quinta-feira, 31 de julho de 2014

Ainda vivo por aqui

 

Venho me estender no lugar de oração, para estar em Tua presença, eterno Deus e amado Pai. Desde que me converti ao Senhor, tenho sabido que o mundo não é meu lar e não sinto uma gota de tristeza por isso. Sei que sou cidadão do céu e nisto está o meu maior prazer! Sempre que penso na vida futura, meu coração procura vislumbrar as eternas belezas que verei um dia; em um lugar diferente de tudo aquilo que os meus olhos tem visto... Mas, sei que não é possível a um mortal ver ou imaginar aquilo que o Senhor tem preparado para os Teus filhos - homens e mulheres - os quais, assim como eu, foram comprados da terra e eternamente libertos do cativeiro.
 
Entretanto... Ainda vivo por aqui, por todo o tempo que o Senhor determinar; sem que eu possa fazer nada para mudar isso, pois o meu futuro está em Tuas mãos. E, enquanto aqui vivo; convivo com inúmeras coisas que me desagradam; mas... Me conforta saber que tudo tem um tempo determinado; portanto, o mal não irá além dos limites que lhe foram impostos; então virá o fim. Fim para muitos; porém, recomeço para os Teus filhos. Ver Teu povo Israel ser continuamente atacado por seus inimigos; e questionado o seu direito de defesa por nações ímpias, me faz tão mal quanto ver a crescente onda de intolerância contra Tua Igreja. Venha o Teu Reino Senhor!
 
Creio que, se eu permanecer em Cristo, um dia vou ouvir este cântico:
 
"E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre."
(Apocalipse 5.9-13)
 
Todavia, para que isto se torne possível, preciso ser fiel até o fim!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Agir sobrenatural de Deus


Madrugada fria, oração aceita, despedida inevitável... Foram inspiradores os dias passados no Distrito de Vitória! Infelizmente não deu para visitar a congregação de Resistência. Todavia, pude abraçar irmãos desta querida congregação, no Encontro Distrital de Adolescentes em Jardim Colorado. Sei que Deus nos trouxe aqui; senti isso em cada culto, em cada contato; mas... Não tenho dúvida alguma ao afirmar que Deus agiu em nosso meio, em todas as reuniões. Entretanto: O que aconteceu nas IMW - do bairro Grande Vitória, Central de Vitória e do bairro Consolação foi realmente SOBRENATURAL! Verdade purinha! Deus falou! Pois, fui apenas uma boca a Seu serviço.
 
Sei que minha querida esposa Maria Célia foi vaso de Deus em cada palavra que ministrou. Creio que, ontem a noite (na IMW de Jardim Colorado) - assim como em suas demais participações - ela foi canal de edificação paras as muitas "déboras" que lá estavam; sendo assessorada pela irmã Izaura Volpi, esposa do Pastor Valdívio Correia, SD do Distrito de Vitória (enquanto isso, ele me assessorava na IMW de Consolação). Tenho desafios pela frente, até o próximo concílio regional; ainda não sei muito bem como equacioná-los... Mas, estou certo de que - no momento próprio - vou contemplá-los pelo "retrovisor", ultrapassados, pela graça do Deus eterno que me sustenta em Sua mão!
 
Segundo este texto, devemos manter os nossos olhos fixos naquilo que está à frente: "Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. Por isso todos quantos já somos perfeitos, sintamos isto mesmo; e, se sentis alguma coisa de outra maneira, também Deus vô-lo revelará. Mas, naquilo a que já chegamos, andemos segundo a mesma regra, e sintamos o mesmo." (Filipenses 3.13-16). Portanto, ao trilhar o Caminho da Vida; não posso me deixar prender por aquilo que ficou para trás!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 29 de julho de 2014

Meu tempo de oração


Madrugada de sábado; enquanto eu ainda me curvava diante do Senhor (fiz da sala do Pastor Valdívio Correia & Izaura Volpi o meu lugar de oração); mais uma vez entendi o quão importante é manter minha vida de oração. É que enquanto eu orava, senti que o meu tempo de oração determina o resultado do meu trabalho e o nível das minhas conquistas. Fez-me bem saber que minha presença no lugar de oração, estabelece uma interessante relação proporcional entre o tempo que passo orando e o volume de frutos que consigo produzir em todos os setores de minhas atividades diversas.
 
Foi então que percebi: Não é o volume de "trabalho suado" que determina o crescimento daquilo que faço para Deus; mas, sim, o volume de oração que mantenho em meu viver diário. Então... Nada nesta vida; seja agenda, emergência, compromisso, cansaço - por mais importante que pareça ser - justifica minha ausência no lugar de oração ou minha pressa em sair dele. Embora Satã tente me convencer do contrário; preciso ter sempre em meu espírito, que a oração é que dá sentido e substância a tudo aquilo que faço nesta vida; seja para Deus, pelo próximo, ou em meu próprio benefício.
 
Importante ver neste texto, que Neemias - antes de apresentar seus pedidos ao rei - orou a Deus:
 
"SUCEDEU, pois, no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, que estava posto vinho diante dele, e eu peguei o vinho e o dei ao rei; porém eu nunca estivera triste diante dele. E o rei me disse: Por que está triste o teu rosto, pois não estás doente? Não é isto senão tristeza de coração; então temi sobremaneira. E disse ao rei: Viva o rei para sempre! Como não estaria triste o meu rosto, estando a cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas a fogo? E o rei me disse: Que me pedes agora? Então orei ao Deus dos céus, E disse ao rei: Se é do agrado do rei, e se o teu servo é aceito em tua presença, peço-te que me envies a Judá, à cidade dos sepulcros de meus pais, para que eu a reedifique."
(Neemias 2.1-5)
 
Assim deve ser comigo: Antes de pedir algo a alguém, devo buscar em Deus minha resposta.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Sei que sou justificado


Ao me curvar, madrugada bem cedo, no lugar de oração; senti profunda paz interior, mas não me causou surpresa... Pois a Palavra garante que: "Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo" (Romanos 5.1). E, considerando esta verdade, sei que sou justificado - não por ser inocente - mas, por ter sido perdoado. Aleluia! Como é bom ter esta experiência! Porém, melhor ainda é manter a vida em consonância com ela.
 
Enquanto eu procurava me derramar diante de Deus (a sala do Pastor Gedson Alves Corrêa & Lorrany Braga, onde estamos hospedados, se transformou em meu lugar de oração); agradeci ao Senhor pela eficiência da IMW de S. André - aqui em Vitória - na coordenação do GCEU local. Foi uma bela mobilização, com valiosos frutos para o reino de Deus. Exaltei a Deus pela diversidade de ministérios, pois sei que eles promovem crescimento saudável.
 
Este texto é instrumento capaz de ampliar e amadurecer a visão de um líder:
 
"ACERCA dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o SENHOR, senão pelo Espírito Santo. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil."
(I Coríntios 12.1-7)
 
E quando a visão do líder amadurece, a igreja se torna fértil e motivada!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 27 de julho de 2014

Inesgotável graça


Quinta-feira, Maria Célia Calegari e eu, tivemos a oportunidade de conhecer a IMW do bairro Grande Vitória, sob o Pastorado do Pastor Josué Alves. Nossa chegada foi antecedida por percalços (pneus incendiados por manifestantes, interrupção de estrada); mas, com a ajuda do SD Pastor Valdivio Correia conseguimos chegar, ainda que com atraso. O modo como Deus agiu compensou atrasos e contratempos!
 
Após o culto, acompanhamos um grupo da igreja até o terreno que adquiriram; no qual se sobressai uma construção do mais alto nível, para a glória de Deus. Ali, oramos por estes valentes de Deus, membros desta querida igreja, sob o comando deste dedicado Pastor e sua querida família. Sempre que vejo algo assim, consigo ver o embrião de uma grande obra com os olhos da fé; pois tudo é possível ao que crê!
 
Enquanto eu procurava agradecer a Deus por tudo que fez; fiquei a pensar no esforço de fé que - ao longo dos anos - sempre coroou minha dedicação na causa do bom Mestre. Então me revesti da certeza de que - a um servo de Deus empenhado em tomar medidas de fé e de renúncia em prol do bem do povo de Deus - Deus responderá com inesgotável graça e provisão necessária, concretizando o seu sonho pela fé!
 
Eu poderia aqui enumerar muitos exemplos de fé, do passado e do presente:
 
"E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas, Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos."
(Hebreus 11.32-34)
 
Mas este texto é suficiente para demonstrar o quanto a fé é importante para tornar o sonho possível!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 26 de julho de 2014

Limites de nossa segurança

 

Eu creio que o cuidado do Senhor para conosco se manifesta sob muitas formas. Portanto, na manhã deste novo dia, se procurarmos discernir os fatos que se desenrolarão ante os nossos olhos; poderemos encontrar marcadas deixadas pelo Senhor, como espécie de sinal de alerta; delimitando os limites de nossa segurança enquanto caminhamos ao longo do dia. Sei que esta minha convicção é verdadeira; e que a bênção reservada para este dia irá depender do modo como interpreto os sinais de Deus, deixados para o meu bem. E assim pensando, estou certo de que não devo - seja por que motivo for - abrir mão da certeza do amor e da direção do Senhor para a minha vida; pois esta atitude, além de prolongar os meus dias; é a garantia que eu tenho, de ter uma melhor qualidade de vida.
 
Assim, fortalecido em minha fé; me preparo para mais uma viagem de regresso à casa (estou dando um tempinho à Maria Célia Calegari para descansar mais um pouco, após um fim-de-semana intenso). Enquanto isso, não posso deixar de pensar naquilo que o Espírito de Deus nos proporcionou no último culto da visita. Foi realmente maravilhoso! Quem esteve no culto pela manhã na IMW de Vila Nova e no culto a noite na IMW Central de Mantena, sabe muito bem a que estou me referindo. Deus nos visitou, irradiando graça e unção em farta medida. Gloria a Deus! Enquanto eu pregava, mal conseguia manter os meus pés no chão. Algumas vezes, fico a pensar no quanto nós - servos de Deus - carecemos de buscar a face do Senhor; para que Sua revelação possa fluir por nosso intermédio.
 
Este texto apresenta alguns princípios para uma vida cheia do Espírito:
 
"Rogamo-vos, também, irmãos, que admoesteis os desordeiros, consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos, e sejais pacientes para com todos. Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos. Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, o qual também o fará. Irmãos, orai por nós."
(I Tessalonicenses 5.14-25)
 
Devemos fazer todo o possível para vive-los em nosso dia-a-dia.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Caixinha tinta de vermelho

 

Bom é estar em Tua presença, Pai; quebrantado e pleno de certeza quanto ao Teu amor para comigo, simples mortal. Ao lidar com minha natureza humana, sou sabedor de que a linha que separa o meu cérebro do de um primata é tênue; no entanto... É esta diferença que faz dele um primata e de mim coroa de Tua criação. Considero o maior privilégio Te conhecer como Senhor e Salvador... Por saber que me amas, mesmo sendo eu quem sou. Infeliz o homem que não possui este saber; tanto quanto é feliz quem Te conhece. Te glorifico, querido Pai, por minha vida!
 
Sinto prazer em te buscar tão cedo; bem antes que a terra complete o giro que traz o brilho e o calor do sol ao nosso continente. Ao olhar o firmamento e procurar identificar as estrelas que nele reluzem, eu me recordo de Davi, Teu servo; em pleno campo, suportando o frio da noite, ao cuidar de suas ovelhas - que na verdade não eram suas - posto que eram ovelhas de seu pai. Sei que o modo como ele cuidou daquelas ovelhas por procuração, fez com que se tornasse capaz de vir a tornar-se o pastor de Israel. É assim que eu me sinto... Pastor do Teu povo, amado Pai!
 
Enquanto aqui estou, buscando Tua presença gloriosa; sou levado a pensar em minha própria vida... E me sinto como se fosse uma pequena bolha de sabão em pleno movimento de uma vida temporária; que sobe ao Teu encontro... Enquanto descreve círculos e linhas em sua breve existência. Que bênção eu sinto em poder pensar assim! Jamais Te conhecerei plenamente, isso não me canso de saber... Mas sinto alegria em saber que Tu conheces muito bem a minha vida... Contemplando esta caixinha tinta de vermelho que trago no peito; pulsante por dentro, que chamam de coração.
 
Neste texto, somos exortados a viver uma vida prudente e sábia, cheia do Espírito: "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração" (Efésios 5.15-19). Mantendo o coração pleno de louvor e adoração.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari