segunda-feira, 20 de julho de 2015

Perdão é a melhor resposta


Senhor, tu sabes que faz bastante tempo que os homens deixaram de me assustar pelo mal que porventura possam me fazer. Ele me assustam muito mais, pelo mal que podem causar a si mesmos. E hoje, aqui prostrado, Te louvo por manteres o meu lugar de oração sempre aquecido; disponível à minha humilde prostração. Te louvo pelo manto de unção, lançado sobre minha vida sem mérito próprio; a não ser por algum tipo de utilidade que o meu Senhor Jesus consegue ver em mim. Trago comigo minha pequena casa; e te peço que seja poupada da agressividade com que Satã tentar me atingir; pois tenho notado que, em sua obsessão por nos afrontar e ferir, ele golpeia até mesmo aqueles que amamos. As vezes, fico a pensar: Onde estaria eu, caso não tivesse o Teu olhar constante sobre mim? Então, sinto paz e segurança!
 
Quero interceder, nesta manhã - de um modo especial - por aqueles que se fizeram meus inimigos sem causa; usando injúrias para ultrajar e se armando para me maltratar. Preciso amá-los como precisam ser amados; e por à sua disposição o meu perdão; mesmo que insistam em não pedir. Tenho aprendido que perdão é a melhor resposta. Também peço ao Senhor que os guarde de um modo especial; para que, em meio a algum sofrimento; não agravem sua culpa dizendo que foram maldições proferidas por mim. Sei que Tudo sabes sobre os homens (seus atos e intenções) e me conheces melhor do que ninguém. Portanto, sabes se sou sincero ao dizer que não olho a maldade deles; mas, sim, a vitimização a que foram expostos por Satã; seja por suas próprias palavras e atos; ou por circunstâncias da vida que vivem.
 
Sempre senti um conforto especial ao ler este salmo da Bíblia. E, na ocasião em que conheci Maria Célia, descobri ser este é um dos salmos preferidos de minha querida esposa: "Elevo os meus olhos para os montes, de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra à tua direita. O sol não te molestará de dia nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma. O Senhor guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre." (Salmos 121:1-8). E não exagero ao dizer, que me habituei a ouvi-la canta-lo com aquele brilho em seus olhos, desde o tempo em que ainda éramos noivos!
 
Como faz bem - em tempo de guerra ou de paz - ouvir esta canção entoada pelo saudoso Nelson Ned:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário