segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Ouvindo Sua voz com nitidez


Não há como avançar nem um passo na vida espiritual, sem que o lugar de oração ocupe lugar proeminente em nossa vida. Afinal, como posso manter o rumo em um mundo escuro, sem que a minha lâmpada esteja sempre acesa? E, como mante-la acesa em todo tempo, sem que esteja próximo ao lugar de oração? Então, preciso mesmo orar - não oração mecânica, com frases desconexas - mas, a oração que invade a dimensão do sobrenatural e chega à presença do Pai celeste. Se é verdade que não devo deixar de orar, seja a que pretexto for; não é menos verdade que minha oração deve estar condicionada ao propósito de Deus, para que seja ouvida e atendida.

Enquanto me encontro sob os efeitos do lugar de oração, reflito sobre a necessidade de orar com eficácia... E a oração, para ser eficaz, precisa ser feita em nome de Jesus; com intenção pura e aceitável aos olhos de Deus. Então, pedi ao Senhor que - por viver em um mundo de contradições - me ajude a entender, para poder ajudar; que me ajude a amar, para poder suportar; e, que me ajude a sentir, para poder corresponder naquilo que for santo e agradável aos Seus olhos. Oro assim, porque vivemos cercados de coisas e de pessoas, que jamais conheceremos plenamente. Portanto, só ouvindo Sua voz com nitidez, poderemos acertar em nossas escolhas.

Este texto bíblico ensina algo, que devemos manter sempre em nosso coração: "E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus. E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos." (1 João 5:11-15). Ele é como pão, em dias de fome.

Esta canção me ajudou muito, ao longo do tempo, à chegar ao ponto que cheguei:
https://youtu.be/6CL2Q1b7TQU

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário