sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Graça, misericórdia e amor


Querido Pai; enquanto me curvo para orar, o meu espírito se conforta ouvindo tua palavra me dizer que "as misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim" (Lamentações 3:22). E me faz bem ouvir isto; pois me faz lembrar que sou guardado e sustentado por Tua GRAÇA; todavia, aceito e suportado por Tua MISERICÓRDIA. Gosto de assim pensar; pois este pensamento é poderoso imunizante - que me protege do vírus da auto-suficiência - e de pensar que, em mim mesmo, sou alguém que é o que a Bíblia diz que sou: Um pobre pecador envolto em AMOR divino. Sei que a Bíblia diz muitas outras coisas a meu respeito, até mais agradáveis de se ler; mas, o fato de saber que sou pecador me faz dependente de Quem pode me salvar.
 
Estou bem certo do quanto sou amado por Ti; pois... Não teria conseguido chegar até aqui, sem que Teu braço forte me sustivesse. Todavia, sei que este amor não teria sido suficiente para me salvar - assim como não conseguiu salvar muitos que conheço, do seu triste fim - se duas decisões afins não tivessem sido tomadas: A de Jesus, que se dispôs a me amar e vir ao mundo morrer em meu lugar; e minha decisão de amá-lo e de segui-Lo até o fim. Como eu disse, Pai: Saber que Tua misericórdia me aceita, me torna um pecador agradecido, imunizado contra o vírus da arrogância e prepotência. Saber que Tua graça me guarda, me torna confiante. Enfim, saber que Teu amor me envolve e que Teu perdão me absolve, me motiva a seguir sem medo de ser feliz; ainda que sob o fogo cerrado da provação.
 
Como podemos ver; em consonância com as Escrituras sagradas, este texto fala de esperança: "Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor. Bom é para o homem suportar o jugo na sua mocidade. Assente-se solitário e fique em silêncio; porquanto Deus o pôs sobre ele. Ponha a sua boca no pó; talvez ainda haja esperança." (Lamentações 3:21-29). Glória a Deus! Nesta manhã eu posso fazer dele o meu testemunho!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário