sábado, 15 de novembro de 2014

Valores da fé bíblica


Hoje, enquanto eu meditava, recebi uma palavra da parte de Deus; palavra de conforto e encorajamento, cheia de amor e de unção. Na verdade, todos os que pretendem permanecer no caminho do Senhor, mesmo em meio às provas que procuram se interpor entre eles e o Senhor; precisam ter ciência de que as barreiras que precisam transpor são altas e difíceis de suplantar. Fato é que, em se tratando de priorizar as coisas de Deus, nunca existiu caminho fácil; antes, pelo contrário, até mesmo pequenas circunstâncias naturais se transformam em grandes obstruções aos valores da fé bíblica. Daí, a necessidade de buscarmos a direção de Deus ao longo do caminho a ser percorrido.
 
Enquanto eu procurava processar em meu espírito a direção do Senhor para o meu dia; fui outra vez lembrado dos desafios que preciso enfrentar; eles surgem em forma de tentações que preciso vencer ou evitar e das estratégias que preciso entender e adotar; portanto, se eu quiser me manter firme em solo sagrado, preciso estar atento ao falar de Deus. Enfim, não devo me deixar influenciar por propostas que o lusco-fusco que precede as trevas procura me impor. Não sei se existiu outro período na história, em que os verdadeiros servos de Deus correram tanto perigo; mas estou convencido de que os dias de hoje, eivados de maldade e opressão maligna, são ameaçadores à fé cristã.
 
Este texto nos fala com uma clareza indiscutível: "Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados. Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?" (1 João 5:1-5). E também nos revela que o ato de crer em Jesus é a base da vitória que idealizamos!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário