sábado, 15 de junho de 2013

Verdade de cada um


Hoje estive refletindo sobre uma palavra postada pelo irmão Fernando Barroso, de Petrópolis, no grupo "Pastores". Não pude deixar de fazer coro com ele; pois, percebo que os conceitos da pós-modernidade tem sua voz mais influente na grande mídia; a qual parece propor - em seu papel informativo e cultural - a ideia de que a verdade é relativa. E assim, vemos os meios de comunicação social promoverem uma espécie de "verdade de cada um"; contribuindo, deste modo, para sistemática desconstrução; tanto da verdade da História, como da Verdade da Palavra de Deus. É... Insanidade pura é o que vemos e lemos!
 
E o que causa maior preocupação em tudo isso; é o modo como a cultura e o pensamento pós-moderno estão deslumbrando e mobilizando líderes cristãos; os quais, pregando mensagens condicionadas por tais conceitos, invertem (mesmo sem se darem conta disso) os valores morais e espirituais definidos e consagrados nas Escrituras sagradas. É, de fato, muito triste perceber que alguns bons pastores estão se deixando arrastar por esta onda provocada pelo pensamento pós-moderno; não se importando de atropelar princípios bíblicos e de promover, através seus escritos e mensagens, esta inversão de valores.
 
O irmão Fernando Barroso, com propriedade, faz menção do texto do profeta Isaías; que denuncia com veemência ataques do gênero, orquestrados contra os valores morais: "Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!" (Isaías 5.20). E não é de hoje que a mídia vem fazendo apologia ao aborto, ao homossexualismo, ao adultério e à violência. E tais atitudes não vão parar por aí. Penso que não basta utilizarmos os instrumentos legais do direito e da justiça. Precisamos clamar pelo socorro de Deus!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário