sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Deu a louca no reino dos homens

Algumas vezes, quando estou meditando, fica em mim a nítida impressão de que alguns lideres evangélicos perderam completamente o rumo. Mas, segundo minha avaliação, isso não aconteceu de repente. Eles foram mudando o seu foco aos poucos... E assim - sem sequer se darem conta de sua condição mutante - o que era importante ontem, já não significa quase nada hoje. Lamento tanto essa mudança!

Antes - em voz com entonação messiânica - bradavam aos quatro ventos a urgência de se viver uma genuína vida com Deus. Vida despida de qualquer modismo ou influências furtivas - das muitas que nos rondam nestes últimos dias. Vozes estas, que continuam bradando - já não tão messiânicas como outrora - eivadas de motivos suspeitos. Algumas delas tem se tornado ousadas o bastante para adentrarem o recesso do nosso lar - através dos muitos programas "gospel" de qualidade um tanto duvidosa. Meu Deus, o que está havendo neste reino - que continuam insistindo em chamar de "reino de Deus"?

Cheguei a ouvir alguns dentre eles, em um passado cada vez mais distante, cheios de calor e emoção - proclamando as riquezas do céu. Isso mesmo! Aquelas que se constituem em herança de inestimável valor. Herança a nós legada por Aquele que morreu para nos salvar - Jesus - que vive para nos fazer triunfar. Mas agora, como se a máscara tivesse finalmente caído... ou se fixado? Não sei... Sua proclamação é outra: Eles ocupam todo o seu tempo - um "tempo de antena" pago a peso de ouro - em falar das riquezas da terra. A prosperidade como bênção suprema!

Parece mesmo que enlouqueceram! Ousam até afirmar que Deus está procurando ampliar nossos negócios por aqui - contanto que sejamos generosos na entrega de "poupudas" e generosas ofertas para o "reino". E o pior é que nunca consigo entender sobre qual reino estão sempre a falar; se, de fato, o Reino de Deus; ou, então, o reino particular que estão querendo, a qualquer preço, instaurar. Que o Senhor tenha compaixão de todos nós - tão infelizes quanto eles (eles, porque dizem tais absurdos; e nós, porque, na maioria das vezes, ainda pagamos para ouvi-los). Vália-nos Deus!

Até quando, Senhor? Até quando tripudiarão sobre valores morais e espirituais tão arduamente conquistados por nossos ancestrais na fé? Até quando sapatearão sobre os teus altares, respingando lama no teu santuário? Até quando, Senhor, ampliarão ainda mais as suas riquezas; investindo-as em seus novos aviões e mansões - e até em Bancos e Fazendas - enquanto Tua Igreja vem sendo injustamente exposta perante a sociedade; devido as ações dos "vendilhões do Templo"?

Até quando, Senhor? Até quando continuarão se alimentando do sangue e da carne de suas ovelhas - já não tão gordas, visto que o seu leite vai se secando a cada dia - até destruí-las por completo? Até quando continuarão arrancando o couro de pobres e infelizes ovelhas - posto que a sua lã desbotada já não satisfaz sua ambição desmedida? Até quando as conduzirão impiedosamente ao matadouro - em troca do vil metal que tanto cobiçam?

Até quando, Senhor?

Cordialmente;
Bispo Calegari

Um comentário:

  1. Fico maravilhado ao ver um artigo como este. Lamento que algo tão valioso, com teor de denuncia profética , não alcance a visibilidade da qual faz jus. Que lideres sensatos, e bravios como o senhor, se levantem nesta nação para uma atitude ousada frente ao achincalhamento do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. No amor de Cristo para crescermos. FREE (Frente para a Restauração do Evangelho. Nomar.

    ResponderExcluir