quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Nível superior de santidade

A imagem pode conter: texto

Devemos buscar sempre a Deus; seja de manhã, de tarde, ou de noite. Até porque, o próprio Deus nos exorta à busca-lo; ao dizer: "Buscai-me, e vivei." (Amós 5:4). Ainda há pouco, enquanto eu o buscava, o meu coração se desnudou... E sua unção me encheu e me quebrantou. Nós temos Jesus; todavia, em certas ocasiões nos sentimos sós. Porém quando caminho sobre areia, dois pares de pegadas seriam vistos, se os seus pés não fossem invisíveis! Aleluia! Em meu viver, tenho percebido que quando sinto tristeza; é mais por ausência de Deus; e menos por golpes sofridos. Ouvi dizer que paz não é ausência de aflição; mas sim, presença de Deus.

Ao orar nesta manhã, me lembrei de uma antiga canção entoada por Zilanda - cantora muito popular, nos anos setenta e oitenta. A canção se iniciava com a seguinte frase: "Quando penso que sou feliz..." e inundava, de agradável sensação, a alma da gente. Pois é assim que eu me sinto: Feliz! Mas... sem saber como descrever perfeitamente aquilo que sinto (creio que todo crente que vive em comunhão com Deus, se sente assim). Todo crente que consegue ser feliz - mesmo sem apoio e aplauso humano, ou sendo ferido e humilhado por outras pessoas; é porque vive um nível superior de santidade. Isto sim, é vida de paz! Vida em amor! Vida com Deus!

A carta de Paulo aos filipenses e chamada de epístola do louvor. E as razões são evidentes em todos os seus capítulos: "Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus." (Filipenses 4:4-7). Portanto, qualquer crente - por mais fraco que seja - que se disponha a praticar este ensinamento, será feliz com Jesus.

Esta canção, entoada por Zilanda Valentim, é a que fiz menção:
https://youtu.be/UtKVkUqjBtM

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 22 de agosto de 2017

O passar do tempo

A imagem pode conter: texto

Na justa medida em que os dias vão passando e o tempo vai se abreviando; algumas verdades começam a adquirir um peso de grande importância em nosso pensar... Não que, antes, fossem menos relevantes; mas, o tempo também nos ensina a filtrar as ideias. Ou seja: Com o passar do tempo, nós aprendemos a não perder tempo e a não desperdiçar o tempo restante. Na verdade, me causa estranheza a conduta de alguns, que já deviam mostrar sinais de amadurecimento; pois o modo como "tocam" a sua vida (não que sejam errados em tudo aquilo que fazem) parece indicar que pouco ou nada aprenderam com seus erros. Que desperdício!

O que me conforta, em casos crônicos de malversação do tempo, é saber que o nosso Deus está sempre pronto a nos ajudar. Que bênção é saber que sempre haverá esperança para alguém, cuja vida e conduta parece não ter jeito! Pois, em se tratando de vida eterna; o Senhor Jesus estará sempre de braços abertos (perfil que adotou na crucificação) e de mão estendida - à quem deixou o tempo passar e a vida findar, sem valorizar o propósito divino e a graça sempre disponível. Portanto... Assim como há esperança para a árvore caída, que pode voltar a se erguer; creio que há de haver paz para quem clamar por Jesus, ainda que no fim da vida.

Experiência triste e dolorosa, esta sofrida por Jonas: "E eu disse: Lançado estou de diante dos teus olhos; todavia tornarei a ver o teu santo templo. As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça. Eu desci até aos fundamentos dos montes; a terra me encerrou para sempre com os seus ferrolhos; mas tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó Senhor meu Deus. Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do Senhor; e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo." (Jonas 2:4-7). Porém, à beira da morte; ele se lembrou do Senhor e clamou por socorro; e Deus lhe socorreu.

Que canção maravilhosa, esta de Jota Neto! Vale a pena ouvir:
https://youtu.be/lAwEmosEDbE

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Devo me inclinar e orar

A imagem pode conter: texto

A primeira vez que li este testemunho do salmista - "Em recompensa do meu amor são meus adversários; mas eu faço oração" (Salmo 109:4) - eu pensei: Eu também devo agir sempre assim. Ou seja: Embora a tendência humana seja revidar o mal com mal; sempre que alguém retribuir o meu bem com mal, ao invés de me queixar ou murmurar, devo me inclinar e orar. Pois, somente agindo deste modo, serei capaz de perdoar quem me fere e injuria. Muitas vezes, vemos pessoas trocando farpas e acusações por tanto tempo. Eu creio que se tivesse havido oração e perdão logo no primeiro ataque, esta contenda logo teria tido final feliz; pois oração facilita o perdão.

Agora, falando de coisas lindas... Aleluia! Ontem recebemos duas grandes bênçãos: Uma delas, foi o agir de Deus no culto da IMW de Baependi. Algo tremendo! A outra, foi o nascimento de Arthur - o filho da promessa que o casal, Pastor Mauricio & Silvana desejavam a tanto tempo. Eles achavam que o parto seria dentro de alguns dias; todavia, Arthur os surpreendeu ao decidir chegar mais cedo. Glória a Deus! Após o culto; fomos jantar na casa dos irmãos, Edson & Tininha (ela é irmã do Pr Celso Serva Marques e das missionárias Mila e Picida), quase ao lado da igreja, onde saboreamos iguarias feitas por Débora (filha do casal). Louvamos a Deus por tudo!

Este salmo mexe com a emoção de todo aquele que o lê ou relê; pois o seu foco é celebração da vida: "Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras. Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto. Sabei que o Senhor é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto. Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome. Porque o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia; e a sua verdade dura de geração em geração." (Salmos 100:1-5). Sou profundamente agradecido ao Senhor Jesus, por hoje poder fazer coro com o salmista e exaltar a Deus em sua casa.

Esta canção foi composta com base neste lindo salmo 100:
https://youtu.be/jtC8rLAoYOE

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 20 de agosto de 2017

Bom é louvar ao Senhor

A imagem pode conter: texto

Ontem, Maria Célia e eu tivemos o prazer de almoçar e descansar em casa do Pr Gilberto Leite & Rosana, em Itamonte; onde abraçamos o Pr Jair Sena & Euseana. E, pela a noite, com o Pr Mauricio Silva & Silvana Dias, participamos do culto promovido pelo "Desperta Débora" da IMW de Baependi (ambas as cidades, do circuito das águas, no sul de Minas). Maria Célia foi a pregadora oficial neste evento, onde Deus manifestou sua graça e poder. E após uma noite de repouso; daqui a pouco, estarei pregando no culto matutino, no templo wesleyano daqui. Bom é louvar ao Senhor, com Seu povo e em Sua casa! Glória a Deus!

Enquanto acerto alguns detalhes, para este dia que amanhece promissor; fico a pensar no cuidado de Deus para com todos nós - crentes e descrentes. Sol e chuva são dádivas Suas para todos; assim como os alimentos (se alguns têm falta e outros não; o mal não está no modo como Deus dá; e sim, no modo como o homem distribui). Infelizmente, ganância e ambição desmedida de muitos faz com que mesa de uma sofrida maioria seja prejudicada. E isto vem sucedendo, desde que o homem deixou o caminho de Deus. Porém, em nossos dias este mal se agrava; pois muitos, famintos por poder e riqueza, enlouquecem e se enlameiam na corrupção.

Que ensinamento maravilhoso este: "Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes. Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?" (Mateus 5:42-46). Deus nos dá tudo que nós precisamos

Já ouvi e cantei esta linda canção, vezes sem conta:
https://youtu.be/FoFbr6wYSrM

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 19 de agosto de 2017

Nível ideal de adoração

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Vai longe o tempo, que passei a crer que a madrugada é um dos melhores (senão o melhor) momentos para a oração. Sei que orar em qualquer tempo é sempre oportuno; todavia, antes do dia raiar, estender a vida diante do Pai é santo remédio para combater os males - do corpo e da alma. Quando eu me sinto tão fraco, que minha esperança se retrai e minha fé se arrepia; logo tomo as medidas que a situação exige: Fortaleço a minha fé com as promessas de Deus e alimento minha esperança com as lembranças dos feitos do Senhor. Então, bem preparado, me levanto novinho em folha!

Nesta manhã, enquanto eu orava, me dei conta que não sei qual o nível ideal de adoração; todavia, entendi que adoração é a fonte da minha alegria e a base do meu dever, pois para isto Deus me criou. Sei que a vida não é fácil pra ninguém; e que nós devemos lutar para alcançar nossos melhores sonhos e objetivos. Mas esta luta não nos pode trazer sucesso com paz se a mão de Deus não estiver sobre nós (e ela só estará conosco, se a sua vontade for o norte que nos guia). Sei que sou feliz em Jesus, mesmo quando sofro e choro. Obrigado Senhor, por poder viver e pensar assim!

Ao longo de minha vida, tenho aprendido e experimentado, que quando buscamos a Deus podemos dizer como o apóstolo Paulo: "Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece." (Filipenses 4:11-13). Sou convencido que o crente que ora, pode lidar melhor com as lutas, e cantar e adorar em meio às provações.

Já louvei (e ainda louvo) a Deus, muitas vezes, com esta canção:
https://youtu.be/HWVuBlxj0Fg

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Vale de dor e lágrimas

A imagem pode conter: texto

Sei que nosso mundo é uma espécie de vale de dor e lágrimas... Mas isto, à muito tempo, já deixou de me incomodar. Quando em provação, recorro às Escrituras, minha linha de defesa; pois nela eu encontro promessas motivadoras. Em João 16.31 (quando em meio às aflições) tenho incentivo à motivação. Sou fortalecido ao ouvir Paulo "Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois que por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus" (Atos 14:22). E me edifico por saber que "a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente" (2 Coríntios 4:17). Que bênção bendita!

Só Deus sabe o meu lamento... Ao ver crentes, até fervorosos, se entregarem ao desânimo; pelo fato de, nesta vida, sofrerem dores e aflições. E o agravante, em um quadro assim, é a alma humana começar se queixar de tudo e de todos. E assim, em sua procura pelos culpados por seu sofrimento, passam a derramar seu cálice de amargura sobre o seu próximo, ferindo seus familiares e seus amigos mais chegados. Infelizmente, vemos este tipo de situação afetar até a igreja (pastores magoados com o seu rebanho, irmãos em desunião e amizade rompida, e divisão na igreja). Creio que a graça de Deus, com louvor e perdão podem curar este mal.

Este texto bíblico já me ajudou muitas vezes, me ensinando a perdoar quem me fere: "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos" (Colossenses 3:12-15). A Palavra liberta e renova aqueles que a ela se apegam.

Sempre que ouço esta canção, sinto a força da esperança:
https://youtu.be/_gIjmQgCtD0

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Sim, a vida é bela

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Foi buscando a face do Senhor, que aprendi o quanto esta vida é bela - mesmo quando marcada por dramas e rodeada de aflições. Ontem, Deus me concedeu a graça de ministrar aos seminaristas do CEFORTE polo Cascadura. Que prazer senti, ao reencontrar pastores e fazer novos amigos! Aliás, por falar em novos amigos... Sinto saudades dos que deixei em Ibaiti - cidade situada ao norte do Paraná. Que prazer voltar à casa e abraçar a esposa, filhos, netos... Sim, a vida é bela! Mas, para quem ora e acredita.

Quando oramos os céus se abrem, mesmo sendo um dia escuro; e a graça corre, como fonte cristalina. Um cristão que ora, pode até não ser a pessoa mais feliz da terra; porém, com certeza eu digo: Ele sempre estará entre as pessoas mais abençoadas e felizes, que vivem neste mundo. Digo isto, pois me sinto um deles! Glória a Deus! Desde que me converti, eu sempre soube que as aflições da vida são inevitáveis; todavia, sou admoestado por meu Senhor e Salvador Jesus a ter bom ânimo (João 16.33). Glória a Jesus!

A epístola aos Filipenses (para quem a lê) é sempre uma fonte de inspiração. E este testemunho de Paulo sempre me fortaleceu: "Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece" (Fil. 4:11-13). Pois nosso viver em Cristo é plena satisfação!

Esta canção é muito antiga; porém, tão atual como era, quando foi lançada:
https://youtu.be/GI1QrHlxO_s

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Seu lar, seu castelo

A imagem pode conter: texto

Por mais edificantes que as viagens sejam, e que seja bom estar com os novos amigos e irmãos que elas proporcionam; é sempre bom retornar à casa e dormir na própria cama. Existe uma ideia milenar, que define o lar de alguém como seu castelo. Concordo em número, gênero e grau, como esta definição. Portanto, penso que devemos trabalhar pela unidade da família - tarefa exaustiva; ainda que os ventos da desunião insistam em fustiga-la. Jamais devemos permitir que, na família, as discussões - sejam elas políticas, esportivas, religiosas ou qualquer outra - partidarizem e dividam seus integrantes.

Ainda sobre viagens... Hoje precisarei estar no polo do CEFORTE lá em Cascadura, para discorrer sobre o cuidado que precisamos ter com nossa própria vida. E enquanto reflito sobre este assunto; me surpreendo com o aumento e evolução dos meios capazes de contaminar os cristãos; até mesmo os obreiros mais experientes. Esta queixa do salmista - "Refúgio me faltou; ninguém cuidou da minha alma." (Salmos 142:4) - aponta para o cuidado devido aos que nos rodeiam. Mas... Como cuidar dos outros, se não cuidarmos de nós mesmos? Sim! Na vida o cuidado pessoal é indispensável.

Este texto é um importante sinal de alerta à todos nós: "...sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem." (1 Timóteo 4:12-16). É fácil constatar... Que todo aquele que se cuida, se preserva.

Esta canção de Anderson Freire é toda cuidado pessoal:
https://youtu.be/tKJ9Lp3GwHs

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Como oceano de graça

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Meu Deus, Senhor da minha vida... Como tentar entender alguém que não podemos ver ou tocar? Não há quem possa te dizer algo que não saibas; ou sondar e entender o teu pensar; posto que és mais insondável do que a mais densa montanha de puro granito, misterioso! Mas todos podem ouvir o teu falar; se clamarem a ti, desejando profundamente em seu coração, e se renderem diante do Senhor, e contritos em tua presença. Obrigado meu Senhor, por teu grande amor! Que é como um infinito oceano de graça, que enche e renova as nossas vidas; nos tornando capazes de desfrutar experiências maravilhosas contigo!

Ainda se mantém viva em minha lembrança, uma experiência que eu tive (me recordo como se fosse hoje), com meus dezoito anos, servindo ao Exército Brasileiro. Manhã nublada... E eu subia uma pequena elevação de terra, empurrando a minha velha bicicleta - em direção à Fortaleza do Imbuí, litoral de Niterói (o esforço não era pequeno). De repente, eu me vi próximo ao portão de entrada do quartel; sem saber como havia chegado até ali (uns dez minutos do ponto em que eu estava). Percebi que algo acontecera; mas nunca entendi o modo como cheguei. Todavia, estou certo de que não foi algo natural.

Deus é Deus e opera como quer; todavia, sempre buscando o bem daqueles que confiam e esperam nele: "E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus. E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou. E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho. E Filipe se achou em Azoto e, indo passando, anunciava o evangelho em todas as cidades, até que chegou a Cesareia." (Atos 8:37-40). Deus é maravilhoso, fiel e verdadeiro!

Esta canção foi composta em um momento de profunda devoção:
https://youtu.be/axx8VRomWQw

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Entre novos amigos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Sou grato ao Senhor, pelos dias que passamos em Ibaiti, cidade ao norte do Estado do Paraná. Foi bênção de Deus, o fato de termos sido convidados para ministrar neste final de semana. No sábado, Maria Célia, lançou o "Desperta Débora" e ministrou às mulheres da igreja; eu ministrei aos pastores e obreiros do distrito wesleyano de Ibaiti. E ontem de manhã, preguei no culto de celebração da Ceia do Senhor; e de noite, no culto de adoração. Todos nós sentimos o mover de Deus em nosso meio.

No culto de ontem a noite, Maria Célia deu posse à Missionária Marta como coordenadora do ministério "Desperta Débora", na igreja de Ibaiti. Nos sentimos muito bem entre os novos amigos que granjeamos, sentindo o aperto do abraço e o calor do olhar, daqueles que nos amam em Cristo. Louvamos a Deus, pelo gentil convite que esta abençoada igreja nos fez, através do Pastor Nelson Pireyek e da irmã Marta. Enfim... Hoje, ainda durante a manhã, iniciamos nossa viagem de regresso à casa.

Assim Jesus admoestou Pedro:

"Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas."
(João 21.15-17)

Assim ele admoesta aos pastores.

Esta canção contribuiu muito para edificação de inúmeras igrejas:
https://youtu.be/vURTSiCKo-s

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 13 de agosto de 2017

Dimensão do Espírito

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Em meio a uma longa viagem (até Ibaiti), pernoitamos na casa do querido casal - Pr José Admar & Jurema Lopes Lopes - aqui em Taubaté. E logo cedo, pude me curvar em oração, em sua sala de estar; pois não me sinto capaz de lidar com um novo dia, sem ter a segurança que a presença do Senhor me proporciona. Orando, pedi ao Senhor que me guarde e me sustente, em meio a tudo o que me pode afligir ou enfraquecer; pois somos vulneráveis. Só mesmo Jesus para nos salvar - até de nós mesmos; pois ele é o Médico divino, que pode curar os nossos males - do corpo e da alma.

Ainda em oração, agradeci ao Senhor, por viver na dimensão do Espírito; espaço onde o mal não nos afeta, nem o vento forte nos assusta. Se todos os crentes vivessem nos "lugares celestiais em Cristo" (Efésios 1:3), não haveria cristãos fracassados; pois, só na dimensão espiritual, aprendemos a conviver com o sim e o não. Sim! nela, o Espírito Santo nos ajuda a vencer nossas fraquezas (Romanos 8:26); e a cantar em meio às lutas e provas. Sempre que vou a algum lugar, e ouço um crente cantar para Deus; logo me ponho a pensar: Está aí um filho de Deus, vivendo cada dia no Senhor.

Que amor é este, que veio nos salvar? "Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus." (Efésios 2:4-8). É o amor de Deus por todos nós!

Ouça atentamente esta canção, se edifique e se renove com ela:
https://youtu.be/wOzj2OI_KPU

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 12 de agosto de 2017

Estes são bem-aventurados

A imagem pode conter: texto

Feliz a pessoa, que ama o Senhor e teme a Sua Palavra; pois sempre terá balizas, entre as quais poderá se conduzir sem se perder. Feliz o crente, que guarda o seu coração e os seus lábios; pois sempre terá bons sentimentos e palavras de vida fluindo de seus lábios. Feliz a família, que procura viver em unidade e paz; pois sempre terá alegria e segurança em sua casa. Feliz o pastor, que ama as ovelhas e se dedica de coração ao bem da igreja sob seus cuidados. Enfim... Bem-aventurados são os que perseveram em andar no Caminho de Deus, sem se deixar enganar ou atrair pelo mal.

Em minha vida, tenho percebido que o bem sempre prevalecerá na vida de quem ama e obedece ao Senhor. Não estou querendo dizer com isto, que alguém assim não terá lutas e aflições em sua vida; porém, afirmo que serão temporárias. Creio firmemente, que sempre haverá um final feliz para quem ama a Jesus, guarda a Sua Palavra e persevera em Seu Caminho. E não digo isto por mera conscientização doutrinária; mas por ver, ao longo de meus setenta e dois anos de vida, que a graça e o amor de Deus permanece sobre quem pensa, fala e anda segundo Sua vontade.

Este salmo marcou a minha vida, desde a primeira vez em que eu o li e meditei nele: "Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará." (Salmos 1:1-3). Graças a Deus, desde o dia que o encontrei, a minha vida cristã melhorou sua forma e conteúdo.

Que canção abençoada esta! Ela é tão linda quanto bíblica:
https://youtu.be/xUP3y4Z1dgY

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Anelar e alcançar o paraíso

A imagem pode conter: texto

Nesta manhã, enquanto eu ainda orava; exaltei ao Deus que tudo pode fazer. ele não precisa me curar, para eu saber que ele é o Médico dos médicos. E não precisa me enriquecer, para eu saber que ele é o Provedor por excelência. Preciso apenas me curvar e adorar ao Deus que vive e reina para sempre - revelado em carne, na pessoa de Jesus; e presente no mundo, pelo seu espírito que em nós habita. Ele me conhece, bem melhor que os mais atentos médicos e pesquisadores da natureza humana. Portanto, sabe bem tudo que eu preciso, antes mesmo eu que formule qualquer desejo ou necessidade.

Louvo ao Senhor, por servir ao Deus vivo. E nesta manhã, eu me rendi em oração e declarei minha gratidão por seu amor, perdão, compaixão, unção, graça, paz e misericórdia - favores imerecidos e jamais alcançados por qualquer desempenho humano. Sei que não preciso fazer qualquer esforço para ser salvo; e que não terei muitas coisas, por ser salvo. Todavia, pela graça de Jesus, posso anelar e alcançar o paraíso (não o paraíso idealizado por fantasia religiosa, ou pintado por famosos astistas), mas, o bíblico! aquele que Jesus projetou e foi preparar, para os que o seguem com amor, devoção e fé.

Disse Jesus: "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vô-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14:1-6). Este é meu Rei!

Não sei dizer o quanto esta canção me enternece... Aleluia!
https://youtu.be/e0WvWeUDFxQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Deus me ajuda

A imagem pode conter: texto

Bem de manhã, percebi uma certa preocupação tentar se plantar em meu espírito; mas não aceitei. Todavia, ficou patente aos meus olhos que o Senhor espera de cada um de nós, o cuidado com a própria vida, que todos nós devemos ter. Então, louvei ao Senhor, por me dar sabedoria (não a sabedoria do mundo) e discernimento (não a especulação da mente). Pois são asas que me permitem alçar bons voos aos lugares celestiais; e a fazer bons pousos em terra firme. Sei que Deus me ajuda! Mas não faz o meu dever de casa. Sempre agradeço a Deus por seu cuidado para comigo.

Aprendi que o meu Deus me dá instruções, sobre o modo como devo conduzir a minha vida; então, cabe à mim ser sábio - em meu modo de pensar, de falar e de agir. Não devo esperar que o Senhor faça por mim aquilo que é minha obrigação fazer (moderação no apetite, cuidado com a saúde e cautela nos relacionamentos). É algo triste de se ver: Cristãos que não sabem (ou não querem) pautar suas vidas nos ensinos da Palavra. Antes, pelo contrário: Seus ouvidos se abrem para opiniões espúrias; ao mesmo tempo que se fecham para os ensinos do Senhor Jesus. Misericórdia!

Assim falou Jesus: "Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda." (Mateus 7:24-27). E é deste modo que eu creio!

Esta canção muito tem ajudado, na vitória de muitos crentes:
https://youtu.be/wOzj2OI_KPU

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Nem dá pra lembrar

A imagem pode conter: texto

Madrugada fria, oportuna ao dobrar dos joelhos... Pois dia algum deve iniciar sem oração. E eu, curvado perante o Senhor, me apresento temente e contrito. Sempre fico a pensar que se os crentes orassem mais, seriam menos afligidos por certas lutas e provas que enfrentam. Sua´vida seria mais eficaz, suas famílias mais abençoadas, seus negócios mais prósperos... Enfim, tudo é bem melhor, se oramos um pouco mais (Infelizmente, alguns nem oram mais). Existe uma antiga canção que diz, que a melhor oração é amar... Acredito. Todavia, até o amor esfria ante a falta de oração.

Ao orar nesta manhã; me derramei em gratidão ao Senhor - pelo soprar do vento, pelo cair da chuva, pelo brilhar do sol. Enfim... É tanta coisa que acontece em prol do nosso bem estar e bem viver, que nem dá pra lembrar! Sua graça e amor nos envolvem numa espécie de manto de justiça, amenizando as aflições que o mundo nos impõe. Penso que os que mais se queixam da vida, veriam a vida com outros olhos; se procurassem ver o que Deus tem feito em sua vida. O mal é que, quando os lábios se fecham para a oração, os olhos também se fecham para o agir do Senhor.

O Rei Uzias buscou ao Senhor e foi atendido:

"Então todo o povo tomou a Uzias, que tinha dezesseis anos, e o fizeram rei em lugar de Amazias seu pai. Este edificou a Elote, e a restituiu a Judá, depois que o rei dormiu com seus pais. Tinha Uzias dezesseis anos quando começou a reinar, e cinqüenta e dois anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Jecolia, de Jerusalém. E fez o que era reto aos olhos do Senhor; conforme a tudo o que fizera Amazias seu pai. Porque deu-se a buscar a Deus nos dias de Zacarias, que era entendido nas visões de Deus; e nos dias em que buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar."
(2 Crônicas 26:1-5)

Se buscarmos ao Senhor, também seremos atendidos.

Esta canção proporciona um grande conforto ao crente fiel:
https://youtu.be/HuA3gQfepLo

Cordialmente;
Bispo Calegari

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Entre amigos e inimigos


As vezes, me pergunto: Quando foi que o ser humano começou a separar os seus semelhantes, em amigos e inimigos? Então, sou levado a pensar que tudo começou logo no início da criação; quando os nossos primeiros pais deram ao diabo o poder de interferir em suas vidas e de decidir por eles. E desde então, os seres humanos passaram a digladiar entre si, buscando honra e poder sobre os demais. E esta terrível rivalidade acontece em todas as esferas (racial, política, religiosa, esportiva, e outras) resultando em guerras e disputas que deixam vítimas sem conta, caídas pelo caminho percorrido pela humanidade. Tudo começou, desde que o homem trocou de Senhor: Deus por Satã.

Esta terrível tragédia afetou tanto as relações humanas, que a extinção da espécie já teria ocorrido; se Deus não tivesse enviado o seu filho Jesus, para "buscar e salvar o que se havia perdido." (Lucas 19.10). A Bíblia adverte que "o mundo está no maligno." (1 João 5:19). Portanto, podemos afirmar que Satã é o algoz da humanidade (sua vítima). E ela sofre as consequências de sua terrível escolha: Que foi deixar o Deus amoroso e abraçar o seu arqui inimigo (satanás). E assim, vemos crescer o ódio e intolerância entre amigos e irmãos, pais e filhos, e casais. Todavia, se o demônio instila ódio e guerra; o Espirito Santo inspira amor e paz, pois Jesus veio salvar e libertar suas vítimas.

Ao lermos a Bíblia, vemos que o Senhor Jesus, "deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zebulom e Naftali; