quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Foi sobrenatural


Daqui a pouco mais uma hora, estaremos iniciando o culto de encerramento da XVI Convenção Regional de Adolescentes. Para a pregação final, já está comigo a Palavra de Deus para este "mar" de adolescentes. No entanto, ainda soa em meus ouvidos a voz do Senhor; ao me dizer aquilo que eu precisava ouvir; para transmitir aos pastores, obreiros e suas respectivas esposas. É verdade! O Reunião que tivemos - em simultâneo com o culto dos adolescentes - foi de natureza sobrenatural. E não estou me deixando levar por emoção ou cometendo exagero ao afirmar isto! Na verdade, a unção do Espírito Santo permeou as participações que enriqueceram este tão importante culto, marcado pela confluência do Retiro de Pastores, do ESPAM e do Desperta Débora. Não receio declarar que foi sobrenatural!
 
E, digo também: Pelo modo como Deus tem falado entre nós, somente retornará do mesmo modo que chegou, aquele pastor ou esposa que não foi sensível ao mover, agir e falar de Deus em nosso meio. Estou convencido de que - em muitas igrejas da 2ª Região - algo novo acontecerá, como resultado daquilo que dez fez em nosso meio, em nossas vidas. No entanto, Admito: Assim como a abertura do Mar Vermelho ou os milagres de Jesus na terra santa não resultarão na transformação de todos os que estavam presentes em eventos tão sobrenaturais e gloriosos; assim como a presença constante de Jesus não foi suficiente para impedir a negação de um e a traição de outro, dentre os que sempre estiveram com Ele. De igual modo, não devemos esperar ou exigir mudança em quem não deseja ser transformado.
 
Creio que este belo salmo da Bíblia pode ser usado como testemunho para contar o que Deus fez em nosso meio: "QUANDO o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes. Grandes coisas fez o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres. Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos." (Salmo 126.1-6). Verdadeiramente... Quem teve olhos de ver e ouvidos de ouvir, viu a glória de Deus e ouviu Sua voz entre nós!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário