domingo, 21 de junho de 2015

Amor e cuidado de Deus


Estou repassando a experiência do culto na IMW de Itapebi, aqui no sul da Bahia... Foi de uma graça tão especial! Louvo a Deus pelo Ministério do Pastor Marco Aurélio à frente desta igreja! Enquanto reflito sobre tudo que ocorreu desde que cheguei; sou invadido por gratidão a Deus que não pode ser medida! Sei que não consigo servir a Deus em santidade plena, pois sou humano concebido em pecado (Salmo 51.5). Sou ciente do pecado me rodeia (Hebreus 12.1); e de que um cruel adversário está sempre ao derredor (1 Pedro 5.8). Todavia, tenho a meu favor o fato de que o pecado jamais terá domínio sobre a minha vida (Romanos 6.4); pois ele não resiste ao sangue de Jesus, capaz de purificar o mais vil pecador (1 João 1.7). Que conforto é saber que Deus nos ama e entende a nossa pequenez!
 
Enquanto reflito sobre o amor e cuidado de Deus sobre os homens - e o modo como Ele nos alcança e nos iliba - minha lembrança é novamente transportada à minha chegada ontem em Porto Seguro; onde fui calorosamente recebido pelos pastores, Nadson e Luiz, que estavam a minha espera. Saboreamos juntos, um bom pedaço de dourado assado a moda baiana... Mas me contive (estou procurando comer no máximo 350 gramas de comida, pois Deus falou comigo sobre a importância de agir assim). Conversamos muito enquanto comíamos... O assunto? O mesmo de sempre (o mundo que nos desafia; a graça que nos cobre; a igreja que nos ocupa; a unção que nos capacita); enfim... Tanta coisa, que dava até para escrever um livro! Sinto saudades de Maria Célia, que não pode me acompanhar!
 
A Palavra de Deus nos traz esta tão importância advertência: "Não deis lugar ao diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Efésios 4:27-32). Ela não me deixa esquecer da necessidade de renúncia, entrega, generosidade e perdão.
 
Como é bom meditar sobre tudo isto embalado por esta linda canção, composta e cantada por meu irmão e amigo Anderson Freire:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário