domingo, 21 de janeiro de 2018

Cada reunião que fazemos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Nas reuniões semanais, que Maria Célia & eu temos feito nos lares, tenho visto a manifestação do amor de Deus e o agir do Seu Espírito em nosso meio. Traz grande conforto ao coração saber que o Senhor remove a nossa mancha, renova as nossas forças, restaura a nossa sorte, e redime a nossa vida do pecado. Em cada reunião que fazemos - seja no templo ou nas casas; procuramos demonstrar a eficácia do sacrifício de Cristo, e seus efeitos, na vida de quem nele crê. Vejo cristãos se desviarem e até se suicidarem; todavia... Não há justificativa para tais atitudes.

O povo de Deus é sustentado pela Palavra de Deus e mantido pelas promessas de Deus. Portanto, não existe razão alguma - seja traição de amigos, cruéis tentações, ou males do mundo - que justifique atos pecaminosos e atos de loucura. Logo, qualquer medida extrema, contrária ao propósito de Deus, é inaceitável! O fato de alguém ter um histórico de bondade não o absolve de maldades praticadas - seja contra si; seja contra os outros. No entanto... É comum, pessoas culparem terceiros pelo fracasso de alguém. Até porque, nós nunca sabemos julgar corretamente.

Sempre julgamos mal, quando julgamos fora dos parâmetros da Bíblia:

"Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos. Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado. E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos."
(Hebreus 12:3-8)

A Palavra de Deus é o perfeito aferidor, das nossas palavras e ações.

Esta canção resume muito bem um dos mais importantes princípios da vida:
https://youtu.be/2PeDgzbqjj4

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Logo de manhã

A imagem pode conter: texto

Logo de manhã, preparei o meu lugar de oração... E agradeci. Veio ao meu espírito esta antiga canção: "Até aqui nos ajudou o Senhor e sempre ajudará..." baseada no testemunho de Samuel. Lembrei que a cantamos ontem, no culto ao Senhor em Ílhavo... Momento enriquecedor. Como somos, por Deus, ajudados! Nem imaginamos quanto Ele nos ajuda! Graças a Deus! confesso que não sei viver, sem Sua sombra acalentadora sobre minha vida. Que bênção é poder ver Seu cuidado sobre minha casa... Nada infunde maior confiança e descanso! Obrigado meu Deus, por tudo!

Obrigado Senhor! Ainda que o adversário insista em nos induzir ao lamento e queixa; todavia, temos Tua voz (as vezes sutil; as vezes retumbante) sempre a nos apontar o Norte da Vida. Glória a Deus! Como viver sem Ti, eterno Deus? Como sou feliz por Te conhecer! Ao mesmo tempo, penso na multidão incontável que segue sem sair do lugar... Sem saber para onde ir. Misericórdia, meu Senhor! Vejo tantos cristãos (alguns até bem atuantes) se queixando da vida; envoltos em seus problemas e conflitos, sem se aperceberem do tesouro que possuem - ainda que em vasos de barro.

Que grande confiança esta, de Samuel: "E sucedeu que, estando Samuel sacrificando o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; e trovejou o Senhor aquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os confundiu de tal modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel. E os homens de Israel saíram de Mizpá; e perseguiram os filisteus, e os feriram até abaixo de Bete-Car. Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor." (1 Samuel 7:10-12). Mas Samuel conhecia o Deus eterno!

Que canção aconchegante! Faz bem ouvir e cantar:
https://youtu.be/iB2L8zJJ-Ho

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Vale sombrio

A imagem pode conter: texto

Em algumas declarações, vemos este mundo ser comparado a um vale. A mais importante delas é a que está no Salmo 23, que chama este mundo de "vale da sombra da morte". Realmente... Para um cristão comprometido com a Palavra de Deus, o mundo é de fato um vale sombrio. O próprio Jesus assim nos falou: "no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16:33). Para qualquer observador, não é difícil notar que o mundo escurece cada vez mais; e que abate quem anseia por dias mais promissores. Só olhando para Jesus - a Luz do mundo.

Uma expressão muito utilizada é a que compara este mundo a um "vale de lágrimas". Na verdade... Para qualquer lado que nos viremos encontraremos olhos lacrimejantes. Cenário de angústia pode ser visto em qualquer lugar - entre ricos e pobres, cultos e incultos. Todavia; podemos encontrar descanso e paz em Cristo Jesus - presença certa na vida de quem anda no vale; mas, que nele deposita sua fé. A Palavra de Deus afirma que "enxugará o Senhor DEUS as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra" (Isaías 25:8). Louvado seja o Senhor!

Tendo sido pega em adultério; a mulher pecadora não tinha a menor chance de sobreviver: "E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais. Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida." (João 8:10-12). Mas, Jesus iluminou suas trevas, a livrou da morte, e lhe deu nova vida.

Seja qual for o vale, temos a certeza do cuidado de Jesus:
https://youtu.be/IxpWNuxGmzc

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Mundo perigoso

A imagem pode conter: texto

Mundo perigoso este. Bem falou o Senhor Jesus, ao nós alertar: "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16:33). Precisamos mesmo orar... E orar sempre! Não sei se são poucos ou muitos, os crentes que conseguem ver o descalabro em que este mundo se encontra... Algo nada novo; pois o Senhor Jesus sempre nos advertiu quanto ao fim trágico reservado aos que colocam toda sua fé e esperança neste mundo condenado.

Me faz bem ouvir a canção cristã baseada no clássico de Johan Sibelius, compositor finlandês (1865-1957); e que está postada logo abaixo. Ela nos conclama a descansar em Deus. Todavia, este descanso só é possível através de Jesus, que disse: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." (Mateus 11:28). Estou convencido de que a oração de um cristão traz ao seu espírito os valores espirituais que podem dar um novo rumo e sentido à sua vida moral e familiar... Em nome de Jesus!

Sempre que leio este texto bíblico, sinto suas marcas em mim: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." (1 João 2:15-18). Realmente... O amor ao mundo traz primeiro decepção; depois, a eterna perdição.

Esta antiga canção sempre me faz lembrar o salmo 23:
https://youtu.be/1iK0I7efDUc

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A natureza geme

A imagem pode conter: texto

A natureza geme... Seus gemidos aumentam de ritmo e volume a cada dia. O ribombar dos terremotos e eclodir dos vulcões são ouvidos a longa distância, sem que se possa fazer alguma coisa para conter a sua fúria. E eles se fazem ouvir nos quatro cantos do planeta, derrubando, revolvendo e incinerando tudo a sua volta - mesmo em lugares em que antes, não era comum o seu aparecimento.

Seus gemidos podem também ser ouvidos, no rugir das ondas do mar e no zumbido assustador dos tornados e furacões. E não há meios de se estabelecer limites, para tamanhas forças da natureza; de modo a impedi-las de invadir as cidades costeiras com suas temidas "tsunami"; ou mesmo evitar que os seus tornados levem, literalmente, para o espaço - casas, objetos, animais, até pessoas.

Os seus gemidos chegam até bem perto de nós - através das cheias dos nossos rios e igarapés; e dos deslizamentos das encostas, fazendo com que um bucólico ribeiro serpenteando o vale, se transforme repentinamente em um caudal de água e lama, que a tudo leva pela frente; sem que possamos fazer algo mais do que lutar com bravura para procurar salvar nossa família e a própria vida.

Esta passagem bíblica nos alerta quanto a isto:

"Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo."
(Romanos 8:19-23)

E cabe a todos nós, buscar segurança em Deus.

