sábado, 2 de maio de 2015

Senha de acesso ao Paraíso


Daqui a pouco, estaremos em mais umas de nossas viagens (Maria Célia Calegari e eu); mas não posso deixar de marcar presença no lugar de oração; lugar onde os sonhos possíveis são amadurecidos e os sonhos impossíveis são descartados. Lugar onde posso por minha pequena casa em segurança, aos pés do Único capaz de trazer justiça e paz à terra. enquanto eu oro, lamento perante o Senhor a dor causada aos Seus filhos no Iraque, Síria, Egito, Líbia, África; enfim... Em tantos lugares, que nem consigo mencionar com precisão (e não consigo conter meus gemidos). Mas O Pai conhece o lugar e o nível de dor sofrido por aqueles que adotou como Seus filhos.
 
Enquanto eu oro... Fico a pensar naqueles que vivem evitando se aproximar de Deus (não me refiro à frequentar ou deixar de frequentar algum templo). Pessoas infelizes - amadas ou mal amadas - que não entendem o mal que fazem à elas mesmas. Afinal... A dor de uma depressão (melancólica ou eufórica) não pode ser contida por surto de religiosidade aparente; ou mesmo por disciplina corporal; posto que, homem algum conseguirá se salvar por seus próprios meios, como quem abre uma picada na mata para chegar a algum lugar. Queiramos ou não admitir, Jesus é o Único Caminho que conduz à vida! Somente Ele pode dar a senha de acesso ao Paraíso!
 
Muitos seguem nos atalhos na vida; ou, em becos sem saída... Mas Jesus disse:
 
"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim."
(João 14:1-6)
 
Não tenho dúvida: Jesus é o único Caminho que conduz à vida, futura e eterna!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário