segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Cântico dos degraus

Deus é louvado, porque fez retirar do cativeiro o seu povo

"1 QUANDO o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. 2 Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes. 3 Grandes coisas fez o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres. 4 Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. 5 Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. 6 Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos" (Salmo 126).

Hoje, procurei pensar em um texto bíblico que me inspirasse a testemunhar daquilo que experimentei em nossa Reunião de Liderança Regional-RLR. Não me atrevo a falar pelos demais participantes; mas... Posso garantir que, naquele lugar, eu vi a glória de Deus se tornar densa - se transformando em chuva - trazendo o novo de Deus sobre o Seu povo.

É verdade! Procurei um texto que condissesse com tudo aquilo que vimos e sentimos. Então, o Espírito de Deus me conduziu ao salmo 126. E, realmente, examinando este suave salmo, contemplei muitos pontos afins com o agir de Deus em nosso meio. Posso até destacar alguns desses pontos:

Estávamos como os que sonham

Este era, de fato, o sentimento que se expressava no semblante de muitos daqueles com quem "esbarrávamos"  - nas vezes em que nos dirigíamos de um a outro lugar - naquele belíssimo acampamento. Verdadeiramente, era o semblante de quem estava vivendo em uma atmosfera de sonho.

Nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico

Percebíamos em quase todos os que ali estavam, uma imensa vontade de cantar e sorrir. Era, de fato, uma alegria contagiante - aquela que fluía do rosto de muitos irmãos. É como se, em um determinado momento, todos descobrissem o dom de cantar. E cantar muito bem! Era louvor que não acabava mais!

Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro

Foram três dias de renovação de votos e de fortalecimento de alianças. Tenho plena convicção de que houve manifestações de libertação e de cura. Correntes foram quebradas e vidas foram restauradas. Até mesmo ministérios foram revitalizados por tudo aquilo que o Senhor fez em nosso meio. Aleluia!

Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria

Havia em todos nós, uma enorme certeza de que a nossa sementeira, regada com as copiosas lágrimas que rolavam de muitos rostos, iria se tornar em um grande canteiro perfumado e colorido - cheio de flores belíssimas; e, produzindo diversos tipos de frutos para a vida eterna. Glória a Deus!

Portanto, posso aqui afirmar, sem a menor sombra de dúvida: Vivemos, sim, dias de avivamento e quebrantamento. Portanto, isso me credibiliza a afirmar também que "Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos" (Salmo 126.6).

Cordialmente;
Bispo Calegari

3 comentários:

  1. Foi realmente tremendo,sou muito grato a Deus por fazer parte dessa familia maravilhosa.

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz, em participar de momentos tão impar nas nossas vidas, concordo plenamente contigo Bispo, Deus têm grande surpresas para nós e ja temos visto algumas.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Foi realmente maravilhoso poder participar de tão importante encontro, Deus operou grandiosamente.
    Pr Lusmar e Sirlene

    ResponderExcluir