sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Porta que Deus nos abriu

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem foi um dia diferenciado, em que senti certa indisposição (mas não desânimo); todavia, procurei manter firme as minhas defesas espirituais. Fiz visitação e Deus nos concedeu a graça de termos uma reunião maravilhosa, em que um culto de louvor e adoração foi prestado a Ele com alegria, entusiasmo e espírito de adoração (em linha com o que está dito em João 4.24). Sim! Deus é fiel! Após o culto, fizemos mais uma visita; na qual uma grande batalha espiritual foi travada e ídolos foram destronados. Louvo ao Senhor pela porta que Ele nos abriu, que é conhecida como "Frente missionária de Ílhavo". Ela é para nós, um projeto valiosíssimo!

Até onde minha voz é palavra puder chegar; digo sem qualquer sombra de dívida: O melhor lugar em que nós podemos estar é o lugar em que, verdadeiramente, Deus nos quer. O profeta Jonas sofreu bastante - antes, por não entender isto; e depois, por não se sujeitar inteiramente ao querer de Deus. Fico a pensar na legião de servos de Deus que vivem infelizes (infelizes com o lugar em que vivem, com o trabalho que fazem, com a família que possuem) porque teimam em impor sua própria vontade e seguir seu próprio rumo; sem se darem conta do erro que cometem, optando por seguir em direção aos seus interesses e satisfazer os seus próprios instintos.

Que reunião excelente deve ter sido esta: "E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo." (Atos 20:17-21). Assim era Paulo, um servo de Deus, um homem despojado.

Sempre gostei de ouvir meu filho Elizeu (em sua juventude) cantar este hino:
https://youtu.be/kHbj_cpRZl0

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Minha gratidão é eterna

A imagem pode conter: texto

Senhor Jesus; sou grato a ti, por teres me tornado o homem que sou (não gosto de pensar no homem que eu teria sido, caso não te tivesse encontrado). Obrigado Senhor! Sei que o meu caminho da santidade ainda não está inteiramente percorrido; todavia, pude chegar até aqui, por obra e graça do Senhor. E me pergunto: onde estaria eu, caso não te tivesse encontrado? Aleluia! Pois, esta é uma das preocupações que nunca terei! Pois salvaste minha vida, removeste meu pecado e me deste graça, honra, e unção. Glória a Deus! Minha vida é passageira; todavia, a minha gratidão será eterna!

Ao orar à Ti Senhor; trago minha pequena casa perante os Teus olhos (isto é mera força de expressão, pois podes ver tudo, até mesmo o que não imagino existir). Contemplo minha pequena casa, como quem contempla um pequeno barco no oceano, distante da ilha aonde pretende chegar... Vez por outra, um turbilhão tenta o fazer naufragar; mas ele segue firme, velas enfunadas, singrando as ondas, sem razão para ter medo, pois o Senhor dos mares e dos ventos segue em seu convés, pronto a intervir em seu favor. Que bênção é ter Tua presença em nós, meu amado Salvador. Aleluia!

Que bênção é este salmo: "O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar. O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade. Os rios levantam, ó Senhor, os rios levantam o seu ruído, os rios levantam as suas ondas. Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso do que o ruído das grandes águas e do que as grandes ondas do mar. Mui fiéis são os teus testemunhos; a santidade convém à tua casa, Senhor, para sempre." (Salmos 93:1-5). Pois ele traz grande conforto, aos que vivem pela fé!

Canção inesquecível, que sempre me edificou. Aleluia!
https://youtu.be/dQqjHDnS4Dc

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Carta Aberta ao Brasil

A imagem pode conter: texto

Tenho ouvido dizer, que detentores do poder patrocinam cenas grotescas (que ocorrem em museus e espaços públicos da nação) com o fim de desviar a atenção das pessoas de bem; mas, com intuito de encobrir crimes praticados pelos mentores do sistema corrupto vigente. Todavia, estas são duas questões bem distintas: Uma, é a corrupção praticada pelos mandatários do poder (tanto os atuais, como os anteriores); outra, é o perverso estado de blasfêmia e de profanação que o sistema vigente tentar impor sobre os que adotaram os valores defendidos e ensinados pela fé cristã. Na verdade, a cruel corrupção vitimiza e envergonha a todos sem exceção; todavia, a pérfida profanação que nos é imposta atinge preferencialmente os que querem viver piamente em Cristo Jesus  (2 Timóteo 3:12). É preciso distinguir!

Se isto é usado como "cortinha de fumaça", para prejudicar certo político populista, eu não sei. Porém, o que vejo ( e isto é evidente); é que tentam nos impor um "modus vivendi" torpe, decadente; procurando à todo custo nos levar à práticas iníquas, profanas, que colidem frontalmente com as balizas morais e espirituais que ensinamos aos nossos filhos e netos - ao mesmo tempo em que tentam corromper as crianças brasileiras. Até creio ser coerente o modo como muitos governantes (atuais e anteriores) são levados (por espírito profano, prostituto, beberrão, enganador) a perseguir objetivos inconfessáveis; pois precisam desfrutar ao máximo, prazeres ilícitos que o poder lhes proporciona; pois no íntimo sabem que sua parte, na justiça divina, é inevitável (se não houver arrependimento) e não tardará por vir (2 Tim. 3).

Este texto bíblico precisa se entendido e aplicado, em todo o seu significado: "Ai dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que prescrevem opressão. Para desviarem os pobres do seu direito, e para arrebatarem o direito dos aflitos do meu povo; para despojarem as viúvas e roubarem os órfãos! Mas que fareis vós no dia da visitação, e na desolação, que há de vir de longe? A quem recorrereis para obter socorro, e onde deixareis a vossa glória, Sem que cada um se abata entre os presos, e caia entre mortos? Com tudo isto a sua ira não cessou, mas ainda está estendida a sua mão." (Isaías 10:1-4). No Brasil é comum dizermos que "o pau que bate em chico, também bate em francisco"... Portanto, os que fazem uso da batina, ou do colete clerical, ou de um púlpito, para explorar os incautos, serão igualmente julgados.

Esta canção é profética, mais relevante do que muitos pensam:
https://youtu.be/SdE5W9b5f1o

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 17 de outubro de 2017

As vezes me pergunto

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

As vezes me pergunto a mim mesmo: O que está acontecendo com este mundo? Os bons costumes são vilipendiados, os bons cidadãos são espezinhados, as famílias tradicionais são feridas, o meio ambiente é agredido, os valores morais são bombardeados, os valores espirituais são profanados. Então me curvo, oro, e sou respondido - não em detalhes; todavia, em um nível que me traz paz e doce calma. Aleluia! Logo, sinto segurança e conforto, por saber que o Deus eterno a quem eu sirvo em espírito - por obra e graça de Jesus - é capaz de responder às minhas dúvidas, fortalecer minhas certezas e renovar em minha vida minha porção de fé, esperança e amor.

Sempre que me curvo em oração; eu o faço movido por um misto de confiança em Jesus e incerteza quanto às minhas condições; algo como: "não sou digno de estar aqui". Então, o Espírito Santo me conforta e me faz lembrar que nosso Deus tem os seus olhos voltados para o contrito de espírito. E esta recordação, as vezes regada com lágrimas, floresce e frutifica em meu coração, dando paz e segurança em meio às trevas que escurecem o mundo. Só mesmo o amor de Deus é capaz de nos fazer sentir sentimentos nunca antes conhecidos, e de devolver valores importantes que nos foram roubados (ou simplesmente perdidos) ao longo do tempo.

Ana veio diante do Senhor, marcada por cansaço e tristeza: "Porém Ana respondeu: Não, senhor meu, eu sou uma mulher atribulada de espírito; nem vinho nem bebida forte tenho bebido; porém tenho derramado a minha alma perante o SENHOR. Não tenhas, pois, a tua serva por filha de Belial; porque da multidão dos meus cuidados e do meu desgosto tenho falado até agora. Então respondeu Eli: Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste. E disse ela: Ache a tua serva graça aos teus olhos. Assim a mulher foi o seu caminho, e comeu, e o seu semblante já não era triste." (1 Samuel 1:15-18). Todavia, ao sair, havia alegria em seu rosto.

Por favor... Ouça esta canção e se edifique com ela:
https://youtu.be/KzvR1sG1YmY

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

É fácil julgar e criticar

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

No livro dos salmos, vemos Davi profetizar que "Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia." (Salmo 46:1). Graças a Deus, ainda bem cedo, pude descobrir este refúgio e fortaleza; e ele fez toda a diferença - entre o que eu sou e aquilo em que teria me tornado, se eu não o tivesse conhecido. Glória a Deus! Ao longo de minha vida, enfrentei bestas feras - profanas, atrevidas e blasfemas. Em mim mesmo, jamais teria chance em tais batalhas; se contasse apenas com minha coragem e ousadia. O Senhor tem sido o meu refúgio e socorro. Ao longo de minha vida sofri duros golpes, que não teria vencido por mim mesmo. Só venci pela graça de Deus.

Percebo ser muito fácil julgar e criticar, alguém que sucumbiu aos encantos do vil tentador. Entretanto, seria bem melhor procurarmos nos ver no lugar de quem caiu. Lemos na Palavra de Deus, que "Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia." (1 Coríntios 10:12). Esta advertência indica a fragilidade da posição de quem está de pé (ou julga estar de pé). Uma palavra do profeta Samuel diz tudo sobre sua visão do cuidado de Deus: Ebenézer! Cujo significado é: "Até aqui nos ajudou o Senhor." (1 Samuel 7:12). Ela indica que, os limites do cuidado de Deus é o espaço de nossa proteção e segurança. Todavia, se sairmos destes limites, nos tornamos presa fácil do adversário.

Que texto pedagógico é este:

"E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando. E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra. E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela. E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Quando ouviram isto, redarguidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio."
(João 8:3-9)

É uma lição para todos nós.

Louvo a Deus, por ser Ele o lugar do meu refúgio e livramento:
https://youtu.be/G4tbAJDhsg4

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 15 de outubro de 2017

Orei, cantei, intercedi

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

Hoje de madrugada; enquanto eu orava a Deus pensei no tempo. O tempo passa tão ligeiro... Algum tempo atrás eu pensava: Será que chegarei aos setenta anos? Pois bem; não só alcancei, como ultrapassei esta meta! Agora é caminhar, marcando passo com a vida. Pedi graça e unção, para seguir sempre em frente, olhando para Jesus. Em oração, agradeci ao Senhor o Seu cuidado pra comigo. Senti Sua mão me sustentar em todo tempo, ao longo da jornada... E pensei: Que bênção é viver a fé dos primitivos servos de Deus. Então, ali diante do Pai - orei, cantei, intercedi, enfim; adorei!

Qualquer cristão sabe que não é fácil viver no mundo; pois o mundo é lugar de hostilidade, decadência, idolatria, feitiçaria, profanação de valores sagrados, enfim... Jesus nos incentiva: "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16:33). E a Bíblia faz esta advertência: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." (1 João 2:15). Então, o mal está em toda parte - independente de crença ou costume; e cabe a nós, crentes professos, resistir firmes na fé.

Este texto bíblico denuncia o desvio do homem:

"Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos."
(Romanos 1:18-22)

E adverte quanto à resposta da justiça de Deus.

Gosto muito de ouvir esta canção. Ela sempre me edifica:
https://youtu.be/wOzj2OI_KPU

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 14 de outubro de 2017

Ministério pastoral pleno

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Louvo a Deus, pela oportunidade que Ele nos dá - de visitar o lar dos irmãos da frente missionária que dirigimos. Bênção purinha! Já notamos melhora na frequência e mais alegria nas reuniões. Glória a Deus! Sempre acreditei que o ministério de um pastor se torna mais útil ainda, quando se volta para visitação periódica ao seu rebanho. Esta é a principal razão pela qual, enquanto bispo regional, visitava com frequência os pastores das regiões que tive o privilégio de presidir. Eu posso dizer, que sempre procurei ser coerente com o que acredito. E eu creio que a visitação pastoral é essencial para a saúde, unidade e segurança de um rebanho.

A Palavra de Deus adverte aos pastores, que conheçam melhor suas ovelhas (Provérbios 27:23). E não existe melhor caminho para um pastor conhecer as ovelhas, do que o caminho de sua casa. Ao abordar o ministério pleno de um pastor (com a visitação inclusa), Jesus nos declara: "Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes." (Mateus 25.40). Portanto... O crente que tem, por parte do seu pastor, mensagens bíblicas e edificantes em seu púlpito e visita periódica em sua casa; é um crente firme e constante na igreja do Senhor. Ele serve a Deus com Alegria, e é motivo de prazer aos que o cercam. 

Deus reserva juízo severo aos pastores negligentes: "Portanto assim diz o Senhor Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes; eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o Senhor. E eu mesmo recolherei o restante das minhas ovelhas, de todas as terras para onde as tiver afugentado, e as farei voltar aos seus apriscos; e frutificarão, e se multiplicarão. E levantarei sobre elas pastores que as apascentem, e nunca mais temerão, nem se assombrarão, e nem uma delas faltará, diz o Senhor." (Jeremias 23:2-4). Então, nós pastores precisamos vigiar!

Esta canção é um incentivo ao ministério pastoral de qualidade:
https://youtu.be/8GiJDw7SPJI

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

O paraíso não é aqui

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Penso ser este o tempo, em que a Igreja mais necessita orar; no entanto, em toda a história da Igreja, talvez esta seja a geração cristã que menos se dedica à oração. Tenho visitado alguns lares, e sinto a dificuldade em que as pessoas estão vivendo... É de assustar! No entanto, tal e qual u'a mãe que põe uma chupeta embebida em água doce, para acalmar uma criança faminta; vejo cristãos famintos serem tratados da mesma maneira (programas e mais programas, sem conteúdo sagrado, para motivar os desanimados e acalmar os atrevidos) Então, me pergunto: Ó Senhor, até quando?

É grande o mal causado pela falta de oração - como falta de soro na veia de quem está desidratado. Foi de assustar a energia liberada pelo tsunami no mar do Japão, o furacão no Caribe, e terremotos em vários lugares. Enfim... Nações e cidades indefesas, ante o poder da natureza em convulsão. Entretanto, assusta ainda mais o modo como os cristãos reagem ao que se passa em nossos dias, agindo como se o paraíso fosse aqui. Creio que a opção pela morte se inicia, quando deixamos Jesus de lado (e vemos isto acontecer com tantos crentes). Somente em Jesus é que alcançamos a vida eterna.

Eis o meu Salvador: "Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." (João 1:9-14). É Jesus!

Por que deixar Jesus de lado? Ouça atentamente esta canção:
https://youtu.be/K6LwtG4Agqw

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Estamos muito motivados

A imagem pode conter: texto

Maria Célia & eu, Temos estado bem envolvidos com o pequeno rebanho que Deus nos confiou (notamos que ele está crescendo e com isto, cresce a nossa responsabilidade). Estamos voltados para visitação frequente às ovelhas. Nosso alvo imediato é ter presença constante nas casas dos irmãos; nosso alvo posterior é chegar até os limites de Ílhavo. Não sei se vamos conseguir no tempo que temos; pois o tempo se abrevia... Todavia, não nos cabe medir o nosso tempo; mas, cumprir o propósito de Deus.

De hoje até amanhã, pretendemos nos mudar para a casa que alugamos. Ela é simples e pequena; mas cheia do amor de Jesus e da graça de Deus (isto é tudo que precisamos). Estamos muito motivados com o que o Senhor está fazendo (em nós e por meio de nós). Tenho percebido que um pastor que não consegue amar sua família e seu rebanho, não será capaz de amar coisa alguma (exceto aquilo que não deve ser amado). Porém, para termos condição de amar em santidade, precisamos ter o amor de Deus.

João é conhecido como o apóstolo do amor: "Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas. Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte." (1 João 3:11-14). O amor é dívida!!

Esta canção ressoa constantemente em meu espírito:
https://youtu.be/QAcD3kDzFPk?list=RDKzvR1sG1YmY


Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Eficácia da graça

A imagem pode conter: texto

Estive orando esta manhã... Por minha pequena casa e por meu pequeno rebanho (sei que preciso orar em favor deles - e como!). Então, orei pela humanidade... Meu Senhor! Até quando veremos homens e mulheres, obcecados por suas paixões, quebrando leis e ultrapassando limites; a fabricar, com suas mãos seus próprios deuses; e a tentar chegar ao céu por seus próprios meios? Será que não percebem que a terra ainda gira em torno de sua órbita e os mares ainda se contém em seus limites, por obra e graça do Senhor? Meu Deus! Livra-nos do mal que se aproxima, inevitável.

Bem sei do que o Senhor Jesus é capaz, sendo Salvador nosso! Rei dos reis e Senhor dos senhores! No entanto, a humanidade não se apercebe (nem mesmo, muitos dos que se dizem servos seus), da eficácia do sacrifício redentor que fez por todos nós; a ponto de entregar sua própria vida em favor da nossa. Obrigado, querido Pai celestial! Por tão grande prova de amor, que nos deu tão grande bem-aventurança! É lamentável, o ser humano não se se dar conta da eficácia da graça, resultante do sacrifício vicário de Jesus. E ainda que a maioria a rejeite; não podemos viver sem ela.

Esta é a real essência de uma genuína vida cristã:

"Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns  entranháveis afetos e compaixões, Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai."
(Filipenses 2:1-11)

Obrigado, Senhor; por deixares escrito este texto!

Graça de Deus... Por favor! Assista este vídeo, até o seu final:
https://youtu.be/IcfSxPfE_oo

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Sempre me pergunto

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Dias atrás, li algures esta informação: "Em 1997 foi queimado vivo Galdino Pataxó em Brasília. Hoje, três dos quatro assassinos são funcionários públicos do alto escalão." Pode até ser que esta notícia não seja verdadeira. Entretanto, sendo verdadeira ou não, percebo tentar se infiltrar em mim um desagradável desânimo... Todavia, não me deixarei invadir por este sentimento. Pois, assim como eu creio nas transformações; também creio nas recompensas - tanto para quem faz o bem, como para quem faz o mal; ainda que nem sempre, as recompensas se manifestem nesta vida. Deus existe!

Que o Senhor tenha misericórdia do Brasil; nação onde as leis e a justiça parecem penalizar os seus trabalhadores e premiar os seus criminosos. E, para o caso de haver dúvida quanto ao que digo: é só comparar o valor da "bolsa presidiário" com o da "bolsa trabalhador". Ou, então, o tipo de justiça aplicada ao criminoso de "colarinho branco" com a justiça feita ao trabalhador de "macacão surrado". E, eu sempre me pergunto: até quando seremos submetidos ao acinte de legisladores, julgadores e governantes? Não se vê o menor sinal de mudança. Venha o teu reino Senhor!

Este texto da Palavra de Deus nos dá a entender o rigor da pena aos que usam a lei como pretexto para abater o inocente: "Ai dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que prescrevem opressão. Para desviarem os pobres do seu direito, e para arrebatarem o direito dos aflitos do meu povo; para despojarem as viúvas e roubarem os órfãos! Mas que fareis vós no dia da visitação, e na desolação, que há de vir de longe? A quem recorrereis para obter socorro, e onde deixareis a vossa glória" (Isaías 10:1-3). Creio na justiça divina, que é reta e justa - em sua absolvição e condenação.

Esta canção entoada por Bruna Karla edificou muitos crentes:
https://youtu.be/Sqz3lG_YjGU

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Não sei o que dizer

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Não tenho palavras, para agradecer a Deus, mesmo orando com fervor, por tudo aquilo que ele tem feito em minha humilde vida. Afinal... O que dizer a este maravilhoso Deus? Ontem, ao pregar em Almada, minha alegria não foi só a de transpor a ponte "25 de abril" - que cruza o rio tejo, fazendo a ligação entre Lisboa e Almada... Não mesmo! Ainda que eu tenha sentido um grande prazer! Todavia, meu prazer maior foi pregar no culto inaugural da frente missionária, aos cuidados do Pastor Edson Amaral, e sentir que ainda tenho utilidade. Obrigado meu Jesus; por poder ser vaso em Tuas mãos.

Algumas vezes, não sei o que dizer até que tenha oportunidade de pregar... Ontem foi uma dessas vezes. Em oração, agradeci a Deus ao meu Deus e Pai; por usar o Seu servo (Bispo Geraldo), para me dar oportunidade de disponibilizar o meu dom (rejeitado por muitos) que ainda pode ser útil ao Seu propósito. Eu costumo dizer que sou uma pessoa de vida simples e modos bem simples (creio que Deus me fez assim). Não persigo grandeza ou sonhos mirabolantes. Meu desejo é servir aos que o Senhor põe em meu caminho (alguns ainda não se aperceberam disto). Isto me faz muito feliz!

Sou fascinado por este texto da Palavra de Deus: "Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vô-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo. (Filipenses 3:13-16). Meu Senhor! Eu também quero ser assim!

Como faz bem saber, que o Senhor é o Deus do impossível:
https://youtu.be/bRhdSkauNGk

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 8 de outubro de 2017

Nós não temos parado

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Desde que chegamos aqui em Portugal, Maria Célia Calegari e eu não temos parado... Visitar e abraçar amigos e irmãos, tudo de bom! Quarta-feira última, preguei na IMW de Arcozelo (Porto); ontem estive pregando na no culto inaugural da frente missionária em Amadora (Lisboa); hoje pela manhã, Maria Célia pregou na IMW da Gafanha da Nazaré. No entanto, o que nos causa um sentimento diferenciado é o fato de já estarmos plenamente integrados ao pequeno rebanho que recebemos do Senhor, para amar e cuidar, na frente missionária em Ílhavo, onde estive pregando hoje a tarde. Que bênção é estarmos juntos - um refrigério para todos nós.

Os cultos têm sido marcados por unção e alegria (unção de Deus, as vezes faz rir, as vezes faz chorar). Alguns dias atrás, visitando uma casa, Maria Célia e eu oramos tocando no ombro de uma irmã; ontem ela nos disse: "O Bispo não sabia, mas a dias eu trazia forte dor naquele ombro; desde o momento daquela oração, o meu ombro não doeu mais." Não sei como agradecer a Deus, coisas que Ele faz - em nós e através de nós - mesmo sendo nós tão fracos, vasos de barro, sem grande utilidade. Enfim... É Seu amor - por nós e em nós - que faz toda a diferença. Glória a Deus! Todas as nossas fontes estão n'Ele! E isto não tem um preço humano.

Deus é fiel: "O seu fundamento está nos montes santos. O Senhor ama as portas de Sião, mais do que todas as habitações de Jacó. Coisas gloriosas se dizem de ti, ó cidade de Deus. (Selá.) Farei menção de Raabe e de Babilônia àqueles que me conhecem; eis que da Filístia, e de Tiro, e da Etiópia, se dirá: Este homem nasceu ali. E de Sião se dirá: Este e aquele homem nasceram ali; e o mesmo Altíssimo a estabelecerá. O Senhor contará na descrição dos povos que este homem nasceu ali. (Selá.) Assim os cantores como os tocadores de instrumentos estarão lá; todas as minhas fontes estão em ti." (Salmos 87:1-7). Glória ao nosso Deus!

Glória a Deus! Esta canção expressa aquilo que creio e sinto:
https://youtu.be/BEtWbOWCJNQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 7 de outubro de 2017

Sou teu filho e teu servo

A imagem pode conter: texto

Senhor. Sei que sou como partícula de pó em suspensão, neste universo em expansão, menor que um ponto em uma frase; mas, os teus olhos estão postos sobre mim. Sei que não há mérito meu (só o de Jesus) e isto me torna mais grato a ti. Sei que me podes poupar de dores e aflições; porém, nem sempre o fazes... Mas isto não me aflige. Me deste uma natureza renascida e rejuvenescida, bem mais jovem que o corpo em que ela habita. Grande bênção é saber que estás sempre comigo; mesmo quando não sinto esta grandiosa e sobrenatural presença. Obrigado por tudo, Senhor!

As vezes, tento entender o mistério que sou eu - ser vivente e complexo, em sua essência e função. Sei que não sou apenas pó; pois tenho alma, sentimento. Sei que não sou apenas 'eu'; pois me fizeste saber que 'somos nós'. Sei que meus dias estão contados... Ainda bem, pois nunca fui bom de contas. Sei que o meu nível de renúncia e entrega é muito baixo; mas, tens sido bondoso para comigo. Não canso de dizer: Como é bom é saber que estás comigo! Sei que ainda não sei tudo que não sou... Porém, sei que sou teu filho e teu servo - hoje e sempre - e isto para mim já é bastante.

Este texto resume o amor e o poder de Deus: "Porque Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia. Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." (Romanos 11:32-36). Louvado seja Deus!

Canção maravilhosa esta! Tão agradável, de ouvir e cantar:
https://youtu.be/9zB4rUQ0MV4

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Sinais de advertência

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

A Palavra de Deus procura orientar a todos; quanto aos passos que precisamos dar para vivermos uma vida em plena paz e sob a proteção do Senhor. Deus demonstra Sua vontade de nos ver vencer, ao sinalizar com promessas, e elas são mais firmes que uma rocha; todavia, só exercem efeito concreto na vida dos que confiam no Senhor. A Bíblia está repleta de exortações, a que confiemos no Senhor. Sempre que vejo um cristão desanimado, sem rumo na vida; penso: Este é um crente que deixou sua confiança nas promessas do Pai e passou a confiar em si mesmo. Pois a confiança no Senhor se traduz em vitória.

Na verdade, a Bíblia também emite sinais de advertência, alertando quanto ao risco da tentação e ao perigo do pecado; pois a tentação pode levar um crente a duvidar das promessas de Deus e ao pecado que, uma vez consumado, pode leva-lo a se afastar de Deus, a se desviar da fé, e a morrer espiritualmente (tenho visto inúmeros exemplos de vidas, outrora firmes e determinadas, agora completamente fora do caminho do Senhor). É tão triste, vermos cristãos se deixarem seduzir pelos prazeres deste mundo, na prática do pecado, sem se aperceber que o pecado pode leva-los à morte e à perdição eterna. Meu Deus! 

 Salmo motivador este: "Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. Assim como estão os montes à roda de Jerusalém, assim o Senhor está em volta do seu povo desde agora e para sempre. Porque o cetro da impiedade não permanecerá sobre a sorte dos justos, para que o justo não estenda as suas mãos para a iniquidade. Faze bem, ó Senhor, aos bons e aos que são retos de coração. Quanto àqueles que se desviam para os seus caminhos tortuosos, levá-los-á o SENHOR com os que praticam a maldade; paz haverá sobre Israel." (Salmos 125:1-5). Amém Jesus!

As promessas do Pai... É maravilhoso confiar nelas! Aleluia!
https://youtu.be/mIWxPgGnVFU

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Vivendo esta Verdade


Ante-ontem fiz minhas primeiras visitas e dirigi minha primeira reunião na frente missionária de Ílhavo  (foi nosso primeiro GCEU). Que prazer eu senti! E Maria Célia, sempre ao meu lado, com Jesus sempre na frente. É bênção demais! O rebanho é pequeno, mas a alegria é imensurável. Glória a Deus! Nesta manhã, no lugar de oração, senti minhas forças se renovarem... E os sinais do meu chamado brilharem um pouco mais. É bênção! Louvo ao Senhor por tudo; pois os valores que possuo, me foram entregues por Ele. Sobre estes valores, quero construir meu projeto de vida e obra.

Rendido aos pés do Senhor; pedi por minha pequena casa (que Ele a mantenha de pé) e por minha sofrida nação (que ele liberte seu povo e governo - dos gravíssimos pecados que cometem, devido às péssimas escolhas que fazem). Também pedi ao Senhor, que me dê graça e unção para afirmar que Jesus é o Senhor, vivendo sob Seu senhorio; para proclamar que Deus é Amor, vivendo no perfume deste amor; para profetizar que a Palavra é a Verdade, vivendo esta verdade em toda a sua extensão; e anunciar o Seu propósito para nós - sem diminuir sua importância ou negar sua eficácia.

Lindo este texto: "Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda. Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo, Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho." (Filipenses 1:18-21). Tudo que preciso ser.

Esta é uma canção para ser ouvida e sentida em plenitude:
https://youtu.be/8CX-oLp0qtI

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Razão de ser e existir

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Hoje estou pensando no curso da vida de um homem de Deus... E tento lembrar os caminhos percorridos (suas retas e curvas) e os obstáculos encontrados e superados (injúrias e perseguições sofridas, dores e medos sentidos). Na verdade, em meu espírito sinto tudo convergir para a Palavra de Deus. Então faço coro com o seguinte texto da Bíblia: "Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?" (Romanos 8:31). Sim! Porque a Bíblia desvenda segredos que precisam ser conhecidos e encobre mistérios que precisam estar cobertos. A Bíblia não é apenas um livro de religião; ela nos revela o único Caminho da Salvação!

Todo ser humano, por mais diferente que seja em sua tradição e cultura, precisa encontrar sentido para o seu existir. Então, desta carência, vemos surgir crenças e conceitos (a maioria deles sem o menor sentido - que mais produzem dúvidas do que certezas). Daí a necessidade de cada um de nós, de retornar às origens; ou seja: Buscar em Deus o seu recomeço, o princípio e o fim de sua razão de ser e existir. E estas dúvidas só poderão ser plenamente sanadas, se estivermos em Jesus; que disse: "Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso." (Apocalipse 1:8). Glória a Jesus!

Este texto da Bíblia aponta para a única verdadeira Fonte, do real conhecimento de Deus e de nós mesmos: Que é Jesus Cristo, o unigênito Filho de Deus: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam." (João 1.1-5). E este mesmo texto diz que "a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;" (v. 12). Jesus Cristo, único Salvador do mundo!

Esta canção me abençoou, desde a primeira vez que a ouvi:
https://youtu.be/Q1KgVLOkR1E

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Nosso prato do dia

A imagem pode conter: texto

Existem dias, em que o caminho percorrido até o lugar de oração parece tão difícil... Como se houvessem barreiras tentando nos impedir. Vez por outra, preciso atravessar este caminho, para só então chegar ao ponto de encontro. E então, já prostrado, tudo se normaliza. Outras vezes, a oração não flui (algo, como se não houvesse assunto); e, em ocasiões assim, me satisfaço em saber que Deus não depende do som formulado por minha oração, para saber o que realmente preciso; pois, para Deus, meu silêncio diz tudo sobre mim (o que penso, o que preciso, o que desejo) tanto quanto minhas palavras.

Traz grande conforto ao coração saber que o Senhor vê a nossa presença no lugar de oração, e conhece a extensão de nossa dor e preocupação. Na verdade, Deus conhece a nossa origem e sabe o caminho que percorremos, para chegarmos até aqui. Ele sabe, tanto o fim de nossa história, como o seu recomeço. Portanto, não precisamos  nos intimidar com ameaças e obstáculos; pois: "Se Deus é por nós, quem será contra nós?" (Romanos 8:31). Enfim; cabe a nós resistir à tentação (sofrida por Adão e Eva) de nos "escondermos de Deus". Oração e vigilância devem ser sempre nosso "prato do dia".

O salmo 139 é de grande inspiração para o crente: "SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó Senhor, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão. Tal ciência é para mim maravilhosíssima; tão alta que não a posso atingir." (Salmos 139:1-6). Na verdade, o Senhor nos contempla e nos conhece - tanto por dentro, como por fora. Louvado seja Deus! 

Foi um momento especial, quando Aline Barros gravou esta canção:
https://youtu.be/QAcD3kDzFPk

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Cuidados que devemos ter

A imagem pode conter: texto

Estou pensando no cuidado que devemos ter, com nossa saúde e família; todavia, sobretudo, com nossa vida espiritual. Creio que a nossa vida com Deus é o aferidor de toda a nossa existência; pois as demais coisas do nosso universo pessoal, dependem de nosso bom relacionamento com Deus (não estou aqui pensando em devoção religiosa, algo que muitos confundem com vida espiritual). Vemos crentes se esvaziarem com encargos diversos na obra de Deus... Sem perceberem que o nosso vazio só o Senhor pode preencher.

Tenho notado que grande número de cristãos reduzem a sua vida cristã, às atividades religiosas que adotaram (tarefas e ocupações na obra de Deus); sem perceberem que tais atividades, ainda que válidas em seu objetivo, não podem suprir a lacuna causada pela ausência do Santo Espírito em nós. Pois cultivar uma vida cristã saudável, depende muito menos da atenção que damos à obra de Deus; e muito mais de nossa intimidade com o Deus da obra. Sei que ambas são importantes; Todavia... a Vida em Deus é nossa maior prioridade.

Testemunho interessante este: "E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada." (Lucas 10:39-42). Testemunho para pensarmos e depois imitarmos.

Esta canção tem edificado incontáveis crentes. Vale a pena ouvir:
https://youtu.be/KzvR1sG1YmY

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 1 de outubro de 2017

Mais uma missão

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

Obrigado Senhor, por mais este domingo em minha jornada. Que a minha posse na frente missionária em Ílhavo seja marcada por unção e alegria - em nosso coração e nos demais corações que ombrearão conosco - neste novo desafio. E que a nossa carreira possa ser consumada do mesmo jeito que a iniciamos - cerca de quarenta e nove anos atrás (na verdade, iniciou pouco antes; pois comecei a pregar quando ainda servia nas Forças Armadas, ano de 1965, pregando semanalmente na penitenciária e na casa de detenção de Niterói). Mas, preguei pela primeira vez no cemitério do Maruí, em Niterói, no dia dos finados, em novembro de 1964.

Nesta manhã (assim como na primeira vez) me prostro diante de ti e me ofereço ao cumprimento de mais uma missão. Sei que os anos me deixaram algumas marcas; todavia, Abraão com mais de noventa anos, gerou seu filho Isaque; Calebe, com oitenta e cinco anos, conquistou sua montanha; e Daniel com cerca de cem anos  viu os leões deitarem aos seus pés. Logo; sempre que um ungido de Deus tiver que nadar em águas profundas; sua cabeça poderá ser vista acima da linha d'água. E, ao escalar montanha elevada;  sua silhueta poderá ser vista no topo da mesma. Enfim... Ao caminhar por deserto ardente; sempre achará seu oásis. Pois é um homem de Deus.

Esta é a nossa real posição e missão em Cristo: "E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aqueles cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo? Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus." (2 Coríntios 2:14-17). Portanto... Devemos viver, semear e colher em linha com esta bendita esperança.

Jesus é a nossa Rocha eterna! Nele, somos sustentados:
https://youtu.be/Y0Bci76JPXw

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 30 de setembro de 2017

Orar sem esmorecer

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Cada dia que passa eu me convenço da necessidade que temos - de orar, orar, orar... E sem esmorecer. Vivemos um tempo de tamanha inversão de valores, que nem dá para avaliar com clareza. Tempo de ganância desmedida e de cobiça criminosa. Tempo de deslavada mentira e de depravação assustadora... Pecados sexuais para todos os gostos (adultério, prostituição, fornicação, bestialidade e todos os seus derivados, possíveis e imagináveis). Meu Deus! Até onde vai esta loucura generalizada? O pecado da violência e do sexo se popularizaram tanto, que contagiam até muitos crentes. O mal cresceu tanto no mundo que o dever de orar e vigiar nunca foi tão urgente.

Não acredito que as barreiras morais construídas, ao longo dos séculos, sejam capazes de deter esta onda gigantesca de engano  e maldade, que domina grande parte da humanidade. Jesus disse que "se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria" (Mateus 24:22). Portanto, não penso sermos apenas a geração do arrebatamento; penso sermos a geração do fim. Entendo que os sinais de alerta já estão acionados; restando agora o "stop" divino. Entendo os crentes que veem em minhas palavras, algum exagero (em outros tempos, eu também veria deste modo). Sinceramente... Eu preferia estar enganado; assim não veria as coisas que em breve hão de acontecer.

Na verdade, este texto bíblico é contextual com nossa realidade: "E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima." (Lucas 21:25-28). Os sinais que vemos hoje se manifestar - sendo por nós entendidos à luz da Bíblia - servem de alerta à todos nós.

Me lembro da primeira vez que ouvi esta canção... Bênção pura!
https://youtu.be/IwRb7MG_oFU

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Linguagem do céu

A imagem pode conter: texto

De algum tempo à esta parte, tenho pensado na diminuição da linguagem do céu, no vocabulário de muitos crentes. Quero dizer que, em nossos dias, se fala sobre quase tudo entre os crentes - desde as grandes questões familiares, econômicas, trabalhistas, até às crises éticas e morais em que o nosso país vive (não estou nem pensando nos assuntos profanos e pecaminosos); todavia, se fala muito pouco sobre temor, santidade, arrebatamento, vida no altar, renúncia. Enfim, mesmo em mensagens, o principal foco é a vida terrena e seus desdobramentos. Ó meu Deus, até quando?

É importante que se diga que as questões hodiernas devem ser consideradas, conversadas, discutidas (e eu não nego seu valor). Só penso que não deviam estar acima das considerações ligadas aos dons de Deus, ao amor, à esperança e fé, e ao eterno futuro. Na verdade, devíamos falar mais sobre a graça de Deus revelada em Jesus; e menos sobre as nossas dores e queixumes. Ou seja; falar menos sobre o futuro imediato; e mais sobre o eterno porvir. Cremos que a vinda de Jesus é para breve! Então, devemos falar mais sobre aquilo que nos mantém ligados a ela. Ora vem Jesus!

Este texto, aos colossenses, serve de parâmetro ao que pretendi dizer: "Perseverai em oração, velando nela com ação de graças; Orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual estou também preso; Para que o manifeste, como me convém falar. Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo. A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um." (Colossenses 4:2-6). Nele, podemos aprender a linguagem do céu.

Esta canção ajudou muito a aprimorar minha linguagem:
https://youtu.be/JKaw7224Tzw

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Faz de novo Senhor

A imagem pode conter: texto

Aqui estamos, como a 39 anos atrás, prostrados aos pés do Senhor. Já não temos o mesmo vigor daqueles dias... Mas, temos o mesmo amor e fé. Portanto, continuamos com aquilo que é indispensável! Glória a Deus! Sei como chegamos a Campos, 48 anos atrás... Sei como chegamos a Valadares, 44 anos atrás... Sei como chegamos a Portugal, 39 anos atrás... Sei como chegamos a Cabo Frio, 29 anos atrás... Sei como chegamos a Rondônia, 19 anos atrás... Sei como chegamos a Belo Horizonte, 9 anos atrás... Portanto, não ignoro meus limites; nem o que podes fazer, se quiseres. Faz de novo Senhor!

Faz de novo Senhor! Porque sei que nada posso fazer, sem que tu faças em mim e através de mim. Faz de novo Senhor! Porque sei que minha presença é frágil, mas tua presença é forte. Faz de novo Senhor! Porque o querer do homem não é garantia do agir de Deus. Faz de novo Senhor! Porque sem teu agir tudo é vago... Sonho sem conteúdo. Faz de novo Senhor! Porque sem ti, nosso fazer é incapaz de realizar e concluir. Faz de novo Senhor! Porque nada tenho além de ti. Faz de novo Senhor! Porque sem ti, eu nada sou. Sim! Porque além do teu agir só existe o nada... E mais nada. Louvado seja nosso Deus!

Esta oração de Habacuque sempre traz inspiração: "Oração do profeta Habacuque sobre Sigionote. Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia. Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor. E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força. Adiante dele ia a peste, e brasas ardentes saíam dos seus passos." (Habacuque 3:1-5). Faz de novo Senhor, aviva a tua obra!!!

Faz de novo Senhor! Porque tu és o nosso castelo forte! Faz de novo Senhor! 
https://www.facebook.com/QuartetoCasteloForte/videos/1191536834279138/

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Propósito e promessas

A imagem pode conter: texto

Ontem pisamos novamente em solo português! Maria Célia Calegari e eu louvamos a Deus, por tão rica oportunidade. As 06:00 da manhã (02:00 no Brasil) já estávamos no carro do Eduardo (ele e o Bispo Geraldo Rodrigues já estavam a nossa espera no aeroporto de Lisboa). Creio que a canção do Pastor Elizeu Gomes - "Foi o Senhor que trouxe a gente aqui" - expõe muito bem o nosso sentimento, sobre o propósito do Senhor para nossas vidas. Cremos em Seu propósito e promessas. Louvado seja Deus!

Já estamos bem instalados na casa do casal, Américo e Clarisse (eles estão na Bélgica mas deixaram as chaves de sua casa ao nosso dispor). Daqui a pouco, o Bispo Geraldo nos conduzirá ao nosso primeiro almoço em Portugal (a primeira oração em terras Lusas, já tive a oportunidade de fazer). Sinto em meu coração um misto de sentimentos: O de deixar no Brasil, aqueles que amamos; e o de ter que aguardar o momento de abraçar os amigos que granjeamos neste país. Haja emoção... Haja coração... Haja paz!

Filipenses é a epístola plena de louvor: "Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo. E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento, Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo; Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus." (Filipenses 1:8-11). E neste seu texto, percebo destaque ao sentimento de saudade.

Este é o nosso alvo: Sempre trilhar o caminho do céu:
https://youtu.be/hu3iRE7-GHw

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Evangelho sem cruz

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Após me erguer do lugar de oração, fiquei a pensar no estado deste mundo. Há quem se recuse a admitir as evidências que indicam um futuro sombrio; como se vivesse em uma redoma fechada. Quanto a mim; admito que meu otimismo não encobre a dura realidade em que o mundo vive; que afeta o ser humano que insiste em recusar Aquele por ele se entregou, oferecendo a Sua vida "em resgate de muitos" (Marcos 10.45). E há cristãos que vivem um evangelho sem cruz, enganando e sendo enganados, sem ao menos pensarem na parábola das dez virgens (Mateus 25.1-13).

Jesus é a única esperança de salvação que alguém pode ter. Mas, para isto, é necessário se render ao que "veio buscar e salvar o que se havia perdido" (Lucas 19.10). A loucura da humanidade tem como principal causa o pecado. Todavia, Deus Pai - "Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." (2 Coríntios 5:21). E assim, Deus Filho "se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." (João 1.14). Portanto... Salvação, só achamos em JESUS.

Assim a Bíblia diz: "Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós. Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina. E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." (Atos 4:10-12). Enfim... Jesus é a única Fonte da Vida eterna! Assim nós cremos!

Esta é uma excelente canção, para fechar esta meditação:
https://youtu.be/KFCIiwns1g8

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 24 de setembro de 2017

Nosso novo desafio

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem, preguei na conferência missionária do Distrito de Magé; hoje, Deus me deu a graça de pregar no culto da IMW de Duarte da Silveira; e amanhã, Maria Célia e eu seguiremos em direção ao nosso novo desafio: A frente missionária de Ílhavo, no Distrito de Aveiro, onde tomaremos posse no próximo domingo. Que bênção, poder servir Àquele que nos tem servido - antes mesmo de termos nascido. Aleluia! Ontem eu disse em Magé que - aos que que, em Cristo,  anelam a esperança do céu; o próprio céu responde, estendendo sob seus pés uma espécie de tapete vermelho (o novo e vivo caminho); aos que decidiram seguir pelo "Caminho da Vida".

Que riqueza é percorrer este caminho; mesmo quando somos marcados pela difícil escolha, de deixar para trás aqueles que gostaríamos de carregar conosco. É que, ao longo da vida daqueles que optam por seguir a Jesus - bens e pessoas vão ficando ao longo do Caminho. Pois a vida com Deus impõe renúncia e obediência incondicional. Portanto, aos que escolheram aceitar o chamado do Senhor, não é dado o direito de definir os limites de sua missão, nem de decidir o lugar onde pretendem servir. Na Bíblia, vemos que Jonas se deu muito mal ao decidir não ir para Nínive; ao passo que, Isaías se deu muito bem ao dizer: "Eis-me aqui, envia-me a mim".

Importante decisão esta, tomada pelo Isaías: "Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos. Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim." (Isaías 6:5-8). E esta deve ser também a nossa decisão!

Esta canção me abençoa a muito tempo, desde que foi gravada:
https://youtu.be/jwm4EOjabNQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 23 de setembro de 2017

Nossas defesas espirituais

A imagem pode conter: texto e natureza

Sei que preciso orar um pouco mais; pois sinto que os dias se abreviam... Sei que os eventos catastróficos sempre ocorreram - com maior ou menor intensidade. Todavia, acredito que em tempo algum jamais ocorreram tantos, tão diversos, ao mesmo tempo. Penso ser da máxima importância, fortalecermos nossas defesas espirituais; e a oração é uma das melhores armas para vencermos em dias tão difíceis. Entretanto, tenho notado que os dias mais difíceis para se viver, são justamente os dias mais difíceis para se orar.

O que precisamos gravar em nosso espírito é que a intensidade do mal destes dias, aponta para a brevidade da vinda de Jesus. Portanto, a evolução do pecado (em forma de engano, de tirania, de violência, de maldade, de blasfêmia, de feitiçaria, de torpeza, e tantos outros males) conjugado com os fenômenos naturais, que devastam e angustiam nações inteiras podem ser sinais - de que os sistemas humanos faliram e o tempo se abrevia. Enfim; motivos, para orarmos e vigiarmos mais, são evidentes.

É inegável, que estes tempos são difíceis; pois vivemos em dias de densas trevas: "Lembrai-vos da mulher de Ló. Qualquer que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, salvá-la-á. Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. Dois estarão no campo; um será tomado, e o outro será deixado." (Lucas 17:32-36). Entretanto, Jesus virá em breve, para buscar os que o esperam!

Esta canção sempre me reporta aos dias primitivos da Igreja:
https://youtu.be/yNxQE9I6xXY

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Nossa real missão

A imagem pode conter: 5 pessoas, texto

Nesta segunda-feira, Maria Célia e eu estaremos voltando à Portugal. Perdi a conta, das vezes que fizemos este percurso; mas sei que esta será a terceira vez que obedecemos este imperativo. Ao pensar na brevidade da vida, não posso deixar de pensar nos queridos que ficam - sentimentos somente amenizados, pela lembrança dos queridos que nos esperam. Louvamos a Deus, por tanta graça manifesta! Deus é sempre fiel; ainda que nem sempre correspondamos ao Seu querer em nós. Obrigado Jesus, por tudo!

Até que ponto, estamos aptos ao cumprimento desta missão? Só Deus o sabe! Todavia; o simples fato de percorrermos este caminho - sem nos deixarmos impedir por lembranças, ou sem nos deslumbrarmos com certos sonhos - já é uma grande coisa. Eu sempre digo que não me prendo a lugares, mas às pessoas. No entanto, nem mesmo as pessoas - por mais queridas que sejam - devem nos impedir de cumprir a vontade do Senhor. Nossa real missão em Portugal ainda é mistério pra nós; mas, Deus sabe o que faz.

Este texto deveria cintilar na vida de todos os que dizem ser chamados por Deus: "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." (Mateus 28:18-20). Pois nossa missão deve se sobrepor ao nosso conforto e escolha.

Esta canção é linda!!! Como eu me identifico com ela! Aleluia!
https://youtu.be/8CX-oLp0qtI

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Quanto mais orarmos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Como filhos de Deus que somos, mediante a graça revelada na pessoa de Jesus; jamais devemos olvidar a oração como meio de acesso, súplica e ação de graças a Deus. Quanto mais orarmos, mais entenderemos o mistério da graça e seus derivados (salvação, santidade, perdão, adoração). Sou testemunha viva, dos recursos da graça e dos seus benefícios na vida de um crente em Jesus. Pela graça, somos salvos, perdoados e reconciliados. Entretanto, jamais devemos esquecer que isto só se tornou possível porque Jesus, redentor único e perfeito, nos fez filhos da graça. Amém!

Um crente envolto em graça, sempre terá a direção do céu, para fazer valer sua condição de servo de Deus que vive pela fé - sem jamais se intimidar pelas provações ou por ventos contrários. Isto, porque ele sempre terá em mente o alcance eterno da graça, que deve se sobrepor a todas as tendências carnais que ameaçarem a sua nova vida em Cristo. Como nascidos de Deus que somos; precisamos investir mais em oração e no conhecimento da Palavra, para não sermos vencidos pelos conceitos humanistas e egoístas; os quais corrompem até mesmo bons cristãos que se descuidam.

A epístola aos Gálatas faz apologia da graça, em contraposição à lei: "Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão. Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei. Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça." (Gálatas 5:1-5). Pela graça somos salvos!

Superabundante graça, maravilhosa graça, graça de Jesus!
https://youtu.be/nJTqGvEc-QM

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Vivemos tempos de angústia

A imagem pode conter: texto

Vivemos tempos de angústia. Entendo que os dias idos também nos ofereceram sua cota de aflição (isto é perfeitamente bíblico, conforme João 16.33); porém, os dias que vivemos são marcados por insegurança e incerteza. Alguém dirá: "Mas sempre foi assim!" Não nego isto. Entretanto, o nível de angústia se globalizou e se tornou pandêmico. A Bíblia, ao se referir aos nossos dias, fala de "angústia das nações" (Lucas 21.25). Senão... Vejamos: doenças, novas e antigas, se espalhando na terra; terremotos e mares agitados; furacões que parecem desfilar em uma passarela, na medida que são anunciados por seu nome... E tantos outros males.

Estamos sob o espectro de uma guerra mundial; sem que os seus atores tenham a menor condição de recuar. Digo isto, porque o ser humano tem uma trágica inclinação para se destruir. E sob esta terrível ótica, vemos famílias se autodestruírem, nações se autodestruírem, denominações se autodestruírem; isto sem falar no crescente número daqueles que põem fim à própria existência. E o mais grave em tudo isto; é vermos até mesmo cristãos (e não me refiro apenas aos cristãos "faz-de-conta") perdendo o sentido da vida e se distanciando de Jesus, única esperança de todos nós. Enfim, rumando para um beco sem saída e o vazio que virá depois.

A Palavra de Deus está repleta de promessas e de palavras de conforto para os que creem: "Porquanto se rebelaram contra as palavras de Deus, e  desprezaram o conselho do Altíssimo. Portanto, lhes abateu o coração com trabalho; tropeçaram, e não houve quem os ajudasse. Então clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades. Tirou-os das trevas e sombra da morte; e quebrou as suas prisões. Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens." (Salmos 107:11-15). No entanto, hoje vemos - até mesmo em boas igrejas - que são poucos os que creem nas promessas do Pai.

As promessas do Pai! Esta é a melhor cobertura que nós temos:
https://youtu.be/mIWxPgGnVFU

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Vida do crente que ora

A imagem pode conter: texto

Não é de hoje, eu percebo que a oração tanto nos aproxima de Deus, quanto nos afasta do mal. Vivemos em um mundo marcado por desfechos dolorosos; todavia, isto não me assusta; pois tenho a graça e o cuidado do Senhor sobre mim. Vejo pessoas queridas partirem (Áida, Zezinha, Carmem, Delza, Alzira, Santa, Iruene, e tantos outros). Então, sinto conforto por saber que viver com Deus na terra é muito bom; mas (também sei) que estar no céu com Jesus é muito melhor. Glória a Deus! É normal que pensar na morte nos assuste; pois Deus não nos criou para morrer. No entanto, existe um mal que é bem pior que a morte: O pecado! Digo isto, porque sei que pecar é morrer duas vezes. Só Cristo pode nos salvar!

Sinto grande conforto por saber que as bençãos se sucedem, mistérios se desvendam, e milagres acontecem, na vida do crente que ora. Embora eu saiba que apenas orar não é suficiente (é preciso crer na Palavra, obedecer, amar, servir, agir); todavia, sem orarmos de verdade, somos tendentes ao fracasso moral e ao desvio espiritual. Na verdade, sempre penso nisto quando vejo um  cristão tombar no meio do caminho. Sei que podemos fazer muitas coisas boas sem orar; todavia, somente orando podemos deixar de fazer o mal e vencer a tentação. Jesus disse: "Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação." (Lucas 22:46). Precisamos mesmo orar; pois sem oração não há vitória!

Em minha vida, este salmo foi muito edificante: "Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca. A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão. Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome. Busquei ao Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos. Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias. O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia." (Salmos 34:1-8). Ele edifica a fé e faz crescer a esperança.

Aos vivem em Cristo, esta canção traz um grande conforto:
https://youtu.be/uOK4JZlHLtI

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Semente de esperança

A imagem pode conter: texto

Hoje se inicia a contagem regressiva, para o nosso regresso à Portugal... Na próxima segunda-feira, se Deus permitir, estaremos alçando voo para uma nova missão na pátria lusa. Coincidência ou não; fato é que hoje faz 39 anos, que rumei para Portugal com a missão pioneira de plantar a IMW em solo português. Em junho de 1993, fui enviado de novo à esta nação; mas, desta vez, para organizar a região europeia da Igreja que eu havia ali plantado quinze anos antes. E agora, nesta terceira etapa da missão, vou como missionário, servir sob supervisão regional do Bispo Geraldo Rodrigues.

Um missionário: Isto é o que sempre procurei ser. E não importa, se mandando ou obedecendo; pois minha prioridade é servir ao Mestre Jesus. Nada me demove desta convicção! Em minha vida e chamado, por onde tenho estado, procuro plantar a semente de esperança no coração dos que encontro em meu caminho. Perdi a conta dos obreiros que foram forjados ou influenciados por meu ministério; mas esta conta nunca me ocupou; pois, sou salvo para amar e servir. Esta sim, é minha mais importante missão! E se alguém me vê de um outro modo; então, precisa me conhecer um pouco melhor.

Este texto sempre pautou minha vida: "E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aqueles cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo? Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus." (2 Coríntios 2:14-17). E assim procuro viver.

Esta canção cristã me ajudou muito, por muito tempo:
https://youtu.be/GLEsNXT8LFo

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 17 de setembro de 2017

Medida de segurança

A imagem pode conter: texto

Tenho aprendido que, ao cristão convicto; o seu dia deve iniciar no lugar de oração; e, de preferência, pouco antes do amanhecer. Eu poderia oferecer inúmeras razões, para embasar esta minha convicção; todavia, ofereço estas: Meu fortalecimento espiritual e o bem estar de minha família. Creio que o melhor fundamento que alguém pode ter - para si e seu lar - é sua vida e família no altar de Deus. Assim como este planeta vive sempre sob risco de queda de meteoros e meteoritos sobre ele; também nossa vida e nossa casa vive sob ameaças diversas... Sem sabermos de onde virão.

Na verdade, face aos perigos que nos rondam neste mundo, o Senhor é o único capaz de nos proteger. Portanto, estar aos Seus pés não é apenas prazer; é também medida de segurança. Creio que o Senhor jamais se surpreende com nossas ações e reações; pois, da nossa história de vida, Deus conhece o final. Ele sempre sabe nosso passo seguinte; todavia, não interfere em nossas escolhas, pois nos presenteou com o livre arbítrio. Entretanto, está sempre pronto a nos guiar, ajudar e socorrer, se buscarmos Sua direção para nossa vida. Então, aproveite este momento e ore a Deus.

Medite nesta oração de Davi: "Aqueles que se assentam à porta falam contra mim; e fui o cântico dos bebedores de bebida forte. Eu, porém, faço a minha oração a ti, Senhor, num tempo aceitável; ó Deus, ouve-me segundo a grandeza da tua misericórdia, segundo a verdade da tua salvação. Tira-me do lamaçal, e não me deixes atolar; seja eu livre dos que me odeiam, e das profundezas das águas. Não me leve a corrente das águas, e não me absorva ao profundo, nem o poço cerre a sua boca sobre mim. Ouve-me, Senhor, pois boa é a tua misericórdia." (Salmos 69:12-16). Amém!

Ouvi esta canção sobre oração; gostei demais! Ouça também:
https://youtu.be/GdS7tkVT5xU

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 16 de setembro de 2017

Perseverança na fé bíblica

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Sei que preciso manter minha fé bíblica viva e ativa; sem dar crédito ou levar em consideração o parecer das religiões e ideologias que procuram, a todo custo, contesta-la e desqualifica-la. Digo isto, porque vejo o desencaminhamento de muitos cristãos; atraídos e cativados que são, por conceitos espúrios - sobre Deus e sua Palavra, sobre a vida e seu significado. E a maior evidência de que não é tão fácil como parece perseverar na fé, pode ser vista no desvio de tantos crentes (até pastores, profetas e mestres); enganados que são, pelo falso brilho da falsamente chamada ciência. Quanto a mim, vou ficar firme!

Vejo muitos abrirem mão de sua fé; a trocando por amizades de ocasião, por um punhado de moedas, e até por um pedaço de pão. Portanto, devo manter minha fé focada no Filho de Deus - o Senhor Jesus; e nutrida na Palavra de Deus - a Bíblia Sagrada. E então, firmado nas promessas de Deus, vou seguindo avante mantendo minhas convicções inalteradas. Aleluia! E assim perseverando - por mais sedutores que sejam os argumentos da razão e os encantos da emoção; não pretendo abrir mão de meus valores morais e espirituais. Sei que a tentação é grande; todavia, eu tenho exemplos a seguir e uma missão a cumprir!

Agradeço a Deus pelo bem que sua Palavra me faz: "Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados" (Hebreus 10:23-26). Os crentes errariam bem menos, se buscassem mais a direção de Deus. 

Esta canção, tão bem entoada, diz tudo sobre minha posição:
https://youtu.be/S39MwMm4eNA

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Obrigado meu Jesus

A imagem pode conter: texto

Em oração, agradeci ao Senhor por viver em Sua presença - não que eu me julgue perfeito; mas, porque me amou e - em Cristo Jesus - tornou esta posição possível. Obrigado Senhor, por me guardar em um mundo mau e desordenado. Preciso de Ti e não escondo isto. Obrigado Senhor, por minha salvação e minha querida família!

Sei que vivo em um mundo que ridiculariza a verdade e exalta a mentira. Mundo que enaltece os valores carnais e despreza os valores espirituais. Mundo que faz da carne o seu prazer e do pecado a sua meta. Sei que não há esperança para o mundo. Porém, não sinto tristeza por isto; pois sei que existe uma terra venturosa a nos esperar.

Em oração pude sentir que sou protegido; que tenho a graça e o amor de Deus, como bandeira sobre minha vida. Sei que não sou digno de tão grande amor; todavia, em paz com Deus e comigo mesmo, procuro desfrutar ao máximo do Amor que se fez carne e habitou entre nós. Obrigado Jesus, por nos trazeres paz e nova vida!

Salvação e graça, recebemos por meio de Jesus: "Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus." (Romanos 5:1,2). É bom poder sentir a paz do Senhor na mente!

Esta é uma das músicas que mais ouço, que mais admiro:
https://youtu.be/5BCuZ1tFcmA

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Galardão da perseverança

A imagem pode conter: texto

Na justa medida em que o tempo passa, cresce em mim aquele sentimento - de que dificuldades maiores sempre esperam quem passou por dificuldades menores; pois nossa existência é um tipo de laboratório de provas, onde a resolução de um problema nos leva a um nível mais elevado de experimento. Portanto, quem já passou por provações diversas, esta bem mais preparado para lidar com as dores e provas que um novo dia impõe. Porém, pelo fato de muitos cristãos não entenderem este processo bíblico, de aprimoramento da vida cristã, acabam por desistir; sem se darem conta de quão perto chegaram, do galardão da perseverança.

Ao pensar no valor da provação no aprimoramento do crente; não pude deixar de também pensar, em homens de Deus do passado: José teve sua prisão; Davi, o seu gigante; Sadraque, Mesaque e Abednego, a sua fornalha; Daniel, a sua cova... Momentos assim podem definir o futuro de um servo de Deus. Ou seja: Passar pela prova é inevitável; enfrentar e vencer é opcional. Sim! Ou vamos em frente; ou paramos no caminho. Ou aceitamos o processo; ou então... Nos deixamos dominar por melancolia, ressentimento, e mania de perseguição. É comum, vermos crentes amargurados, revoltados, sempre a procura de culpados para sua dor e sofrimento.

Salmo inspirador este: "O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias." (Salmos 23:1-6). Aleluia!!!

Salmo 23... Que maravilha! Vale a pena ouvir esta canção:
https://youtu.be/V5ixXXGYdPE

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Grande é o perdão de Deus

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Nesta manhã, precisei clamar ao Senhor. Vivemos um tempo de inversão de valores - em que o errado se apresenta como certo; e o certo vive a se constranger. Tempo difícil é este! Enquanto eu orava, o meu espírito se voltou para o salmo 130; e logo, glorifiquei a Deus - por seu amor, graça e perdão. Bem sei que por mais que o ser humano se esforce, para se salvar por si mesmo, jamais terá sucesso. Como é difícil crer no futuro da humanidade! Ainda bem que Jesus veio para salvar os que "estavam assentados na região e sombra da morte" (Mateus 4.16). Que grande alívio minha alma sentiu - ao pensar no grande amor do nosso Deus. Jesus é a nossa Justiça!

Ali mesmo no lugar de oração, entendi um pouco melhor a graça imerecida, que torna a salvação possível ao pior pecador. Todavia não ignoro que o tempo da graça está prestes a se findar... Então, o que virá a seguir será dor e sofrimento indescritível. Pedi ao Senhor que nos guarde e nos conduza, sob o manto da sua infinita graça e misericórdia. Meu Deus! Vemos tanta maldade na terra, tanta leviandade entre crentes. Ainda bem que existe uma Porta aberta para o futuro de glória: Jesus, o único Caminho para a eternidade. E aqueles que por ela entrarem viverão a bem-aventurança futura. Obrigado, meu Senhor Jesus, por nos tornares dignos da Vida eterna! 

Este é o perdão de Deus: "Das profundezas a ti clamo, ó SENHOR. Senhor, escuta a minha voz; sejam os teus ouvidos atentos à voz das minhas súplicas. Se tu, Senhor, observares as iniquidades, Senhor, quem subsistirá? Mas contigo está o perdão, para que sejas temido. Aguardo ao Senhor; a minha alma o aguarda, e espero na sua palavra. A minha alma anseia pelo Senhor, mais do que os guardas pela manhã, mais do que aqueles que guardam pela manhã. Espere Israel no Senhor, porque no Senhor há misericórdia, e nele há abundante redenção. E ele remirá a Israel de todas as suas iniquidades." (Salmos 130:1-8). Grande perdão! Bendito seja Deus!

Que conforto esta canção me trouxe esta manhã! Aleluia!
https://youtu.be/s6871xx3LBk

Cordialmente;
Bispo Calegari