sábado, 23 de janeiro de 2016

Quando Deus nos fala


Estou pensando na linda experiência que tive nesta manhã... Ainda cedo o Senhor começou a falar comigo, nas profundezas do meu espírito, antes que eu estivesse orando. Realmente, algo incomum! Louvo a Deus por Seu grande amor! Tenho aprendido, em minha jornada como servo do Senhor, que quando Deus nos fala; ou é para pedir algo; ou para dar algo; ou, então, para nos advertir. Mas nesta manhã, foi para me dar algo... Aleluia! Não algo para o meu próprio proveito; mas, sim, para a edificação de Seu povo. E que ninguém me pergunte como ou por que Deus falou! Eu não saberia responder, sabendo que não tenho dignidade para estar em Sua Presença... Sei que sou pequeno demais! Então... O que mais posso dizer; a não ser dar-lhe louvor e ações de graças. Glória ao Deus eterno!

Estou plenamente convencido, de que aquilo que o Senhor me falou tem tudo a ver com o meu trabalho ao longo deste ano que mal se inicia. Aproveito, para dizer que tenho andado com Deus tempo suficiente para saber que, nesta vida, existem duas coisas que se sobrepõem às demais coisas: Vida com Deus e vida com a família. O servo de Deus Josué resumiu muito bem esta relação, ao dizer: "Eu e a minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24:15). Que testemunho, deste guerreiro chamado Josué! Que comprometimento! Sou grato pela vida deste homem de Deus, que deixou tão importante legado. Na verdade, um homem de Deus é homem de família. Portanto, o modo como lidamos com nossa família - mesmo não dizendo tudo - diz muito sobre o modo como tratamos nossa vida com Deus.

Este texto sempre me atraiu: "E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus." (Romanos 8:11-16). Textos assim me comprometem!

Sugiro ouvir esta canção - "Lugar seguro" - entoada por Aline Barros:
https://youtu.be/Zp0lUIIii1U

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário