quarta-feira, 29 de março de 2017

Oração da madrugada

A imagem pode conter: nuvem, céu e texto

Meus olhos se abriram para a oração da madrugada... Não posso me negar este direito vestido de dever; pois orar faz bem ao corpo e à alma - à nós e aos outros. Então, devemos orar; pois a oração nos torna mais dependentes de Deus... Como não depender dele? Se tudo que sustenta a vida vem de Suas mãos? Dependo de Senhor, para pregar e cantar, para sorrir e chorar, para perder e ganhar. Sim! Dependo de Jesus, para o esperado e para o inesperado, para crer e para entender; pois a vida é repleta de surpresas, de imprevistos... Então, dependo dele, até mesmo para conviver e lidar com a inevitabilidade.

Não oração da madrugada, agradeci por ser amado e lembrado; por ter família e missão; por ter noção e visão; enfim, por ser quem sou, mesmo sem ainda ser quem Deus quer. Obrigado, Senhor! Pois sei que posso confiar em ti; mesmo quando tudo a minha volta diz que não. Obrigado, por saber que minhas orações são respondidas e por saber que minha fé tem recompensa; pois como diz um antigo hino,  "em nada ponho a minha fé, senão na graça de Jesus". E assim, na dependência do Senhor; sigo plantando e colhendo sempre... Sem medo dos maus dias, ou da má sorte; pois eu sei que meu Jesus vive!

Gosto muito de refletir sobre este texto da Bíblia: "Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4:10-13). Sempre que o leio, percebo o quanto ele me inspira!

Esta canção traduz perfeitamente meu sentimento:
https://youtu.be/PI3eEPjU7H0

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 28 de março de 2017

Peregrinos em direção ao céu

A imagem pode conter: texto, atividades ao ar livre e natureza

É sempre bom retornar à Volta Redonda. Desta vez para pregar na IMW do Aterrado, a convite do Pastor Francisco Mafra, em cuja casa estamos hospedados. Além dos familiares que temos aqui; em nossa história de vida e de ministério, constam importantes detalhes ocorridos nesta querida cidade. Enquanto Maria Célia e eu estamos a nos preparar neste domingo nublado; fico a pensar nos caminhos percorridos por homens de Deus do passado, cuja história sempre me inspirou... É admirável a saga de José, com rota de sofrimento, entre Canaã e o Egito. E Daniel? Que caminho sofrido até Babilônia! Eles não seriam os servos de Deus que foram, se tivessem optado por seguir em um outro caminho.

Assim somos nós... Viajantes percorrendo caminhos, na linha do tempo, cuja rota não sabemos aonde vai dar. As vezes, pensamos em desistir, tal o rigor da caminhada com destino tão incerto. Porém, não nos cabe buscar rota diferente daquela que o Senhor nos traçou; pois o caminho de Deus não é um roteiro turístico com direito a programa alternativo. Pois, no caminho da vida, não somos turistas em busca de diversão; mas, peregrinos em direção ao céu. Percebo que um grande número de crentes (até pastores e obreiros) parece ignorar esta realidade; pois vivem a se queixar das agruras da jornada (como se sua jornada merecesse caminho melhor). Meu Deus! Quando vamos entender isso?

Este texto sempre me impressionou; especialmente, pelo modo claro como define a jornada rumo ao céu: Então disse Jesus aos seus discípulos: "Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras." (Mateus 16:24-27). Creio não haver um só cristão em todo mundo, que desconheça as suas reais implicações.

Senti desejo de fechar esta reflexão, com está linda canção:
https://youtu.be/xzAD5MOGVRg

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 27 de março de 2017

Buscando graça e sabedoria

A imagem pode conter: texto e atividades ao ar livre

Tenho orado a Deus, buscando graça e sabedoria para entender e lidar com este mundo; pois, se o ser humano é incapaz de entender seus próprios sonhos e sentimentos; como então conseguirá lidar com os conflitos e paixões que incendeiam o mundo? A Palavra de Deus declara que "Os homens maus não entendem o juízo, mas os que buscam ao Senhor entendem tudo." (Provérbios 28:5). Então, vivendo entre os maus; preciso me distanciar da maldade reinante, buscando ao Senhor em todo tempo. Lemos aqui, que os maus não conseguem entender nem mesmo o juízo... Todavia; precisamos ir um pouco mais além, para entendermos melhor tudo que se passa à nossa volta.

Se alguém me perguntar: "Mas, o que eu preciso entender melhor?" Eu simplesmente respondo, que - vivendo em um tempo de tantas barbáries e contradições - todos nós precisamos buscar entender e lidar com os conflitos de nossa própria família; e com os desafios à nós impostos diariamente. Na verdade, até mesmo para lidar com o nosso próprio tino e com nossos desatinos, precisamos recorrer à ajuda do Senhor. Não nego que, sob certos limites, seja possível ter melhor compreensão da vida - tanto pela observação, como pelo amadurecimento. Porém, como a vida vai além dos nossos limites; devemos orar a Deus em busca de mais sabedoria e mais entendimento. 

Estou convencido que o mundo seria bem melhor, se todos tivessem Jesus no coração e se orassem a Deus, como recomenda este texto: "E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos." (Tiago 1:5-8). Falando sinceramente, eu não sei dizer como seria minha vida sem Jesus... Mas sei não seria nada boa.

Louvo a Deus pelas canções do Paulo Cezar, cheias de sabedoria:
https://youtu.be/wJ0cahfGGFU

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 26 de março de 2017

Ponte sobre o abismo

A imagem pode conter: texto

Penso não haver um dia em que eu não considere a proximidade da vinda de Jesus... Como se meu espírito estivesse atrelado a esta lembrança. Estou convencido que o ser humano foi criado e nasceu com estas três finalidades: Adorar a Deus, servir ao próximo e viver eternamente com o Senhor. Não ignoro que o pecado, por ocasião da Queda, contaminou esta tríplice missão; daí vem a incapacidade do ser humano, em cumprir plenamente este pressuposto. A Bíblia diz que "o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou." (Romanos 7.11). Enfim; o pecado pode matar!

Na verdade, não posso pensar na vinda de Jesus; sem pensar no amor de Deus pelo ser humano, que criou o único modo de salvar a todos, da sentença condenatória que pesava sobre nós; "porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3.16). Na verdade, Jesus é a Ponte sobre o abismo que nos separa de Deus. Portanto, ele é o único Caminho que nos conduz à Vida eterna. Somente nele, temos vida e paz! Fora dele, resta uma desagradável sensação de que "alguma coisa mais" está faltando em nossa vida.

Este é o mais importante testemunho, sobre a diferença que existe, entre o ter e o não ter Jesus. A Bíblia diz que "Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu. E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida." (1 João 5:10-12). Portanto, devemos pensar seriamente neste assunto; sem ficar protelando para um "dia seguinte", que pode nem chegar a nascer. Hoje é o dia da oportunidade!

Esta é mais uma "perola" entoada pelo saudoso Nelson Ned:
https://youtu.be/Q5ID69MEBMM

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 25 de março de 2017

Amor, graça, perdão e paz

A imagem pode conter: texto

Senti necessidade de levantar bem mais cedo para orar... Sei que valeu a pena! Aliás... Sempre vale! Após uma intercessão que senti necessidade de fazer; busquei do Senho, condição para lidar com este tempo que vivemos - tempo marcado por dores e contradições; sem que se vislumbre sinais de mudança no modo de ser e de viver  das pessoas. Então, senti grande conforto do Espírito de Deus, que me brindou com quatro palavras, já bem conhecidas no meio cristão: Amor, graça, perdão e paz. Entendi muito bem, o sentido e aplicação das mesmas, neste momento especial passado na presença do Senhor nosso Deus.

Na verdade; estas quatro palavras sintetizam tudo aquilo que Deus tem feito em nosso favor. Senão, vejamos: Na medida em que nos deixamos envolver por Seu amor, Sua graça nos salva, Seu perdão nos absolve, e sua paz sela a nossa justificação. A Palavra de Deus nos diz que "tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação" (2 Coríntios 5:18). Portanto, à nós só nos cabe: Arrependimento e fé. E a partir deste começo; é só viver a nova vida que Jesus preparou para nós! Portanto... Dele somos, por ele vivemos e para ele nós iremos!

Perdi a conta, das inúmeras vezes que recorri a este texto da Bíblia buscando direção, resposta ou simplesmente conforto divino: "Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos." (Romanos 14:7-9), Na verdade, todos nós precisamos crer e praticar a Palavra de Deus em nossa vida e proceder; pois somente nela, temos  plena segurança e paz.

Sempre senti em meu espírito, os efeitos da mensagem desta linda canção:
https://youtu.be/28D0bQo_cvw

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 24 de março de 2017

Votos e obrigações diárias

A imagem pode conter: texto

Precisamos ser guiados por Deus; pois existem cuidados e deveres que não podemos negligenciar, sob pena de perdermos benefícios futuros, ou de nos perdermos eternamente. Um deles, diz respeito aos votos conjugais, nos quais nos comprometemos diante do Senhor e de testemunhas - que amaríamos, protegeríamos e honraríamos o nosso cônjuge até a morte. Infelizmente, muitos esqueceram seus votos feitos e carregam em sua vida, boas e tristes lembranças, que o tempo não consegue apagar; mesmo vivendo uma nova relação. Outro, diz respeito ao nosso descaso com obrigações espirituais... Meu Deus! quantos males resultam desta negligência! Misericórdia!

Ao refletir sobre cuidados e obrigações diárias; chego à conclusão, que estes atos - de cuidar da família, respeitar o próximo, temer a Deus e amar a todos - compõem um conjunto de ações, que não devem ser descuidadas, sob pena de sofremos inevitáveis consequências no mínimo dolorosas e as vezes trágicas. Estas quatro atitudes são princípios basilares que sustentam e dão significado à própria vida humana. Estou certo que todos os males e flagelos que afligem este mundo, têm uma relação direta com a quebra destes princípios - em maior ou menor escala - desfazendo sonhos, destruindo projetos e arruinando vidas. Então; observar os mesmos é medida preventiva! 

Este texto corrobora o que escrevi: "Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos. Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo." (1 Tessalonicenses 5.15-23). Portanto... Precisamos deixar Deus nos guiar!

Gosto de ouvir esta canção - muito importante em minha vida:
https://youtu.be/BdLY3F5N5oo

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 23 de março de 2017

Obrigado Senhor

A imagem pode conter: texto

Obrigado Senhor! Hoje, assim que me levantei, senti um forte desejo de expressar minha gratidão. Sou grato por tudo; mas, neste tributo de gratidão, preciso pôr razões específicas que marcam minha vida!

Obrigado Senhor! Por minha pequena casa, com as 16 almas que dela fazem parte; e pela bolha de imunidade que nos envolve, dando sustento e segurança, enquanto seguimos em um mundo tão hostil.

Obrigado Senhor! Pelo dia que sucede à noite, em sagrada rotina concedida à todos; e que nem todos percebem seu valor. Sou grato Senhor, pelo alvorecer para o trabalho e pelo anoitecer para o descanso.

Obrigado Senhor! Pela fé que me mantém firmado na Rocha eterna, pela esperança no lugar que Jesus preparou para mim, e pelo amor de Deus que enche meu coração. Enfim, por tudo. Obrigado Senhor! 

Aleluia!

"Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Sabei que o Senhor é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto. Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. Porque o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia; e a sua verdade dura de geração em geração."
(Salmo 100)

Amém!

Pare cinco minutinhos e ouça esta canção que coroa meu humilde tributo:
https://youtu.be/xjINgXNLftI

Cordialmente;
Bispo Calegari