terça-feira, 21 de junho de 2016

Importância da família


Não há um dia em que eu não pense na importância da família... Afinal, como não pensar no mais importante projeto da existência humana? E me aflige ver o modo como muitas famílias são tratadas por seus integrantes; como se fosse estorvo e mal sem remédio. Ainda bem, que o conhecimento da Palavra de Deus e o aprofundamento na doutrina de Cristo amplia o nosso entendimento sobre o valor de um lar, ainda que o mesmo esteja em mal estado; uma vez que, a saúde e estabilidade de uma família depende muito do esforço dos seus integrantes; todavia, sem dispensar a ajuda de Deus.

Cada vez que ouço as queixas de um cônjuge magoado, atribuindo ao outro a culpa pela crise conjugal e moral em que vivem, sempre penso cá com os meus botões; que em uma crise familiar, nunca existe um culpado só. Ou seja; assim como todos fazem parte dos problemas; todos precisam fazer parte da solução. Na verdade, os mais graves conflitos podem ser gerados por pequenas desavenças. Todavia, a solução e paz para um lar ferido exige um grande esforço do casal; uma vez que algumas soluções exigem uma grande dose de paciência, renúncia, amor e fé - componentes do fruto do Espírito.

O capítulo 5 da epístola aos Gálatas é um poderoso recurso aos que desejam vencer seus conflitos: "Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros." (Gálatas 5:22-26). Portanto, um texto capaz de ajudar na solução de nossos problemas e na cura de nossas dores.

Quando pensamos na família, esta é uma boa canção para se ouvir:
https://youtu.be/5vULIBk4Be0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário