sábado, 9 de fevereiro de 2013

Presença sentida


Nesta manhã, Deus me concedeu graça para sentir Sua presença enquanto eu orava. Foi um momento especial, de comunhão e de fortalecimento espiritual. Sei muito bem que o fato de não sentirmos Sua presença não significa que Ele não esteja conosco; pois Sua Palavra nos garante Sua presença todos os dias. Todavia, quando esta gloriosa presença é sentida; é como se um vento suave e refrescante passasse, mesmo que não vejamos o mover das cortinas. É uma grande bênção crer e buscar a presença de Deus!
 
Aproveitei aquele instante favorável, para orar por minha querida família. Na verdade - minha esposa, meus filhos, minhas noras, meu genro e meus netos - sempre os levo comigo, em meu coração, ao lugar de oração; e, também orei por todos os demais familiares e amigos. Também senti necessidade de orar por mais de cinquenta pastores que foram transferidos no último concílio. E consegui orar por cada um deles - nome por nome - sabendo que também sou parte integrante do seu projeto de ministério.
 
E em meio ao ambiente de oração, pude vislumbrar - pelos olhos da fé - a vinda de Jesus ao mundo para sofrer as dores do meu sofrimento e culpa; e para sucumbir sob o peso dos meus pecados e rebeldia. Quem veio ao mundo? Um anjo resplandecente; ou, um profeta de ocasião, como alguns que de quando em vez aparecem? Não! Um homem de dores, sem aparência ou beleza, sob a forma do mais comum dos homens. No entanto, nEle estava a Vida que nos extasia, capaz de nos tornar as mais felizes criaturas!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário