sábado, 15 de outubro de 2011

O dragão "cospe-fogo"

No mundo em que vivemos, existe um dragão voraz que não cessa de nos atacar. Ele tem grande mobilidade e também muitos agentes a seu serviço. Seu "modus operandi" pode tornar a vida de qualquer um em um verdadeiro inferno. Ele tanto é capaz de "cuspir fogo", como de "vomitar água" - utilizando até os elementos da natureza para tentar nos assustar. E ele tem a vantagem da invisibilidade!

A água por ele lançada - é a crescente perseguição que move contra aqueles que são do Senhor. E o fogo a que me refiro, está relacionado com o calor das paixões mundanas por ele provocado. É o fogo da tentação! Ele é tão ardente e envolvente, que é capaz de aprisionar o cristão mais puro. Na verdade, suas armas mais eficazes contra nós, podem ser resumidas em três: Sexo, dinheiro e poder. É assustador ver como muitos líderes de renome, tanto na esfera da política como da religião, tem sido seduzidos - até perderem completamente valores arduamente conquistados.

O fogo da tentação

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca".
(Mateus 26:41)

Na esfera do sexo, ele pode transformar amor fraternal e despretensioso entre homem e mulher, em avassaladora paixão. Suas chamas alimentadas pela paixão carnal, são capazes de transformar em cinzas, lares estabelecidos e mantidos sob as promessas de Deus. Devido a isso, tornou-se algo comum em nossos dias; ver uma amizade inocente se transformar em relação extraconjugal. E, algumas delas, chegando ao perigoso limite da tragédia passional. Misericórdia, Senhor!

Na esfera financeira, este fogo pode provocar o "amor ao dinheiro"; sentimento que vai além do amor à Deus e ao próximo - mesmo que este próximo seja o próprio cônjuge; ou mesmo um filho saído de suas entranhas. E o amor saído deste fogo infernal, à medida em que cresce, vai se transformando em apego doentio - uma verdadeira obsessão - podendo transformar quem por ele dominado em uma besta destituída de qualquer sentimento de nobreza. Um louco assassino!

Já no âmbito do poder; o fogo da tentação tece uma rede em volta de suas vítimas. E esta rede possui cinco malhas interligadas: Primeiro, o poder DESLUMBRA; despertando crescente interesse. Depois PREMIA, concedendo sucesso. Em seguida EMBRIAGA, a ponto de levar o embriagado pelo poder a perder a noção de perda e de ridículo. Nesse estágio, ele ESCRAVIZA completamente sua vítima. Finalmente, após tirar de sua infeliz vítima tudo aquilo que a mesma tinha de bom - destruindo sua dignidade, honra e até família - ele a DESCARTA; amassando-a e jogando-a fora, como se fora um copinho descartável sem utilidade.

Um alerta para todos nós

"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele".
(I João 2:15)

Creio não haver a menor dúvida quanto ao fato de que suas suas armas mais eficazes contra nós, são mesmo: Sexo, dinheiro e poder. E, ao ver como muitos líderes cristãos mudaram o seu comportamento, percebo que não são poucos os que tem sucumbido - esmagados por este "rolo compressor". Escândalos sexuais; nítida obsessão pelo poder; desejo insano por dinheiro... Vejo que estas coisas não vão ter um final feliz. Livrai-nos do mal, ó Deus!!!

Para concluir, deixo estes dois textos da Escrituras Sagradas

"Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; e não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém".
(Mateus 6.9-13)

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas".
(Mateus 6.19-23)

Cordialmente;
Bispo Calegari

Um comentário:

  1. Sr.Bispo de fato tem sido um grande problema à enfrentar nesses dias. Damos graças a Deus pela vida de homens como o Sr. que tem tido essa visão e que no mais como nosso líder espiritual tem nos cobrido de fortes intercessões. Que Deus, o nosso Deus e pai em Cristo jesus continue o ajudando nessa árdua, mas nobre tarefa de por Deus nos liderar. Fica na paz.

    ResponderExcluir