terça-feira, 19 de julho de 2016

Uma causa qualquer


Não é de hoje, venho procurando chamar a atenção daqueles que me dão ouvidos; para o estado de corrupção e decadência do ser humano, sempre inovando em engano e maldade. E em face deste mal crescente, vai se tornando mais rotineiro o fato de alguém - em algum lugar do planeta - dominado pelo ódio e pela loucura; praticar ato hediondo (como mensageiro da morte), em nome de uma causa qualquer... Ora, dirigindo enlouquecido, atropelando pessoas que nada têm a ver com os seus problemas pessoais; ora, envolto em terríveis bombas, procurando um lugar cheio de pessoas, para se explodir com elas; ora, atirando e assassinando pessoas, aqui e ali.

Em meio à tragédia em que a humanidade desorientada vive; o que nós, os crentes em Jesus, devemos fazer? Em primeiro lugar, nossa visão de Deus precisa ser apurada mediante exame frequente das Escrituras e autêntica vida de oração. Precisamos também, cumprir a nossa missão de anunciar Jesus mediante o nosso testemunho, por palavras e obras, nos lugares que frequentamos (vizinhança, escola, trabalho); e até dentro de nossa própria igreja; pois, muitas igrejas deixaram de ser lugar de meditação e adoração, para se tornar um simples lugar de programas festivos; priorizando o entretenimento de seus membros e adeptos, em detrimento da vida espiritual.

Eis aí uma bela oração: "Não me deixes confundido, Senhor, porque te tenho invocado. Deixa confundidos os ímpios, e emudeçam na sepultura. Emudeçam os lábios mentirosos que falam coisas más com soberba e desprezo contra o justo. Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual operaste para aqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens! Tu os esconderás, no secreto da tua presença, dos desaforos dos homens; encobri-los-ás em um pavilhão, da contenda das línguas. Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua misericórdia para comigo em cidade segura." (Salmos 31:17-21). Devemos faze-la.

Esta é uma daquelas canções, que você não cansa de ouvir:
https://youtu.be/KzvR1sG1YmY

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário