terça-feira, 6 de setembro de 2011

Encontro de Corações Abrasados

"1 Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, éramos como os que estão sonhando. 2 Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cânticos. Então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor por eles. 3 Sim, grandes coisas fez o Senhor por nós, e por isso estamos alegres. 4 Faze regressar os nossos cativos, Senhor, como as correntes no sul. 5 Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. 6 Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos"
(Salmo 126)

A Segunda Região chegou a um marco importante em seu ministério pastoral. Verdadeiramente, aquilo que aconteceu em Itabirito não foi algo humano - embora previsível. Quando convocamos os SD para um Retiro Espiritual de Obreiros; e que trouxessem até quatro pastores por Distrito, com a finalidade de buscarmos de Deus uma experiência que pudesse recolocar na rota do avivamento os pastores da Região; não tínhamos uma ideia exata quanto ao que Deus iria fazer conosco.

Na verdade; buscar intensamente e objetivamente a Deus é um empreendimento de risco. Nunca sabemos exatamente aquilo que Deus irá fazer com os obreiros que estão trabalhando em sua obra. E Itabirito não seria diferente das demais ocasiões em que homens se dispuseram a buscar a Deus, despidos de suas vaidades, convicções e posturas de conteúdo nem sempre claro. Eu sabia disso! E tenho certeza de que os que me acompanharam - pelo menos alguns deles - também sabiam. E posso aqui afirmar: Deus visitou os seus ungidos!

E lá fomos - cerca de 110 pastores - para um fim-de-semana com o Pai! Iríamos ser servidos por uma equipe, cujo testemunho de dedicação e discrição já conhecíamos muito bem. Isso porque o corpo de obreiros de Uberlândia já dera provas do quão eficientes eram neste quesito.E em momento algum - no abençoado "Sitio Jerusalém" - deixaram a desejar; fosse no modo como nos serviram; fosse no nível de espiritualidade. Louvo a Deus por aqueles irmãos, sob o comando de Ana Paula! eles sabiam do desafio que tinham diante de si - e foram esmerados em cumprí-lo.

E assim, o "I Encontro de Corações abrasados" deixou de ser simplesmente um projeto pacientemente elaborado - passando a fazer parte da história da II Região Eclesiástica. E outros "Encontro de Corações Abrasados" virão! O próximo deverá ser com as Missionárias e Esposas de Pastores. E haverá ainda uma nova edição com Pastores (é que cerca de 50% dos pastores da II Região ficaram de fora - devido ao limite de vagas de que dispúnhamos no "Sitio Jerusalém".

O Pastor Calegari Filho já está com o Manual do "Encontro de Corações Abrasados" pronto para ser impresso e utilizado nas edições distritais do mesmo. Portanto, vamos ficar atentos e abertos ao que Deus quer fazer em nosso meio. Todavia - quanto aos que estiveram em Itabirito - creio que, pelo menos a grande maioria, viveram a experiência de Jacó em Jaboque:

"Pelo que Jacó chamou ao lugar Peniel, dizendo: Porque tenho visto Deus face a face, e a minha vida foi preservada" (Gênesis 32.30)

Tremendo!

Cordialmente;
Bispo Calegari

2 comentários:

  1. É uma pena que não pude participar.Fiquei sabendo já em cima da hora ,mas sei que foi maravilhoso.Estamos mesmo precisando de encontros como esse .Espero que no proximo,posso esta lá,para buscar a face do Senhor juntos com meus irmãos.

    ResponderExcluir
  2. Me considero um "AMADO DO SENHOR", por estar chegando na Região e poder desfrutar de tamanha bênção. Me sinto renovado para o grande desafio que ELE reservou, para mim, aqui em Gov. Valadares.Só tenho a agradecer ao Senhor, ao meu Bispo e Pastor e a todos que pagaram um preço para nos proporcionar tamanha experiência com o Espírito Santo. MARANATA ! Amém ?

    ResponderExcluir