segunda-feira, 13 de março de 2017

Precisamos orar bem

A imagem pode conter: nuvem, céu, oceano, texto e atividades ao ar livre

Graças a Deus pude adotar em minha vida, alguns princípios que norteiam os meus pensamentos e os meus passos; pois, sem eles, não sei o que seria de minha vida. O mais importante, dentre eles, é o temor do Senhor; e marcando compasso com o temor, está a vida de oração. E quando esta cadência é mantida em harmonia com a Palavra de Deus e sob a regência do Santo Espírito; não há como as coisas darem errado. Tenho aprendido que não precisamos orar muito; mas sim, orar o suficiente. Ah... Também devemos orar bem (Tiago 4.3); pois, quando oramos mal, não devemos esperar resultados melhores.

Após a devocional, seguimos para uma reunião com obreiros de seis distritos da 6ª Região, sob o comando do Bispo Roberto Amaral. Na condição de um dos preletores; busquei e recebi de Deus a palavra. Precisei clamar por graça e sabedoria; pois tenho aprendido com a canção de Lutero (Castelo Forte), que "a força do homem nada faz, sozinho está perdido". É evidente que para falarmos em tom profético, alinhados com a vontade de Deus, precisamos nos encher do Seu Espírito. Na verdade, eu prefiro emudecer, do que falar sem esta unção; pois o silêncio é melhor que uma palavra sem unção.

Penso que este texto traz luz sobre aquilo que escrevi; pois ele deixa bem claro que, se falarmos, devemos falar segundo o propósito de Deus: "Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém." (1 Pedro 4:10-11). Enfim, devemos nos dispor a buscar em Deus, a palavra e a unção que precisamos, para falar em Seu nome.

Quão maravilhosa é esta canção! Louvo a Deus por ela!
https://youtu.be/6DaLZGEqwMo

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário