo, que a missão é mais importante que a vida: "E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações. Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus." (Atos 20:22-24). Pela missão o apóstolo, sem desistir de viver, estava pronto a morrer.

Que bênção! Viver ou morrer, se no Senhor, é dádiva sem preço!
https://youtu.be/kbk0-6Hy43o

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Teste do coração

A imagem pode conter: texto, natureza e atividades ao ar livre

Tenho pensado na importância do coração humano... Pequena caixinha de segredos, tão resistente ao tempo, do maior valor aos olhos de Deus. Percebo atitudes impróprias de pessoas (Davi, por exemplo) cujo coração é aceito aos olhos de Deus; e atitudes nobres de pessoas (Saul é um exemplo) cujo coração foi por Deus rejeitado. Sei que parece um paradoxo... Mas não é! O primeiro livro de Samuel 16.7, explica conclusivamente esta questão. Portanto, não somos bons juízes, nem de nós mesmos; pois somos tendentes ao julgamento com base na aparência... Mas Deus olha o coração.

São inúmeros os textos bíblicos que me dão razão... Todos eles demonstrando que Deus define sua posição, em relação ao ser humano, pelo que vê em seu coração. Penso que, naquele dia, seremos surpreendidos - por ver pessoas que aos nossos olhos, não tinham condição de lá estar. E isto será menos mal, do que a surpresa dolorosa de sermos recusados no teste do coração. A Palavra diz que com o juízo com que julgamos, seremos então julgados (Mateus 7.2). Portanto, atitude mais recomendável é a de não julgarmos ninguém; mas... Procurarmos guardar sobretudo o nosso coração.

Pense nisto: "Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?" (Tiago 4:8-12). É exatamente assim!

O cristão precisa, aos olhos de Deus, guardar e santificar seu coração: 
https://youtu.be/PO0iG6mNXVs

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Sou um milagre

A imagem pode conter: texto

Existem dias, em que orar exige um esforço maior... Como se fosse algo pesado. Em dias assim, precisamos reagir e por os "joelhos em terra" (posição clássica de oração). Nesta manhã fria, iniciei orando por minha "herança" (minha esposa e meus filhos) e seus dividendos (meu genro e noras, minhas netas e netos). Enquanto eu orava, Deus me fez saber o que sou... Se sou salvo é por sua graça (Efésios 2.8); se sou limpo é por sua palavra (João 15.3) e por seu sangue (1 João 1.7); se eu vivo ou morro é para o Senhor (Romanos 14.8). Enfim... Sou um milagre resultante da eterna redenção consumada por Jesus!

Enquanto eu orava percebi um marco divisório entre o passado e o futuro: A sombra de uma cruz projetada no horizonte... Sim!  Nela, meu passado morreu, quando Jesus deu a vida por mim. Sou filho da graça, sou filho de Deus! Que mais posso querer? Que mais posso temer? Se a morte morreu e a vida viveu! Que bênção é poder sentir o pulsar da Vida em meu espírito! Glória a Deus! É por esta, e por muitas outras razões, que eu afirmo: Precisamos orar, mesmo quando não sentimos vontade; ou, quando pressionados pelas mais diversas ocupações. Enfim... Para qualquer mal, orar é sempre melhor remédio.

A cruz foi erguida no Calvário, projetando uma sombra horizonte: "Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades." (Efésios 2:13-16). Enfim... Símbolo da eterna salvação, pois nela Jesus morreu por nós!

Belíssima canção, do Prisma, que tanto nos edifica:
https://youtu.be/rQ2JZByyBPU

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Vida com Jesus

A imagem pode conter: texto

Tenho pensado, que não temos como cortar caminho frente às provações da vida; pois elas estão em toda parte. Jesus disse que teremos aflições (João 16.33); pois, o mal do mundo e os problemas da vida são incontornáveis. Eles são resultantes da queda do homem, que o levou à perda de seus valores morais e espirituais. Mas Deus enviou Seu filho ao mundo, para salvar a humanidade - do engano, da condenação eterna, dos demônios; enfim... E de si mesma. Então; só não se salva quem não quer! Pois basta nos rendermos a Jesus que seremos salvos, e tudo se tornará novo!

Tenho consciência da existência do mal no mundo, sob as mais diversas formas (guerras, doenças, traições, injustiças e muitos outros). Porém, se existe mal no mundo, existe Deus no céu; se existe maldição na terra, existe bênção no céu; se existe guerra no homem, existe paz no Senhor. Entretanto, todos nós somos tendentes a fazer escolhas ruins e destinados a colher os frutos dessas escolhas. Portanto, devemos nos entregar aos cuidados de Deus, nos rendendo ao Salvador Jesus, buscando sempre a direção do céu, para que o bem governe a nossa vida na terra.

O ensino deste salmo sempre me conforta: "Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos." (Salmos 37:3-7). Nele, percebo que entrega e confiança são as palavras-chave.

Esta canção entoada por Ozeias de Paula é inspiradora:
https://youtu.be/Pjcrp4g0GvU

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 10 de dezembro de 2017

Apascentar é preciso

A imagem pode conter: texto

Ao orar nesta manhã, agradeci ao Senhor por ter diante de mim o pequeno rebanho que ele me confiou (ontem, uma parte dele esteve na casa da irmã Lurdes para jantar de confraternização). Recomendo aos pastores, que deem toda atenção aos crentes novos do seu rebanho; pois teremos que dar conta das ovelhas à nós confiadas). Há dois momentos, no ministério terreno de Jesus, que devem nos preocupar: O 1º: é quando ele fala sobre ovelha perdida (Mateus 18.12-13). O 2º: é quando, em conversa com Pedro, liga o amor que lhe devemos ao pastoreio das ovelhas (João 21.15-17). Portanto... Apascentar é preciso!

Tenho sentido necessidade de orar por meu trabalho; pois nós, pastores encarregados de cuidar do rebanho do Senhor, temos obrigação de renovar o nosso amor e cuidado, para com quem  vive sob o nosso pastorado. Logo, mesmo ignorando os termos de nossa responsabilidade para com as ovelhas que nos foram confiadas; isto não nos isenta da responsabilidade de ter que dar conta de cada uma delas. Ao longo de meu ministério, vejo pastores e obreiros que não sabem nem cuidar de seus filhos - quanto mais de suas ovelhas; que vivem sempre à mercê de aves de rapina e dos ladrões e salteadores. É para pensar!

Estas palavras ditas por Jesus são dirigidas aos pastores: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas." (João 10:9-13). Ela nos adverte, quanto ao dever de cuidar.

Esta canção de Fernanda Brum, aponta para o pastor ideal:
https://youtu.be/EN99DXAK-d8

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 9 de dezembro de 2017

Rota invisível aos olhos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje pensei em meus dias no Colégio de Cadetes do Exército de Salvação. Grandes provas enfrentei ali; que eu jamais teria suportado se não gastasse uma parte do meu dia na presença do Senhor (meia-hora após a devocional da manhã, meia-hora após o almoço, e meia-hora após as dez da noite). Não tenho dúvida em dizer: Foi assim que venci e subjuguei minha alma rebelde. Conheço muitos, que terminaram em fracasso por não levarem a sério sua fraqueza. Vejo com tristeza que, infelizmente, quando os fracassos se sucedem as pessoas começam a se habituar a eles.

Na verdade, estou convencido que nesta vida, jamais teremos da parte de Deus um mapa detalhado. Abraão não teve um tal mapa; fato que o levou a aventar: "um nascido na minha casa será o meu herdeiro." (Gên. 15.3); E Paulo não teve tal mapa; e isto o levou a dizer: "pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações." (Atos 20:22,23). Enfim... Andar com Deus é caminhar sobre o vasio, seguindo uma rota invisível aos olhos.

Mesmo em seu direito, Abraão concedeu à Ló a opção de escolha: "E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló; e os cananeus e os perizeus habitavam então na terra. E disse Abrão a Ló: Ora, não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos. Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; e se escolheres a esquerda, irei para a direita; e se a direita escolheres, eu irei para a esquerda." (Gênesis 13:7-9). Ele agiu assim, porque sabia que a sua rota estava definida pelo Senhor.

Gosto de ouvir esta canção; ela diz como o crente deve andar:
https://youtu.be/QKvfqPHw7lg

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Salto acima dos obstáculos

A imagem pode conter: texto

Ao pensar na oração e no salto com vara, consigo perceber um denominador comum entre ambas as coisas. Se no salto com vara, o atleta consegue transpor obstáculos que jamais poderia atingir apenas com seu condicionamento físico; também, sem a oração como ponto de apoio e de alavancagem, o crente - por melhor que seja seu condicionamento espiritual; jamais poderá superar os obstáculos que obstam sua caminhada em direção ao céu. Talvez, a falta de uma vida de oração seja a causa dos desacertos e contrassensos na vida de muitos crentes sinceros.

Ao refletir sobre este assunto, não pude deixar de pensar nesta declaração do salmista Davi: "Porque contigo entrei pelo meio duma tropa, com o meu Deus saltei uma muralha." (Salmos 18:29). Este homem de Deus viveu bons e maus momentos na vida. Estou convencido de que, os maus momentos que ele não conseguiu vencer, foi por falta de oração. Ao pensar nos maus momentos que passei na vida; estou convencido que a oração esteve na base da vitória alcançada. A oração é como vara de apoio, para darmos aquele salto acima dos obstáculos da vida.

Que bênção, este testemunho de Davi: "Porque tu, Senhor, és a minha lâmpada; e o Senhor ilumina as minhas trevas. Porque contigo passo pelo meio de um esquadrão; pelo meu Deus salto um muro. O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do Senhor refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. Por que, quem é Deus, senão o Senhor? E quem é rochedo, senão o nosso Deus? Deus é a minha fortaleza e a minha força, e ele perfeitamente desembaraça o meu caminho." (2 Samuel 22:29-33). Se orarmos, poderemos saltar obstáculos ao longo do caminho.

Canção de Alda Célia, sempre edificando quem a ouve:
https://youtu.be/aXNAAP-OwhQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Tendência de todos nós

A imagem pode conter: texto

Nesta manhã, estive refletindo sobre a tendência de todos nós - de nos inquietarmos com nossas necessidades, nos afligirmos com nossas dores, e de nos preocuparmos com nosso futuro; como se a paz que precisamos dependesse de circunstâncias da vida para por fim à nossa ansiedade. Sempre agradeço a Deus - por saber que tenho promessas suas. E procuro manter meus olhos sobre elas! Fiz questão de apontar algumas, dentre as muitas que o Senhor nos faz. Pense nas que estou indicando abaixo:

Sobre os meus temores: Sei que buscar a Deus me livra deles todos (Salmo 34.4). Sobre minhas dores: Sei que ele perdoa os meu pecados e sara as minhas enfermidades (Salmo 103.3). E quanto ao meu futuro: Sei que o dia de amanhã cuidará de si mesmo (Mateus 6.34). Portanto, não devo gastar o meu tempo em queixas e lamentos; mas confiar sempre em Jesus. Pois "Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre." (Salmos 125:1). Aleluia!

Este texto muito me tem ajudado: "Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus." (Filipenses 4:4-7). Glória a Deus! Bendita paz que vem de Jesus!

Esta canção tem ajudado a muitos crentes, ao longo dos anos:
https://youtu.be/b1UWOkNBp68

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O Dia do Senhor está perto

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje fui levantado para orar, com estas palavras: "Vocês vão viajar! Se preparem, se preparem... Com hurgênciaaa!" Como eu não tenho nenhuma viagem prevista, senti que tem tudo a ver com a vinda do Senhor - como se este tão esperado dia estivesse bem mais perto do que possamos imaginar. É sabido pelos cristão, que o Dia do Senhor é anunciado em toda a Bíblia - com mensagens reveladoras, cheias de detalhes, que parecem ter sido escritas em nosso tempo, de tão atuais que são. Devemos perseverar!

A Bíblia diz que "quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão." (1 Tessalonicenses 5:3). Enquanto eu orava, pedi ao Senhor que me ajude a manter o meu amor, esperança e fé em grau de pureza e santidade que seja suficiente para me sustentar - em dias tão confusos e maus. Sei que não devo me descuidar um só momento, sempre atento, perseverando em oração; pois o Dia do Senhor está perto!

Devemos vigiar: "Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão;" (1 Tessalonicenses 5:1-4). Precisamos estar firmes, em oração.

O dia está chegando... Esta canção me reporta aos anos oitenta:
dhttps://youtu.be/-_mI5hOCwq0

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Mundo beirando à catástrofe

A imagem pode conter: texto

Sem nenhuma ponta de pessimismo, penso que nosso o mundo está beirando à catástrofe... Sei que são muitos os que pensam diferente de mim e isto não me incomoda. A bem da verdade, gostaria muito que os tais estivessem certos e eu equivocado. O próprio Senhor Jesus nos faz advertência neste sentido - à que nos lembremos dos dias de Noé (Lucas 17.26-27) e dos dias de Ló (Lucas 17.28-29). Creio ser desnecessário dizer que os pecados desta geração são maiores que os pecados daquelas gerações condenadas. Se olharmos o nível de violência e depravação em que a mundo vive; veremos graves ofensas contra Deus e Sua Palavra.

Tenho por costume respeitar aqueles que pensam diferente (em especial, os evangélicos). Entretanto, seguindo uma linha bem diferente daqueles que prometem um "paraíso de prosperidade e felicidade" para nosso tempo; os quais chegam a dizer que os que pensam de outro modo é porque não têm fé (e são muitos pastores que apregoam isto); eu prefiro manter a minha certeza - em linha com as Sagradas Escrituras - de que este mundo está no maligno, que a terra e as obras que nela há, estão reservadas para o fogo... Sim! Eu acredito que o nosso tesouro é outro - em um lugar onde não haverá dor e morte, onde os fieis viverão sempre com o Senhor.

É para pensar: "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?" (2 Pedro 3:9-12). Pois... Vai acontecer.

Esta canção aponta aquele que dever ser o foco de nossa atenção:
https://youtu.be/SRjWqPdH6UY

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Meu primeiro amor

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Nesta manhã, minhas primeiras palavras ao Senhor foram em favor do pequeno rebanho que Ele me confiou... Percebo que ele está se tornando maior; portanto, preciso me desdobrar em oração e cuidados pastorais em seu favor. Glória a Deus! Como sempre faço, orei por minha pequena casa; pois ela deve estar sempre presente em minhas orações. E agradeci a Deus por Jesus - o Caminho no qual eu vou seguindo, em direção à Vida eterna. Pois o "novo e vivo caminho" (Hebreus 10.20) em que eu ando é o único caminho que termina exatamente onde começa a rua de ouro: No portal dourado da cidade santa.

Enquanto eu orava, Deus me fez saber que a herança eterna compensa tudo que os homens nos negam aqui na terra; e que mais vale sermos herdeiros do reino celestial (o único que não se transformará em pó); do que sermos agraciados com favores e honras terrenas. Então, fiquei a pensar: São muitos os que se contentam com honra e poder dos homens; e muitos mais que se magoam e revoltam por não obterem estes mesmos valores. Meus Deus! Bom seria se os crentes procurassem manter em sua lembrança, a razão que os levou a Jesus. E buscassem manter aceso o seu primeiro amor. Isto sim é que vale a pena!

Este texto diz muito mais do que aquilo que se apresenta aos olhos: "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado." (1 Coríntios 9:24-27). Devemos manter viva a esperança!

Esta canção é sugestiva... Vale a pena ouvir e pensar no céu:
https://youtu.be/wWSqyxyCGX8

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 3 de dezembro de 2017

Instrumento de libertação

A imagem pode conter: texto

Tenho pensado na facilidade com que muitos (mesmo crentes dedicados) vivem a especular sobre a vida alheia. Os que procedem deste modo, falam e opinam, como se soubessem tudo a vida de alguém. E, com este tipo de atitude, calúnias e injúrias são propagadas, sem dó nem piedade, podendo por em risco a vida de muitos - destruindo reputações e até casamentos. Na verdade, a grande maioria dos que assim procedem se arvoram em "defensores da verdade". Eu pergunto: Que verdade? talvez o adjetivo mais apropriado para este tipo de conduta seja: "bisbilhoteiros".

Estou convicto que a verdade não pode servir como desculpa, para vingança pessoal; ou como libelo de acusação, para ferir aqueles de quem não gostamos. Penso que a verdade é, antes de qualquer coisa, instrumento de libertação e formação de um caráter probo. Tenho notado que certas verdades, nos lábios de alguém mexeriqueiro e fofoqueiro, pode fazer tanto mal quanto a própria mentira. Portanto, não me causa surpresa as sentenças encontradas na Bíblia, contra a testemunha falsa, do difamador e semeador de contendas. Que o Senhor nos guarde deste tão grande mal.

Na Bíblia, podemos encontrar inúmeras advertências contra aqueles que conspurcam a reputação alheia, em conformidade com este texto: "Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos." (Provérbios 6:16-19). Enfim... Todos nós precisamos nos guardar de falar mal de outrem, mesmo sendo verdade.

Esta canção nos ajuda a entender este mal. Vale a pena ouvir:
https://youtu.be/HS6T2u3oyJs

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 2 de dezembro de 2017

A mais sábia atitude

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje, manhã fria de final de outono aqui em Portugal; eu, como de costume, me curvei aos pés do Senhor para orar. E a minha primeira palavra de oração, foi a de reconhecer quão imperfeitos, pequenos e incapazes nos tornamos - quando nos distanciamos de Deus. Tenho visto boa gente perder sua razão e lucidez, por se manterem longe do Senhor. Então, Deus me fez saber que as influências negativas não conseguem prevalecer em nossos pensamentos, palavras e ações - quando buscamos sabedoria e graça aos seus pés; pois dele vem nosso socorro. Glória a Deus!

Meu pensamento se volta para o texto de Tiago 1:5: "se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada". Então, penso: Por que insistimos tanto em seguir conceitos e opiniões que nada têm à ver com a Palavra de Deus? Em minha jornada, tenho visto que são muitos os lares (e até igrejas) profundamente afetados por falta de oração. Eu creio que, antes de tomarmos qualquer decisão, devemos recorrer às únicas fontes confiáveis de sabedoria e conhecimento: O Espírito e a Palavra de Deus.

Posso testemunhar que este texto já me ajudou inúmeras vezes: "E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos." (Tiago 1:5-8). Nele, aprendi que buscar a Deus em oração é sempre a mais sábia das atitudes.

Esta canção inspira quem tem dado pouco tempo à oração:
https://youtu.be/hPCnIRBOwAI

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Guerra ideológica

A imagem pode conter: texto

Tenho pensado, no quão atentos precisamos estar, quanto aos perigos das novidades deste tempo. É cada novidade que nos aparece... É de assustar! Ainda que muitas delas sejam úteis ao viver diário; todavia, muitas outras são nocivas à todos nós. São novos equipamentos eletrônicos, que oferecem inúmeros recursos; joguinhos "inocentes" (alguns até ensinam a matar); e os novos conceitos ditos de vanguarda, capazes de enfraquecer valores cristãos e tradições milenares, que infligem danos à família. E em meio a estes males, os crentes devem perseverar em sua fé. 

Em nossos dias, diversos modos de crer e de viver, agridem de modo frontal os ensinos da Palavra de Deus... É assustador! São novos modos de pensar e de agir que procuram desconstruir valores e tradições que inspiraram e motivaram, por milênios, a humanidade. Existe uma guerra ideológica em curso, capaz de mergulhar a raça humana na anarquia e obscurantismo. E eu me pergunto: Conseguirá o ser humano resistir ao mar de lama que estes males criam? Ainda bem, que temos o Santo Espírito a se mover em meio a este caos - tal e qual no alvorecer da criação.

Creio que vivemos o limiar desses dias: "E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima." (Lucas 21:25-28). Amém, Senhor Jesus!

Esta canção é fator de inspiração e motivação para os crentes:
https://youtu.be/BEtWbOWCJNQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Sentimento de semeador

A imagem pode conter: texto

Madrugada fria aqui em Portugal (estamos já no final do outono europeu). E enquanto eu orava, pensei na reunião de pequeno grupo de ontem a noite... Que prazer nos traz, ver pessoas que até alguns dias atrás eram indiferentes à Palavra de Deus; mas que agora, com Bíblia aberta no colo e olhos fixos nas páginas sagradas, irradiam paz na alma e brilho nos olhos... Meu Deus! Que prazer sinto, ao ver o que o Espírito de Deus faz no coração humano! É algo que compensa todo o trabalho feito e qualquer dor sentida. Posso entender muito bem o dizer do salmo 126:6. Que bênção!

Estou certo de que cada lágrima derramada no lugar de oração, em favor dos perdidos, é como uma espécie de rega; capaz de fazer germinar no coração de alguém sem futuro, a semente da esperança de vida eterna. Enquanto eu procuro lidar com meu sentimento de semeador; minha mente se reporta ao início de meu ministério... Tantas lembranças! Tantas provações! Tantas alegrias! Na verdade, estou tendo o prazer que muitos tiveram, nos dias primitivos da Igreja - que é terminar a jornada do jeito que a iniciaram: Guardando a fé, a esperança, e o amor de Deus.

Texto para refletirmos: "Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras." (Mateus 16:24-27). E pormos em prática! Glória a Jesus!

Todos nós, em uma ou outra esfera, precisamos de um milagre:
https://youtu.be/PYdqk59chgQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Grande amor, amor de Deus

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje me vi pensando no amor e na graça de Deus por mim (na verdade, sempre penso sobre isto). E pude vislumbrar em meu íntimo, o preço que Jesus pagou por mim - preço de sangue; em meio ao qual, subiu a via dolorosa, tendo que levar o peso da cruz, instrumento de sua tortura que iria expô-lo aos olhos da humanidade - ferido por todos os lados, sangrando por todos os lados... Jesus, meu salvador e libertador! Preciso compreender um pouco mais a dimensão deste martírio, pois me tornei um de seus frutos.

Jesus... Seu amor me contemplou, Sua graça me salvou, Seu sacrifício me restaurou, Seu perdão me absolveu, Sua paixão me cativou. Aleluia! Isto me torna seu servo para sempre; pois não há como ignorar tão grande prova de amor. E agora, lavado e redimido por Seu sangue, devo seguir em frente - sem olhar pra traz - com meus olhos postos em Jesus e meu coração ligado à missão que Ele me deu, ao me chamar para ser um daqueles que nomeou para servir. Sim! Sou um servo de Deus, para servir aos homens.

Grande amor: "Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus assim nos amou, também nos devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor." (1 João 4:9-12). Amor de Deus.

Por favor; ouça e cante este hino. ele tem tudo a ver conosco:
https://youtu.be/zb7rNY5TjW4

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Orações cheias de fervor

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem, três lares visitados. E nos três, orações cheias de fervor subiram ao céu; sendo que no último, foi um verdadeiro pentecostes que nos encheu de alegria, com um final marcado por grande quebrantamento. Enquanto alguns fazem planos mirabolantes, para um futuro incerto; fico a pensar no quanto é frágil a existência humana, de curta duração... E me pergunto: Quem pode contar seus próprios dias, de modo a alcançar coração sábio, à menos que seja por Deus ensinado? Preciso mais de ti, Jesus!

Quando penso na igreja local; sou lembrado que - ao mesmo tempo que peço ao Senhor que salve aqueles que abordamos - também preciso buscar em Deus, sabedoria para cuidar deles. Ou seja: não é suficiente que alguém seja salvo e frequente a igreja local; ele também precisa de cuidados pastorais e de um ambiente favorável ao seu crescimento saudável. Tenho percebido que de nada vale o esforço para a salvação de uma vida; se nós não formos capazes de lhe dar a tão necessária assistência.

Todos os servos de Deus são focados nesta exortação: "Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas." (João 21:16-17). Pois, de evangelista e pastor, todos temos um pouco.

Esta canção marcou a minha vida e o meu ministério:
https://youtu.be/WiIpwiNemF4

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Precisamos lançar as redes

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Madrugada fria (isto não é novidade em Portugal nesta época do ano); e eu a refletir sobre o agir de Deus ontem, no culto na frente missionária de Ílhavo. Não tenho dúvida ao dizer que foi algo sobrenatural! Deus falou e agiu... E eu creio não ter havido quem não sentisse o mover do Espírito entre nós (presença tão  densa, quase palpável, do início ao fim). Vejo Deus agindo nos novos convertidos... E não é fácil colher frutos de conversão em nossos dias; daí o hábito não recomendável, em voga nos dias de hoje, de se "pescar em aquário". Não vejo mérito neste ato.

Nós cristãos deste tempo, precisamos lançar nossas redes de pesca; pois "o mar está pra peixe" (e são tantas as vidas sendo tangidas para o abismo sem fim). Os nossos dias são marcados por terrorismo tão brutal, violência doméstica, perversão moral, vícios sexuais e seus derivados... Como se um verdadeiro estado de anarquia fosse instalado nas nações da terra. E nós cristãos bíblicos, temos a ideia exata da origem de tais males (a Bíblia denuncia o nome e a fonte de toda maldade no mundo: Satã e legiões de demônios. Então, estejamos vigilantes e em oração!

Evangelizar é nossa missão:

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério."
(2 Timóteo 4:1-5)

Então, devemos cumpri-la!

Esta canção anuncia o amor capaz de salvar o mais vil pecador:
https://youtu.be/wOzj2OI_KPU

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 26 de novembro de 2017

A cruz de Cristo era minha

A imagem pode conter: texto

Em minha vida cristã; uma das mais importantes lições que eu aprendi foi a de que é se prostrar diante de Deus é bem melhor do que se prostrar diante dos adversários e das adversidades. Sempre será uma coisa ou outra: Rendição perante o Senhor; ou rendição perante o inimigo. Nesta manhã, enquanto orava; veio ao meu espírito o quadro de Jesus vergado sob o peso da cruz... Dor e humilhação atroz. Todavia, sem se curvar ante os seus inimigos - intercedeu por eles, salvou um réu confesso, e rendeu ao Pai o seu espírito, consumando a obra de nossa eterna redenção.

Desde muito cedo, aprendi que a cruz de Cristo era na verdade minha (maldição que condenava minha natureza pecaminosa; sem que eu pudesse escapar por mérito ou virtude). Mas Jesus tomou sobre si o meu pecado e vergonha, em forma de cruz, e me absolveu da culpa. Glória a Deus! Sem se deixar abater por minha culpa, ele a cravou na cruz, destruindo a inimizade que havia entre mim e Deus. Aleluia! E redimido pelo seu sangue; posso gritar aos quatro ventos, que Jesus me salvou da morte eterna! Sim! Por ele, fui reconciliado e não temo mais a morte.

Jesus se doou por nós: "Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades." (Efésios 2:13-16). E assim, nós também devemos nos doar por ele.

Esta é uma das belas e bíblicas canções que conheço:
https://youtu.be/Q5ID69MEBMM

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 25 de novembro de 2017

Mundo em que vivemos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e texto

Tenho pensado no estado do mundo em que vivemos... Como não pensar? se ocorrências se sucedem, dizendo que o mundo perdeu o rumo e que não tem nada de bom a oferecer. Todas as suas invenções (mesmo as que tanto ajudaram a humanidade) trazem efeitos colaterais que vão se transformando em males causadores de dores e aflições. Declaro que sou otimista! Todavia, não tenho esperança quanto ao futuro deste mundo mau. Creio em um futuro risonho; mas, não aqui neste planeta. Que bom, que minha fé não está firmada nos valores deste mundo; mas, em Cristo Jesus que por mim morreu e ressuscitou!

Tenho visto a mão de Deus agir na história; tenho sentido Sua mão agir em nosso tempo. Creio no Deus que opera milagres e que não está sujeito aos caprichos dos homens ou dos deuses criados pela fértil imaginação humana. Que segurança eu sinto em saber que o Deus eterno reina sobre céus e terra - em meio à paz e à guerra! Que bom é saber que investir fé no Senhor é investir na vida futura - a verdadeira! Aquela, em um lugar onde o sol jamais se põe. Vida reservada aos que amam a Jesus e se guiam por Sua Palavra eterna. Palavra que intercala juízo severo sobre a impiedade, com as promessas feitas aos fiéis.

Promessas à Filadélfia: "Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas." (Apocalipse 3:10-13). São promessas de Deus aos fiéis!

Assim cremos! Assim vivemos! Assim perseveramos:
https://youtu.be/wpSHiCyhMzQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Doce presença de Deus

A imagem pode conter: texto

Ontem dei oportunidade ao Presbítero Rui para pregar; uma palavra da parte de Deus, que bem fez a todos nós ali reunidos, na frente missionária de Ílhavo. Nesta manhã, enquanto eu orava; o meu espírito foi levado a pensar no salmo 139. Que prazer eu senti! Agradeci ao Senhor, por sua bendita presença. Sua Palavra diz que: "Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito." (Salmos 34:18). E também diz: "Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade." (Salmos 145:18). Doce Presença!

Na verdade, somos exortados a buscar Sua presença: "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55:6). A Palavra de Deus declara que Deus está em toda parte... E que sua presença enche os céus! Portanto, quando nos sentimos distantes do Senhor; isto não significa que Deus esteja longe; mas sim, que dele nos distanciamos. E a oração é um dos meios mais práticos de nos aproximarmos dele. Entretanto, renunciar ao pecado é o modo mais eficaz de estarmos em sua presença, sem susto ou medo; pois o pecado sempre nos afasta do Senhor.

Bom é estar na presença de Deus: "Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa" (Salmos 139:7-12). Pois, é sempre o melhor lugar para se estar!

O salmo 139, pregado ou cantado, é sempre uma bênção:
https://youtu.be/K80BNksymco

Cordialmente;
Bispo Calegari