quinta-feira, 10 de julho de 2014

Perfeição cristã


Tenho pensado na perfeição... Uma das coisas que aprendemos, quando nos quedamos aos pés do Senhor em plena rendição; é que não somos tão perfeitos como - algumas vezes, - imaginamos ser. Sei que isso colide com a influência do humanismo, que cresce e prevalece nas relações humanas; sendo este um dos responsáveis pelo desmantelamento de valores tradicionais e pela ruptura de alianças importantes entre os homens. No entanto, por mais que nos esforcemos para obter a perfeição; o máximo a que conseguiremos chegar, se reduzirá a algumas realizações bem feitas, admiradas por outros homens tão imperfeitos quanto nós. Resumindo: As coisas perfeitas que as vezes fazemos, não servem de referência para pensarmos naquela perfeição pessoal que jamais atingiremos, enquanto humanos.
 
Isso não significa que não possamos alcançar certos níveis de perfeição relativa, em algumas áreas específicas; por exemplo: Podemos ser perfeitos em amor; em obediência; e, até mesmo, em certas realizações. Mas isto não quer dizer que sejamos plenamente perfeitos. Esta perfeição é exclusiva de Deus; pois, segundo a Bíblia, até em Seus anjos Ele vê loucura. As vezes, nosso modo "perfeito" de julgar tem trazido sérios problemas de relacionamento interpessoal. Conheço casais que sofrem as consequências do modo perfeccionista com que uma das partes julga o modo de ser da outra. E não são poucos os lares afogados pelo "mar" de cobranças e exigências feitas por um dos cônjuges. Muitos lares ainda conseguem sobreviver, justamente pela paciência do cônjuge "imperfeito".
 
Jamais conseguiremos nos salvar por auto proclamada perfeição ou por nosso jeito pretensioso de ser. E neste quesito, nem mesmo nossa fé é capaz de nos salvar por si mesma (algumas vezes, ela é a causa maior dos erros de avaliação e escolha que fazemos). Somente a graça que veio por Jesus Cristo pode nos salvar; só então, a partir daí, a nossa fé em sintonia com a Palavra de Deus, se constitui no elemento mediante o qual a graça nos salva. E esta graça - instrumento único capaz de compensar nossa inegável imperfeição - é capaz de nos manter seguros pela mão do Senhor; enquanto somos conduzidos pelo Seu Espírito Santo no Caminho da Vida; desviando-nos dos destroços da religiosidade humana que encontramos ao longo do caminho estreito que nos conduz à Vida Eterna.
 
Este é um dos textos que revela o alcance da graça e a fórmula exata da salvação:
 
"Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas."
(Efésios 2.4-10)
 
Sinto grata felicidade, por saber que Jesus deu Sua vida por mim; para que eu possa viver dEle, por Ele e para Ele!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário