domingo, 10 de março de 2013

Visita à IMW do Kennedy


Nesta quinta-feira, Célia e eu estivemos participando de um trabalho especial na IMW do Kennedy, em BH. É um trabalho que aquela igreja realiza todos os anos - sempre neste período do ano - durante algumas quintas-feiras seguidas, sob a responsabilidade do Presbítero Álvaro. Foi muito bom para mim, ver o desempenho do Pastor Francisco Quesado neste nova nomeação. Gostei também de ver o Pastor Onésimo, em sua condição de jubilado, participando com a família deste maravilhoso culto. Vejo o seu testemunho como referência para os jubilados; pois alguns talvez não saibam como lidar com este momento.
 
No ensejo desta visita, Gostei do estado da igreja. Percebi que a transferência ocorrida no último concílio regional, foi recebida com maturidade e grande senso de responsabilidade por parte da igreja. E que, em função disso, é agradável o nível de participação e de motivação que se verifica na mesma; desde a presença dos Presbíteros devidamente postados no púlpito, como é de praxe; até os membros - tanto jovens e adolescentes, como adultos - presentes no culto. Maria Célia trouxe uma Palavra de saudação e de encorajamento aos irmãos; e em seguida preguei sobre a presença de Jesus, neste texto da Palavra de Deus:
 
"E logo o Espírito o impeliu para o deserto. E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás. E vivia entre as feras, e os anjos o serviam... E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens. E, deixando logo as suas redes, o seguiram. E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes, E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele."
(Marcos 1.12-13, 16-20).
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário