segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Desvio dos seres humanos


Tenho pensado na vida, em todos os seus aspectos. E sempre me deparo com algumas questões, que parecem gritar aos meus ouvidos; tais como: Por que o ser humano procura se distanciar de Deus - como se este fosse o seu destino - se prendendo a atividade religiosa, que o tenha preso em devoção aos ídolos e em culto ao homem? Por que o ser humano acha mais sensato viver em guerra do que viver em paz; como se guerrear fosse sua vocação e destino? Por que o ser humano é tão vil contra o seu próximo, roubando de quem tem menos, ferindo e matando sem razão?  Por que sua insistência em praticar sexo ilícito aos olhos de Deus... Como se o terminal de uma caixa de esgoto pudesse oferecer algum tipo de gozo sem risco, de prazer sem culpa?

Ao pensar nestas e em outras questões relacionadas com o desvio dos seres humanos; concluo que devo fortalecer minhas defesas espirituais. Mas, para isto, preciso trabalhar minhas bases cristãs. Então, viver pela fé, cultivar a esperança e andar em amor é prioridade. E somente agindo assim, podemos ter aprovação e aceitação de Deus; e desfrutar da paz interior que brota da justificação pela fé em seu filho Jesus nosso Salvador. Na verdade, todos nós precisamos voltar ao primeiro amor, investindo na poesia do amor de Deus e procurando ter os nossos olhos fixados em Jesus; nunca nos distanciando da graça salvadora, graciosamente liberada pelo Senhor; e da unção dela decorrente, que nos vem pelo Espírito Santo. Esta sim, é a vida abençoada!

Ao longo de toda a minha vida cristã, sempre tenho procurado manter este texto diante dos olhos: "Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos." (Hebreus 12:1-3). Na verdade, eu vejo nele a paz que o meu coração tanto precisa; e a saúde que o meu corpo necessita!

Para fechar este momento com chave de ouro, achei por bem me deleitar com esta canção:
https://youtu.be/kbk0-6Hy43o

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário