quinta-feira, 21 de maio de 2015

Importantes para mim

 

Esta semana traz consigo aniversários por demais importantes para mim! Na segunda-feira, meu filho Pastor Calegari completou 44 anos de vida; e hoje, minha esposa Maria Célia completa 61 anos e meu filho Elizeu 43 anos. Agradeço a Deus por suas vidas; e também por meus filhos Ezequiel e Daniela, bem como; por minhas noras, Simone e Synara; meu genro Alessandro; e meus netos: Isabela, Rafaela, Carolina, Alexandra, Arthur, Eduardo e Beatriz. Sei que não sou merecedor de tão grandes bênçãos em minha vida; mas serei eternamente grato por elas! Na verdade, precisamos demonstrar gratidão a Deus, por Sua graça e amor para conosco; e por tudo que recebemos dele enquanto aqui vivemos.
 
Maria Célia 
 
Em meio a tão agradáveis sentimentos, fiquei a pensar em minha salvação... Ela se tornou possível, por ter custado a vida de Jesus, que pagou preço de sangue por meu resgate. Na verdade, ele não foi forçado a nos salvar; pois se entregou voluntariamente, sem medir esforços. Deste modo, embora a salvação seja dom gratuito, ela custou a própria vida de Jesus. Portanto, por mais que reconheçamos ou nos esforcemos para corresponder; jamais conseguiremos pagar por tão grande ato de amor. No entanto... Penso que, se conseguirmos ser fieis e leais ao Salvador, já será de bom tamanho a nossa fidelidade. Todavia, o pior é que nem isto a maioria dos crentes consegue ser: Fieis a Quem lhes deu a vida eterna!
 
Elizeu Calegari
 
Enquanto eu medito no amor e no cuidado de Deus; faço deste texto bíblico o meu testemunho de vida: "Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o Senhor te fez bem. Porque tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas, e os meus pés da queda. Andarei perante a face do Senhor na terra dos viventes. Cri, por isso falei. Estive muito aflito. Dizia na minha pressa: Todos os homens são mentirosos. Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito? Tomarei o cálice da salvação, e invocarei o nome do Senhor. Pagarei os meus votos ao Senhor, agora, na presença de todo o seu povo." (Salmos 116:7-14). Não tenho dúvida! Jesus é a Luz que ilumina meu viver!
 
Que prazer sinto, ao recomendar esta canção dos Vencedores por Cristo:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Louvei a Deus no íntimo


No domingo passado, em Medeiros Neto; durante o culto de encerramento da festividade da IMW, recebi da parte de Deus uma palavra para a multidão reunida no templo. Após pregar; louvei a Deus em meu íntimo, pelo tempo gasto no lugar de oração; pois, o tempo ali passado, atualiza e amplia o nível de unção que - eu ou qualquer outro pregador - precisamos ter. Isto, se o pregador pretende falar aquilo que Deus quer que seja dito. Enquanto eu estive orando ao Pai, senti como se a graça se movesse e me envolvesse um pouco mais (sei que isto pode ser apenas impressão de minha parte; todavia, digo que senti o sobrenatural de Deus bem próximo). Que segurança este sentimento nos traz!
 
Enquanto procuro entender coisas tão profundas; chego a algumas conclusões que podem ajudar muito a todos nós, a quem que Deus chamou para a missão de pregar e ensinar: A primeira delas, que um pregador jamais cumprirá devidamente a sua missão, caso não se atenha especificamente ao que as pessoas precisam ouvir da parte de Deus, e não de si mesmo. A segunda é que, por mais dedicado e letrado que seja um pregador; ele não será verdadeiro em sua mensagem, se ela não lhe for dada pelo Espírito Santo; pois o princípio definido por Deus é que, ao Espírito Santo cabe a missão de revelar toda a verdade e propósito de Deus aos homens. Portanto, precisamos ser cheios do Espírito!
 
Realmente, precisamos do Espírito Santo: "Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou. Tenho-vos dito isto, estando convosco. Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." (João 14:23-27). Pois só ele pode nos capacitar a cumprir o propósito de Deus.
 
Faz um bem enorme, ouvir esta canção da Pastora Ludmila Ferber:
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 19 de maio de 2015

Até a verdade desconhecida


Estamos iniciando uma viagem; que precisa começar cedo, pois promete ser longa. Já marquei presença no lugar de oração, que é onde o dia deve ser iniciado. E fico a pensar comigo mesmo: Que amor é este; que nos assiste e motiva em meio às circunstâncias da vida? Que aponta o rumo de uma estrada jamais percorrida; cujo destino é o céu! Que graça é esta; que serve de manto e refrigério em meio às intempéries do tempo? Que reveste um ser tão frágil, chamado homem, a ponto de torná-lo capaz de suportar desafios dos mais diversos tipos! Que Deus é este; que nos amou tanto, que nos deu Seu Filho e nos brindou com eterna graça salvadora? Ele é o Deus de amor e graça, que nos ama como ninguém!
 
Enquanto fico a pensar... Posso sentir o quanto Ele me ama e me guarda! E, ainda bem, isto não é só comigo! Pois, meus familiares, meus amigos, meus irmãos... E até os que me querem mal sobrevivem deste amor e proteção. É bem verdade, que tamanho cuidado não é garantia de que não teremos aflições neste mundo; posto que, o próprio Senhor Jesus deixou bem claro que as aflições fazem parte do curso da existência. Todavia, mesmo em meio às tribulações desta vida; podemos nos considerar bem-aventurados; pois temos um Intercessor no céu (Jesus), que sempre intercede por nós; e um Condutor na terra (o Espírito Santo), que nos guia em toda a verdade revelada - rumo à verdade desconhecida!
 
O amor de Deus é real! "Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor." (1 João 4:7-12). Como é santo este amor!
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Pedi a Deus que me ajude


Hoje de manhã procurei lançar perante o Senhor, pensamentos e sentimentos que não correspondem ao Seu propósito em minha vida. Acredito que não exista uma só pessoa neste mundo, que não seja assaltada por sentimentos e pensamentos capazes de alterar o curso da vida, seja para melhor, seja para pior. E não existe melhor lugar para filtrar ou dosar os mesmos, do que o lugar de oração, na presença de Deus; ali, onde tudo deve começar (se há mérito ou virtude) ou terminar (se há rebeldia ou contradição); pois, se pretendemos andar e sentir segundo Deus, a única coisa que devemos deixar nos influenciar e condicionar é o Seu propósito para com a nossa vida. E, de fato... Não existe melhor lugar para resolvermos estas pendências, do que o lugar de oração.
 
Não ouso pedir a Deus que me acrescente fé, pois estou convencido de "que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (Romanos 10:17). Portanto, sei que a fé que nos aproxima de Deus vem por meio de Sua Palavra em um coração desejoso de obedecê-lo. No entanto, a fé não vem por conceitos religiosos, legalistas ou moralistas... Mas, pela pregação da fé. (Gálatas 3.2). Assim, quanto mais eu ouço a Palavra de Deus; mais a minha fé se desenvolve. Então, pedi a Deus que me ajude a manter meus pensamentos e sentimentos envoltos no manto da fé bíblica - despida dos conceitos e preconceitos construídos em torno dela - para que apenas Sua vontade seja levada em conta em minha vida; pois somente assim poderei, enfim, viver a essência do Seu querer.
 
Somente pela Palavra de Deus podemos obter a fé salvadora: "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho. Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente. Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala. Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus. Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:1-6). E somente pela fé na Palavra de Deus, podemos viver a plenitude da graça.
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 17 de maio de 2015

Esperança de vida futura


Enquanto estou no lugar de oração buscando a face do Senhor; sinto crescer em mim, um sentimento de conforto e segurança que não encontro em nenhum outro lugar. Então, me pergunto: Se estar na presença de Deus em oração é tão seguro e importante; por que não buscá-lo mais vezes, ao longo de um dia? E meu próprio homem interior traz a resposta: É porque nossa natureza humana e física não se sente tão à vontade na presença de Deus, como ela se sente em meio à ocupação e ao burburinho do mundo material ao qual está ligada. Assim, agradeci ao Senhor por ser tão amoroso e complacente para com os homens; e por me ter brindado com a vida abundante que alcancei em Jesus, meu eterno e único Salvador.
 
Agradeci a Deus, por poder viver a esperança de vida futura. Sei que é comum, entre nós, o conceito de que "a esperança é a última que morre". Mas isto só acontece entre as pessoas sem Deus no mundo; pois a esperança do céu não morre! Pelo contrário, ela nos aponta para a Luz do futuro e nos alimenta com reflexões, quanto ao lugar que Jesus foi preparar para nós. E quando o nosso dia chegar, ela não seguirá conosco (nem tampouco a fé), pois apenas o amor seguirá em nossa companhia para o lugar em que fé e esperança não tem mais sentido. Então, ela continuará por aqui (assim como a fé); cumprindo a missão de aquecer o coração dos crentes que ainda estarão por aqui, enquanto esperam seu dia chegar.
 
Aqui, somos envoltos no manto da fé, esperança e amor:
 
"O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor."
(1 Coríntios 13:8-13)
 
Mas, no céu, o amor de Deus abrange a tudo e a todos!
 
Recomendo ao cristão com esperança enfraquecida, que ouça esta canção do Grupo Hagios: www.youtube.com/watch?v=eTRrqYiSJbQ
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 16 de maio de 2015

Continuei adorando


Precisei levantar mais cedo; e me prostrar no lugar de oração, para conversar com Deus. Iniciei com adoração... E me lembrei do texto que diz: "Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado." (Salmos 55:22). Continuei adorando ao Rei dos reis e Senhor dos Senhores. Então, exaltei a Deus por seu cuidado para comigo; e fui lembrado que injúria e acusação não tem futuro contra um escolhido de Deus, pois Ele mesmo é quem o justifica. Então, louvei ao Deus do céu por ser um aqueles que Ele chamou e enviou.
 
Ainda em oração, agradeci o Seu cuidado - ao mesmo tempo em que trazia em minha lembrança o hino de Josué rodrigues de Oliveira e Jefferson Ferreira; gravado pelo Milad em 1986: "Não tenhas sobre ti um só cuidado, qualquer que seja; Pois um, somente um, seria muito para ti. É Meu, somente Meu todo o trabalho; E o teu trabalho é descansar em Mim! Não temas quando enfim, tiveres que tomar decisão; entrega tudo a Mim, confia de todo o coração!" Ainda prostrado, intercedi por minha família; e me fez bem sentir profunda paz e segurança enquanto orava.
 
Amo a Palavra de Deus, minha fonte de inspiração!
 
"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo. E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça. A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém."
(1 Pedro 5:6-11)
 
Na verdade, ela tem o dom de acalmar meu coração.

Recomendo a audição desta abençoada canção do Milad: https://youtu.be/ZsixmEGcsF8 
 
Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Não existe escolha melhor


Sempre que penso nas escolhas que fiz, ao longo de minha vida; e estou convencido de que acertei em uma boa parte delas; penso que nas mais importantes! Aquelas que tiveram peso de influência na construção do meu caráter e na execução do meu projeto de vida. Na verdade, minhas escolhas definiram o lar que hoje tenho; e interferiram positivamente em minha trajetória. Assim, da janela de minha alma, ao contemplar as pessoas do meu tempo, percebo o estado em que tanta gente vive; marcada por lembranças e traumas indesejáveis e carregando sobre si o peso de escolhas mal feitas e de uma culpa que nem sempre têm. Infelizmente, as consequências de algumas escolhas que - ao longo do tempo - fazemos, não poderão ser mudadas. Creio ser esta a principal razão de tanto sofrimento neste mundo.
 
Quanto a mim; sempre que alguém me perguntar qual a melhor escolha que fiz na vida, ou a melhor decisão que tomei; responderei sem a menor sombra de dúvida e sem pestanejar: Minha melhor decisão foi ter reconhecido, lá atrás, o meu estado de miséria e pecado (este é o tipo de decisão que, quanto mais cedo tomarmos, melhor será); e a minha melhor escolha - consequência direta desta decisão - foi ter abraçado a salvação que Deus me ofereceu e ter recebido o Senhor Jesus como o meu único e suficiente Salvador. Creio não cometer engano; ao dizer que tudo de bom que me aconteceu, ao longo de minha vida, está diretamente relacionado com esta escolha e decisão. Tenho uma família abençoada por Deus e uma missão definida no céu e aplicada na terra. Eu posso afirmar que não existe escolha melhor!
 
Jesus ou Barrabás... Qual a escolha? Algumas escolhas que fazemos definem o valor que damos a Jesus: "Portanto, estando eles reunidos, disse-lhes Pilatos: Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Cristo? Porque sabia que por inveja o haviam entregado. E, estando ele assentado no tribunal, sua mulher mandou-lhe dizer: Não entres na questão desse justo, porque num sonho muito sofri por causa dele. Mas os príncipes dos sacerdotes e os anciãos persuadiram à multidão que pedisse Barrabás e matasse Jesus. E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado." (Mateus 27:17-22). Na verdade, algumas escolhas nossas podem decidir nosso futuro!
 
Penso que todo cristão deveria ouvir, de quando em vez, este clássico evangélico: www.youtube.com/watch?v=L6vOUtFI27Y
 
Cordialmente;
Bispo Calegari