O tropeço de um cantor não invalida uma canção profética:
https://youtu.be/nsYcRlvHtQU

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Uma preciosa oração

A imagem pode conter: texto

Tanta necessidade eu senti, de orar nesta manhã (talvez, a mais fria que tenho vivido em Portugal). Chegamos em casa as três da manhã; vindo do Algarve. Neste fim de semana, lá estivemos com o Bispo Geraldo e o Pb Eduardo; foi abençoador, estarmos na inauguração do novo salão da frente missionária Portimão, e abraçarmos o Pr Armando, Pr Miguel e família, juntamente com  os pastores e vários irmãos do Distrito do Algarve. No domingo, preguei na IMW Lagos, sob o pastorado do Pr Saulo. Também tivemos um bom momento com Maristela, em Tavira; com o Pr Litamor, em Albufeira; e com o Pb Alberto, em Lagos. Que bênção!

Falando sobre oração... Me prostrei aos pés do Senhor, movido por premente necessidade de buscar o favor de Deus. As vezes, Ele nos mostra coisas, sem que tenhamos ideia exata quanto ao seu real significado (isto acontece com muitos). O que vi me fez orar com gemidos; todavia, também agradeci do fundo do meu coração o seu cuidado para comigo e minha pequena casa. Que agradável! O Espírito me fez lembrar que não devemos lamentar dores ou perdas sofridas; e que - mesmo que recebamos coisas boas da parte dos homens - "O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu." (João 3:27). Glória ao nome do Senhor!

Este salmo é uma preciosa oração: "Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca. A minha alma se gloriará no Senhor; os mansos o ouvirão e se alegrarão. Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos exaltemos o seu nome. Busquei ao Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos. Clamou este pobre, e o Senhor o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias. O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra." (Salmos 34:1-7). Sempre que o leio, me sinto edificado por ele. Glória a Deus!

Esta canção sacra sempre nos faz lembrar o texto de Mateus 8:23-27:
https://youtu.be/pwF-TGT-S8s

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 13 de janeiro de 2018

Confronto Lei versus Graça

A imagem pode conter: texto

Em janeiro de 2012, postei mensagem sobre o confronto entre a lei e a graça, sem que se veja sinal de seu abrandamento; pois a intolerância nas relações humanas vem fazendo crescer - este e outros confrontos e ameaças, nos mais diversos setores (seja no militar ou civil, político ou religioso, santo ou profano). Porem esta atmosfera não traz novidade alguma em seu rastro; pois a Bíblia nos adverte, em vários textos, que os últimos dias seriam assim. 

Na história do cristianismo, percebemos um confronto que vem afetando a vida da Igreja de Cristo ao longo dos séculos - desde os seus primeiros dias; que é o embate entre as doutrinas - do antigo e novo estamento. À luz da Bíblia, este tipo de conflito (entre a Lei e a Graça) nem deveria existir entre cristãos; pois a inequívoca posição do próprio Deus e de seus apóstolos, foca a doutrina da maravilhosa graça de Cristo Jesus, na qual a salvação se baseia.

Ao estudarmos os ensinos neo-testamentários podemos ver que esta polêmica é vista pelos apóstolos, como se fossem pregados dois tipos de evangelho: O evangelho da lei e o evangelho da graça. Concernente a isto, Paulo denuncia a pregação das obras da Lei como um "outro evangelho". Em seu apostolado, percebemos que o único foco é a pregação do evangelho da Graça - ao qual, ele aponta como único e verdadeiro Evangelho de Cristo.

Na Bíblia podemos ler que "antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados. Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio." (Gál. 3:23-25). E que, "se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei." (Gál 5:18). Portanto, "o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça." (Romanos 6:14). Enfim... Vivemos sob vigência da graça!

Esta advertência deve ser levada em conta: "Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema" (Gálatas 1:6-8; 2:16). Pois, salvação é pela graça.

Glória a Deus! Só pela graça de Jesus é que podemos ser salvos:
https://youtu.be/FmEdBPnL3FA

Cordialmente;
Bispo Calegari