sábado, 24 de janeiro de 2015

Falando de oração

Foto: Falando de oração; hoje, enquanto eu orava, agradeci a Deus por meu tempo passado em oração. Lamentei o fato de que - ao longo dos meus cinquenta anos de vida cristã - o tempo gasto com oração foi bem menor do que o tempo que gastei fazendo outras coisas, tais como: dormir, trabalhar, conversar ou me divertir; no entanto, foi este tempo que deu consistência a todas as demais coisas que fiz, durante minha vida de crente.

Estou convencido de que o tempo gasto em oração, foi a mais importante causa de fundamento, cobertura e resultado em tudo aquilo que realizei; sem falar nas coisas que deixei de fazer devido ao caráter preventivo que a oração me imprimiu em minha vida. Na verdade, eu creio que a vida de oração em muito contribui para as coisas boas que fazemos e para as coisas ruins que deixamos de fazer, enquanto aqui vivemos.

Falando de oração; hoje, enquanto eu orava, agradeci a Deus por meu tempo passado em oração. Lamentei o fato de que - ao longo dos meus cinquenta anos de vida cristã - o tempo gasto com oração foi bem menor do que o tempo que gastei fazendo outras coisas, tais como: dormir, trabalhar, conversar ou me divertir. Realmente... Eu poderia ter orado muito mais; no entanto, foi este tempo que deu consistência a todas as demais coisas que fiz, durante minha vida de crente renascido.
 
Estou convencido de que o tempo gasto em oração - mesmo não tendo sido tanto quanto eu devia - foi a mais importante causa de fundamento, cobertura e resultado em tudo aquilo que idealizei e realizei; isto, sem falar nas coisas que deixei de fazer devido ao caráter preventivo que a oração me imprimiu, ao longo de minha vida. Na verdade, eu creio que a vida de oração em muito contribui para as coisas boas que fazemos; e até para as coisas ruins que deixamos de fazer, enquanto aqui vivemos.
 
Na Bíblia, temos tudo que precisamos saber sobre a oração; como neste texto:
 
"E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados. Sendo hospitaleiros uns para com os outros, sem murmurações, Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém."
(1 Pedro 4:7-11)
 
Especialmente, quanto à necessidade de mesclarmos vigilância com oração.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário