sábado, 25 de março de 2017

Amor, graça, perdão e paz

A imagem pode conter: texto

Senti necessidade de levantar bem mais cedo para orar... Sei que valeu a pena! Aliás... Sempre vale! Após uma intercessão que senti necessidade de fazer; busquei do Senho, condição para lidar com este tempo que vivemos - tempo marcado por dores e contradições; sem que se vislumbre sinais de mudança no modo de ser e de viver  das pessoas. Então, senti grande conforto do Espírito de Deus, que me brindou com quatro palavras, já bem conhecidas no meio cristão: Amor, graça, perdão e paz. Entendi muito bem, o sentido e aplicação das mesmas, neste momento especial passado na presença do Senhor nosso Deus.

Na verdade; estas quatro palavras sintetizam tudo aquilo que Deus tem feito em nosso favor. Senão, vejamos: Na medida em que nos deixamos envolver por Seu amor, Sua graça nos salva, Seu perdão nos absolve, e sua paz sela a nossa justificação. A Palavra de Deus nos diz que "tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação" (2 Coríntios 5:18). Portanto, à nós só nos cabe: Arrependimento e fé. E a partir deste começo; é só viver a nova vida que Jesus preparou para nós! Portanto... Dele somos, por ele vivemos e para ele nós iremos!

Perdi a conta, das inúmeras vezes que recorri a este texto da Bíblia buscando direção, resposta ou simplesmente conforto divino: "Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos." (Romanos 14:7-9), Na verdade, todos nós precisamos crer e praticar a Palavra de Deus em nossa vida e proceder; pois somente nela, temos  plena segurança e paz.

Sempre senti em meu espírito, os efeitos da mensagem desta linda canção:
https://youtu.be/28D0bQo_cvw

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário