sábado, 12 de maio de 2012

Ali vai um crente fiel


Penso nos valores espirituais da frase de Spurgeon, postada por Débora Gomes: "Nenhuma flor veste tão adoravelmente um azul como aquelas que crescem ao pé das montanhas geladas; nenhuma estrela cintila tão brilhante quanto aquelas que reluzem no céu polar; não há água tão saborosa e doce como a que salta no meio da areia do deserto; nenhuma Fé é tão preciosa como a que vive e triunfa na adversidade!"

E não há como não fazer comparações... As mais diversas. Deus nos dá a graça de contemplar realidades personificadas - alegres e tristes - que nos remetem a figuras e tipos de pessoas com quem lidamos na rotina do dia-a-dia. E foi exatamente o que pensei e vislumbrei nesta belíssima declaração de Charles Spurgeon, o grande pregador americano. E, nesse vislumbre ligeiro, percebi a figura do crente fiel. 

Na verdade, um cristão comprometido com o Senhor sabe beber da água que jorra no deserto mais ardente. Também sabe brilhar na noite mais escura; e consegue escalar as montanhas mais íngremes. Por que? É que o verdadeiro cristão vive por fé e não por vista; percorrendo vales e montanhas - flutuando em deserto em chamas e mar encapelado - se movendo como se fossem o quintal de sua própria casa.

Ele nasce como a flor ao pé da montanha gelada; vive como a estrela que reluz na noite escura; cresce no deserto árido; e se move como o filete de água em solo hostil. E isso porque - filho de Deus que é - se inspira na pessoa de Jesus e tem sua força motriz gerada no Espírito Santo. Sua caminhada é segura porque os seus passos são firmados em fé. E pela fé consegue vencer em qualquer terreno!

Portanto, se segues pelo "Caminho da Vida" - na mão ou na contra-mão - esteja atento aos que por ele transitam! E se perceberes que por ali passa um homem de Deus, mantenha distância segura. Não o acuse nem o absolva - ele não precisa disso. Tampouco o interrompa nem dificulte o seu caminhar; e não tente lhe fazer mal; pois... O Deus poderoso e eterno guerreia suas guerras!

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário