segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Este tempo está findando


Ao orar nesta madrugada, senti assustado o juízo de Deus sobre a nação brasileira... Algo que já me havia sido mostrado desde o fim do ano de 2014. Todavia, desde então, as atitudes - de governantes e governados - só piora. Vemos o governo desta nação desprezar Israel e abraçar os seus inimigos; desprezar a Palavra de Deus e abraçar leis injustas; desprezar a causa do indefeso e desviar recursos desta pobre/rica nação. E usam seus artifícios, para enganar os que ignoram suas manobras e seduzir a quem se beneficia com elas. Enfim, o povo arca com suas dores... Enquanto seus governantes, legisladores e magistrados vivem encastelados, distantes de suas aflições.

Enquanto eu orava, percebi que o juízo de Deus se estende aos líderes religiosos desta nação... Muitos dos quais profanam símbolos sagrados (judeus e cristãos), com a finalidade de arrecadar dinheiro e mais dinheiro... Enquanto, em contrapartida, contaminam a fonte em que o povo procura saciar sua sede da Palavra de Deus. E, os que assim procedem, estão se distanciando dos reais interesses daqueles que são por eles apascentados. E eu me pergunto: Até quando? E a resposta seria óbvia, caso não fosse profética: Até que o cálice da ira transborde! Enfim; sou admoestado pela Palavra, a orar e trabalhar enquanto é dia; pois, os sinais demonstram que este tempo está se findando.

Este é um tempo de sofrimento e engano:

"Por isso, amados, aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados imaculados e irrepreensíveis em paz. E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição. Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza; Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém."
(2 Pedro 3:14-18)

Que o Senhor nos guarde neste tempo!

Me lembro da sentimento provocado em meu espírito, quando ouvi este hino pela primeira vez:
https://youtu.be/rEQ9vtjfzx0

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário