segunda-feira, 22 de maio de 2017

Porque a vida passa

A imagem pode conter: 3 pessoas, texto

Precisei levantar mais cedo para orar, em madrugada fria com que Petrópolis nos brinda. O motivo, foi orar em favor de minha querida esposa e meus queridos filhos, que fizeram anos (Pr. Calegari, nesta quinta, dia 18; Maria Célia e Elizeu hoje, dia 21; Ezequiel, 25 de abril; Daniela, 19 de janeiro). O tempo passa tão depressa que nem notamos (meus filhos já estão na casa dos 40 anos). A Bíblia alerta que: "toda a carne é como a erva,e toda a glória do homem como a flor da erva.Secou-se a erva, e caiu a sua flor" (1 Pedro 1:24). Não esqueçamos de buscar a Jesus enquanto ainda temos tempo... Porque a vida passa.

Vejo as pessoas perderem seu tempo com o que não é de proveito algum, gastando os seus dias sem nenhuma noção do quanto irão se arrepender, por não terem aproveitado melhor os dias passados. Mas, infelizmente, não adianta muito falar sobre isto; pois - diferente daqueles que aprendem com os erros dos outros; existem muitos, que só conseguem aprender com os seus próprios erros (na maioria das vezes, sem chance de reparar o mal feito ou de recuperar o tempo perdido). A minha esperança é que os que desperdiçam seu tempo; ainda tenham tempo de por a vida em ordem, aceitando Jesus como Senhor.

Ainda lembro como este texto bíblico me falou, na primeira vez que o li: "E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galileia, pregando o evangelho do reino de Deus, E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. E, andando junto do mar da Galileia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens. E, deixando logo as suas redes, o seguiram." (Marcos 1:14-18). Nele, Jesus dá destaque ao arrependimento e fé no evangelho! 

Precisamos agradecer a Deus por belas canções, como esta:
https://youtu.be/Pjcrp4g0GvU

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 21 de maio de 2017

Bendita graça de Deus

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

Sinto prazer em me manter apegado aos valores bíblicos e morais, que abracei desde que me converti ao Senhor Jesus. E assim vivendo; não aceitarei argumentos convincentes sobre conceitos discutíveis - ainda que razoáveis; e não me deixarei enganar por sentimentos adocicados, próprios do homem natural - ainda que praticados pela maioria das pessoas à minha volta. Minha vida está ligada à minha crença, que adotei ainda jovem, e viverei nela e por ela - ainda que os meus olhos vejam muitos a mudar de lado. Portanto; não abrirei mão de meu credo no Senhor Jesus e em Sua Palavra!

Nesta manhã, enquanto eu cantava "Consagração" (canção que lançou Aline Barros); fiquei pensando nas maravilhas de Deus, que estão impressas no mundo natural (o verde das matas, o colorido das flores, a beleza dos animais, a vastidão dos mares, a imponência das montanhas, a nobreza do ser humano). Tanta riqueza junta a testificar da majestade do Criador! Glória a Deus! Deus é sábio, perfeito, amoroso e eterno! O pecado não alterou o Seu amor para com o homem; pois deu Jesus para nos salvar. Sim! Somos salvos pela graça, restaurados pela graça, somos filhos de Deus!

A Bíblia nos adverte, quanto ao caminho dos pecadores; "Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;" (Efésios 3-6). Bendita graça de Deus!

Consagração: Esta deve ser a atitude do verdadeiro cristão:
https://youtu.be/Mhf1Ga4Kc2I

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 20 de maio de 2017

Servo de Deus que não ora

A imagem pode conter: texto

Ao longo de minha vida cristã, tenho procurado manter minha fé viva e meu amor atuante; e não conheço meio melhor para este fim, que manter o lugar de oração sempre aquecido. Sei que a Palavra de Deus pode guardar do desvio moral; mas é a oração que nos livra da frieza espiritual. Então... Não devemos permitir que o sol se ponha sobre nossa omissão; pois orar, além de ser  a melhor preparação para a obra do Senhor; é também questão de sobrevivência espiritual. Um servo de Deus que não ora, não irá muito longe; e, se for, chegará ao final de sua vida frio e indiferente.

Hoje mesmo, enquanto eu orava; expus à Deus minha gratidão por tudo que tem feito por mim e minha família. Tenho feito tão pouco em retribuição; todavia... Até o pouco que tenho feito; o tenho feito sob a luz de Sua presença e manifestação do Seu poder. Na verdade... Conforme o dizer de uma canção em declaração profética: Do Senhor é todo o trabalho; e o meu trabalho é tão somente descansar n'Ele. Portanto... Não devo temer o amanhã cheio de lutas e desafios; pois os meus olhos estão postos bem além do horizonte sombrio e a minha vida repousa segura em Jesus.

Eu perdi a conta, das vezes preguei sobre este texto bíblico: "Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos. Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal." (Salmos 37:4-8). Eu creio e vivo sob a sombra que ele projeta.

Eu gostava de ouvir meu filho Ezequiel cantar esta canção:
https://youtu.be/yOXmW48OIVs

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Meu espírito se levanta

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Hoje de manhã, o Espírito de Deus me levou a refletir sobre vida presente e vida futura; mas, algo fora dos padrões normais do pensamento. Pensei na beleza e alegria do céu... Porém; como poder imaginar a cor e o som de um lugar envolto em mistério? Pois, assim é o céu (ao menos para mim)! Pensei nas lutas e provações da terra (isto é mais fácil imaginar, pois é o que vemos todos os dias). Geralmente, quanto pensamos na vida presente; somos tendentes a pensar nas coisas que nos foram tiradas e que nos foram negadas. Porém, a vida é bem mais que perdas sofridas.

É comum vermos alguém externar dor e pesar, por não ter sido ajudado ou lembrado. Quanto a mim; vivo esta realidade diária: Quando minha alma tenta lamentar a dor de ter sido esquecida, ou de algo que lhe tenham negado; o meu espírito se levanta e questiona: Como cobrar coisas daqueles que devo amar, e que não consigo amar em plenitude? E logo, canto uma canção de louvor a Deus e sigo em frente; pois, recebo sempre bem mais do que valho e tenho bem mais do que mereço. Além disto; são tantos os que sofrem mais que eu... Oh, meu Deus! Tu é fiel! Aleluia!

Como eu aprendo com este testemunho bíblico: "Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4.10-13). Amém, Senhor!

Perdi a conta das vezes que cantei (e ainda canto) esta canção:
https://youtu.be/dBiNmX2Hr6E

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Oração no começo e no fim

A imagem pode conter: texto

São tantas coisas a ocupar meus pensamentos, nesta bela e fria manhã de quinta-feira... Portanto, precisei me estender perante o Senhor (como habitualmente costumo fazer); todavia, por razões tão diversas - desde o aniversário de meu primogênito, Pastor Calegari (motivo de grande alegria); até a crise que se instalou no Brasil, nos últimos anos, em agravamento crescente (motivo de grande preocupação). Então, devemos orar pelos bons motivos (oração de gratidão de louvor) e também, pelos maus motivos (oração de súplica). Pois, oração deve estar no começo e no fim de tudo.

Tenho visto crentes envoltos em crises (pessoal e familiar); que não demonstram nenhum sinal de que, concretamente, dedicam tempo à oração. Conheço alguns que vivem a pedir orações de terceiros, mas que não oram - sem se aperceberem do valor de suas próprias orações. Estou convencido, com base em ensino da Bíblia e experiência pessoal; que as orações podem prevenir da doença ou antecipar sua cura. Logo, um cônjuge com problema em seu casamento deve orar sem esmorecer por sua família; e pais que choram por filhos desencaminhados, devem orar por sua vitória.

Este texto é um incentivo à oração: "E o Senhor apareceu de noite a Salomão, e disse-lhe: Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (2 Crônicas 7:12-14). Desde cedo aprendi muito com ele. Louvado seja Deus!

Gosto muito das canções de Beatriz. Esta é sobre oração:
https://youtu.be/qIRCAIdv9Y8

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Não devemos estranhar

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Sempre que retorno à casa, sinto prazer em poder voltar ao meu lugar de oração preferido. E hoje de manhã, ao despertar para o novo dia, enquanto me dirigia à oração da madrugada; fiquei a pensar com os meus botões... Algumas vezes, somos tomados por certo tipo de tristeza, cuja razão e origem não é facilmente encontrada (penso que isto deve acontecer com toda a gente). Na verdade, a vida costuma intercalar alegria e tristeza; pois são experiências necessárias ao nosso amadurecimento. Logo, não devemos estranhar; e sim, tentar conhecer sua causa e razão.

A mesma Palavra de Deus que a todos ensina, que "a alegria do Senhor é a vossa força." (Neemias 8:10); também certifica, que "a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação da qual ninguém se arrepende;" (2 Coríntios 7:10). Logo, ambas as experiências cooperam para nossa edificação; contanto, que nossa alegria seja mesmo "do Senhor" e nossa tristeza seja de fato "segundo Deus". A Bíblia diz que tudo aquilo que fizermos, deve ser para a glória de Deus (1 Coríntios 10.31). Mas isto só é possível se estivermos em Cristo, procurando viver cada dia no Senhor.

Este texto bíblico sempre me reconduziu a uma vida de entrega: "Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. O que come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus. Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si.  Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor." (Romanos 14.6-8). Em minha vida cristã eu aprendi, que submissão é preciso!

No culto, Maria Célia fez menção desta canção, que cantamos:
https://youtu.be/4Oh6hhUIpMk

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 16 de maio de 2017

Laços de amor e fraternidade

A imagem pode conter: texto

Ontem de manhã, viajamos de volta à Petrópolis - após um fim de semana rico e enriquecedor aqui em Volta Redonda. Dentre as alegrias que tivemos; está a de termos pregado três vezes, na IMW Vista Alegre, a de termos almoçado com os nossos primos - Joselita, Silas, Jonas, Joeci e seus cônjuges; e a de termos sido hospedados na casa de nossos cunhados - Murilo, Hallison, seus filhos (nossos queridos sobrinhos). Não exagero, ao dizer que o Senhor fez algo maravilhoso na igreja! Pois, ainda esta vez, Deus pôde nos usar para Sua glória e edificação de Seu povo. Glória ao Senhor!

Vivemos um tempo, em que laços de amor e fraternidade cristã precisam ser cultivados e fortalecidos. A Palavra de Deus assim declara: "Oh, quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união." (Salmo 133.1). Portanto, viver em comunhão com os irmãos - além de ser bom e suave; também atende à orientação do próprio Deus. O servo de Deus Josué, ao se posicionar ante o povo de Israel, assim se pronunciou: "eu e a minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24:15). Portanto, a unidade da família aliada à unidade cristã é mandamento bíblico: Enfim... Obedecer é preciso!

Este salmo me edifica muito: "Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor. O Senhor te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida. E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel." (Salmo 128.1-6). Ele põe em destaque o temor de Deus e a estabilidade da família.

Como esta canção edifica a quem a ouve! Glória a Deus!
https://youtu.be/FoFbr6wYSrM

Cordialmente;
Bispo Calegari