terça-feira, 27 de outubro de 2015

Chega a causar espanto


Qualquer cristão mais atento, pode ver com clareza que vivemos um tempo em que uma cuidadosa meditação neste texto bíblico - e sua devida aplicação em nossa vida - é assunto para não ser ignorado; pois a sua observância, em nosso modo de falar e de viver, é algo da mais urgente necessidade:

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus." (Rom. 8:1-8).

Na verdade, para nosso próprio lamento, vemos que o procedimento de muitos crentes, hoje em dia, segue na contra-mão deste texto. Chega a causar espanto, o modo como a carnalidade se manifesta, contaminando até orações sinceras; em que se ousa pedir a Deus certas coisas proibidas por Ele.

Tenho pregado, muitas vezes, sobre este texto: "Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus." (Hebreus 12:1-2). E ele nos indica aquele para quem devemos voltar os nossos olhos.

Que bênção, poder ouvir esta bela e edificante canção do Anderson Freire:
https://youtu.be/kxH_vPSo7KI

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário