domingo, 10 de dezembro de 2017

Apascentar é preciso

A imagem pode conter: texto

Ao orar nesta manhã, agradeci ao Senhor por ter diante de mim o pequeno rebanho que ele me confiou (ontem, uma parte dele esteve na casa da irmã Lurdes para jantar de confraternização). Recomendo aos pastores, que deem toda atenção aos crentes novos do seu rebanho; pois teremos que dar conta das ovelhas à nós confiadas). Há dois momentos, no ministério terreno de Jesus, que devem nos preocupar: O 1º: é quando ele fala sobre ovelha perdida (Mateus 18.12-13). O 2º: é quando, em conversa com Pedro, liga o amor que lhe devemos ao pastoreio das ovelhas (João 21.15-17). Portanto... Apascentar é preciso!

Tenho sentido necessidade de orar por meu trabalho; pois nós, pastores encarregados de cuidar do rebanho do Senhor, temos obrigação de renovar o nosso amor e cuidado, para com quem  vive sob o nosso pastorado. Logo, mesmo ignorando os termos de nossa responsabilidade para com as ovelhas que nos foram confiadas; isto não nos isenta da responsabilidade de ter que dar conta de cada uma delas. Ao longo de meu ministério, vejo pastores e obreiros que não sabem nem cuidar de seus filhos - quanto mais de suas ovelhas; que vivem sempre à mercê de aves de rapina e dos ladrões e salteadores. É para pensar!

Estas palavras ditas por Jesus são dirigidas aos pastores: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas." (João 10:9-13). Ela nos adverte, quanto ao dever de cuidar.

Esta canção de Fernanda Brum, aponta para o pastor ideal:
https://youtu.be/EN99DXAK-d8

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 9 de dezembro de 2017

Rota invisível aos olhos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje pensei em meus dias no Colégio de Cadetes do Exército de Salvação. Grandes provas enfrentei ali; que eu jamais teria suportado se não gastasse uma parte do meu dia na presença do Senhor (meia-hora após a devocional da manhã, meia-hora após o almoço, e meia-hora após as dez da noite). Não tenho dúvida em dizer: Foi assim que venci e subjuguei minha alma rebelde. Conheço muitos, que terminaram em fracasso por não levarem a sério sua fraqueza. Vejo com tristeza que, infelizmente, quando os fracassos se sucedem as pessoas começam a se habituar a eles.

Na verdade, estou convencido que nesta vida, jamais teremos da parte de Deus um mapa detalhado. Abraão não teve um tal mapa; fato que o levou a aventar: "um nascido na minha casa será o meu herdeiro." (Gên. 15.3); E Paulo não teve tal mapa; e isto o levou a dizer: "pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações." (Atos 20:22,23). Enfim... Andar com Deus é caminhar sobre o vasio, seguindo uma rota invisível aos olhos.

Mesmo em seu direito, Abraão concedeu à Ló a opção de escolha: "E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló; e os cananeus e os perizeus habitavam então na terra. E disse Abrão a Ló: Ora, não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos. Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; e se escolheres a esquerda, irei para a direita; e se a direita escolheres, eu irei para a esquerda." (Gênesis 13:7-9). Ele agiu assim, porque sabia que a sua rota estava definida pelo Senhor.

Gosto de ouvir esta canção; ela diz como o crente deve andar:
https://youtu.be/QKvfqPHw7lg

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Salto acima dos obstáculos

A imagem pode conter: texto

Ao pensar na oração e no salto com vara, consigo perceber um denominador comum entre ambas as coisas. Se no salto com vara, o atleta consegue transpor obstáculos que jamais poderia atingir apenas com seu condicionamento físico; também, sem a oração como ponto de apoio e de alavancagem, o crente - por melhor que seja seu condicionamento espiritual; jamais poderá superar os obstáculos que obstam sua caminhada em direção ao céu. Talvez, a falta de uma vida de oração seja a causa dos desacertos e contrassensos na vida de muitos crentes sinceros.

Ao refletir sobre este assunto, não pude deixar de pensar nesta declaração do salmista Davi: "Porque contigo entrei pelo meio duma tropa, com o meu Deus saltei uma muralha." (Salmos 18:29). Este homem de Deus viveu bons e maus momentos na vida. Estou convencido de que, os maus momentos que ele não conseguiu vencer, foi por falta de oração. Ao pensar nos maus momentos que passei na vida; estou convencido que a oração esteve na base da vitória alcançada. A oração é como vara de apoio, para darmos aquele salto acima dos obstáculos da vida.

Que bênção, este testemunho de Davi: "Porque tu, Senhor, és a minha lâmpada; e o Senhor ilumina as minhas trevas. Porque contigo passo pelo meio de um esquadrão; pelo meu Deus salto um muro. O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do Senhor refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. Por que, quem é Deus, senão o Senhor? E quem é rochedo, senão o nosso Deus? Deus é a minha fortaleza e a minha força, e ele perfeitamente desembaraça o meu caminho." (2 Samuel 22:29-33). Se orarmos, poderemos saltar obstáculos ao longo do caminho.

Canção de Alda Célia, sempre edificando quem a ouve:
https://youtu.be/aXNAAP-OwhQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Tendência de todos nós

A imagem pode conter: texto

Nesta manhã, estive refletindo sobre a tendência de todos nós - de nos inquietarmos com nossas necessidades, nos afligirmos com nossas dores, e de nos preocuparmos com nosso futuro; como se a paz que precisamos dependesse de circunstâncias da vida para por fim à nossa ansiedade. Sempre agradeço a Deus - por saber que tenho promessas suas. E procuro manter meus olhos sobre elas! Fiz questão de apontar algumas, dentre as muitas que o Senhor nos faz. Pense nas que estou indicando abaixo:

Sobre os meus temores: Sei que buscar a Deus me livra deles todos (Salmo 34.4). Sobre minhas dores: Sei que ele perdoa os meu pecados e sara as minhas enfermidades (Salmo 103.3). E quanto ao meu futuro: Sei que o dia de amanhã cuidará de si mesmo (Mateus 6.34). Portanto, não devo gastar o meu tempo em queixas e lamentos; mas confiar sempre em Jesus. Pois "Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre." (Salmos 125:1). Aleluia!

Este texto muito me tem ajudado: "Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus." (Filipenses 4:4-7). Glória a Deus! Bendita paz que vem de Jesus!

Esta canção tem ajudado a muitos crentes, ao longo dos anos:
https://youtu.be/b1UWOkNBp68

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

O Dia do Senhor está perto

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje fui levantado para orar, com estas palavras: "Vocês vão viajar! Se preparem, se preparem... Com hurgênciaaa!" Como eu não tenho nenhuma viagem prevista, senti que tem tudo a ver com a vinda do Senhor - como se este tão esperado dia estivesse bem mais perto do que possamos imaginar. É sabido pelos cristão, que o Dia do Senhor é anunciado em toda a Bíblia - com mensagens reveladoras, cheias de detalhes, que parecem ter sido escritas em nosso tempo, de tão atuais que são. Devemos perseverar!

A Bíblia diz que "quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão." (1 Tessalonicenses 5:3). Enquanto eu orava, pedi ao Senhor que me ajude a manter o meu amor, esperança e fé em grau de pureza e santidade que seja suficiente para me sustentar - em dias tão confusos e maus. Sei que não devo me descuidar um só momento, sempre atento, perseverando em oração; pois o Dia do Senhor está perto!

Devemos vigiar: "Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão;" (1 Tessalonicenses 5:1-4). Precisamos estar firmes, em oração.

O dia está chegando... Esta canção me reporta aos anos oitenta:
dhttps://youtu.be/-_mI5hOCwq0

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Mundo beirando à catástrofe

A imagem pode conter: texto

Sem nenhuma ponta de pessimismo, penso que nosso o mundo está beirando à catástrofe... Sei que são muitos os que pensam diferente de mim e isto não me incomoda. A bem da verdade, gostaria muito que os tais estivessem certos e eu equivocado. O próprio Senhor Jesus nos faz advertência neste sentido - à que nos lembremos dos dias de Noé (Lucas 17.26-27) e dos dias de Ló (Lucas 17.28-29). Creio ser desnecessário dizer que os pecados desta geração são maiores que os pecados daquelas gerações condenadas. Se olharmos o nível de violência e depravação em que a mundo vive; veremos graves ofensas contra Deus e Sua Palavra.

Tenho por costume respeitar aqueles que pensam diferente (em especial, os evangélicos). Entretanto, seguindo uma linha bem diferente daqueles que prometem um "paraíso de prosperidade e felicidade" para nosso tempo; os quais chegam a dizer que os que pensam de outro modo é porque não têm fé (e são muitos pastores que apregoam isto); eu prefiro manter a minha certeza - em linha com as Sagradas Escrituras - de que este mundo está no maligno, que a terra e as obras que nela há, estão reservadas para o fogo... Sim! Eu acredito que o nosso tesouro é outro - em um lugar onde não haverá dor e morte, onde os fieis viverão sempre com o Senhor.

É para pensar: "O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade, Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?" (2 Pedro 3:9-12). Pois... Vai acontecer.

Esta canção aponta aquele que dever ser o foco de nossa atenção:
https://youtu.be/SRjWqPdH6UY

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Meu primeiro amor

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Nesta manhã, minhas primeiras palavras ao Senhor foram em favor do pequeno rebanho que Ele me confiou... Percebo que ele está se tornando maior; portanto, preciso me desdobrar em oração e cuidados pastorais em seu favor. Glória a Deus! Como sempre faço, orei por minha pequena casa; pois ela deve estar sempre presente em minhas orações. E agradeci a Deus por Jesus - o Caminho no qual eu vou seguindo, em direção à Vida eterna. Pois o "novo e vivo caminho" (Hebreus 10.20) em que eu ando é o único caminho que termina exatamente onde começa a rua de ouro: No portal dourado da cidade santa.

Enquanto eu orava, Deus me fez saber que a herança eterna compensa tudo que os homens nos negam aqui na terra; e que mais vale sermos herdeiros do reino celestial (o único que não se transformará em pó); do que sermos agraciados com favores e honras terrenas. Então, fiquei a pensar: São muitos os que se contentam com honra e poder dos homens; e muitos mais que se magoam e revoltam por não obterem estes mesmos valores. Meus Deus! Bom seria se os crentes procurassem manter em sua lembrança, a razão que os levou a Jesus. E buscassem manter aceso o seu primeiro amor. Isto sim é que vale a pena!

Este texto diz muito mais do que aquilo que se apresenta aos olhos: "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado." (1 Coríntios 9:24-27). Devemos manter viva a esperança!

Esta canção é sugestiva... Vale a pena ouvir e pensar no céu:
https://youtu.be/wWSqyxyCGX8

Cordialmente;
Bispo Calegari