terça-feira, 8 de dezembro de 2015

O vaso que Deus usa


Nesta manhã, ao me curvar para orar, fui alertado por Deus quanto ao risco que todos nós, homens e mulheres de Deus corremos, de preferir ouvir a voz da razão e da emoção antes da voz de Deus. Ainda no lugar de oração pensei no grandioso culto dos 37 anos da presença da IMW no Jardim Peró, em Cabo Frio. Gostei do modo de agir do Pastor Antonio; pastor consciente de seus limites e de suas possibilidades em Deus! Tenho aprendido que o vaso que Deus usa é o que está aberto ao sagrado e fechado ao profano. E que não tenta gerir a igreja por conceitos mundanos; ou conduzir o rebanho mediante critérios humanos. Sempre observo o ambiente de uma igreja, antes e depois de um culto; pois é quando suas ações e reações nos mostram sua liberdade de ser.

Enquanto orava, também pensei na realidade da batalha espiritual (não do modo como alguns a encaram). Entendo que os maiores combates, nesta guerra, têm como campo de batalha o nosso próprio interior. Infelizmente, percebo que a maioria dos cristãos não se dá conta disso. E por falta deste entendimento, se encontram presos nos calabouços do seu próprio íntimo, vivendo queixosos da vida e das pessoas, sem se dar conta que os maiores danos que sofrem não está fora, mas dentro de si mesmos. Assim vencidos, perderam amigos e bens, devido ao modo como tratam o próximo e reagem ao infortúnio; sem perceberem que seu interior está povoado de verdugos, que transformam seus pensamentos, emoções e palavras em chibatas que os ferem, fazendo-os sofrer e sangrar.

É sempre bom ler o livro de Provérbios; pois enriquecem nossa reflexão: "Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!  Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal." (Provérbios 4:20-27). Eles nos ajudam muito durante a nossa caminhada!

Esta canção entoada por Cassiane é bálsamo aos meus ouvidos, na meditação desta manhã:
https://youtu.be/cw1FT_xccHM

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário