sábado, 3 de outubro de 2015

Devemos orar sempre


Jamais se viu um período como este; em que tantos recursos são colocados à disposição da igreja evangélica, abrangendo vasta gama de necessidades (desde administração, passando por família e discipulado, e até ministérios específicos, de uma igreja). Não tenho dúvida alguma, quanto à utilidade de tais recursos; pois a diversidade de desafios com que a igreja se depara, exige respostas correspondentes aos mesmos. No entanto, existe um texto que, por si só, responde ao anseio de muitos, sobre o crescimento da igreja: "Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." (Salmos 127:1). Estou convencido, de que a oração é real fundamento e cobertura da igreja.
 
Como declarei; não tenho dúvida quanto à eficácia de ações planejadas, ou de métodos condizentes com bons projetos; mas... Não como alternativa à oração, ou como substitutivo da mesma. Sinceramente... Não acredito na possibilidade de uma família cristã, ou de uma igreja, se impor a um mundo tão degenerado, apenas com boa fé ou um conjunto de intenções; pois a luta que o povo de Deus sempre enfrentou, se situa no sobrenatural. Assim, para que haja êxito neste combate; precisamos atuar na dimensão da fé, com postura de oração perseverante reconhecida por Deus e temida por Satã. Muitos tipos de males podem se infiltrar, sem ser notados, em boas famílias e igrejas evangélicas; caso não haja o discernimento espiritual gerado pela oração.
 
Este texto mostra que a oração desencadeava as ações da igreja primitiva: "Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel; Para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer. Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra; Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu santo Filho Jesus. E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus." (Atos 4:27-31). Devemos orar sempre!
 
Recomendo ouvir esta bela e oportuna canção entoada por Beatriz Andrade:
https://youtu.be/olpyn4-_upM
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário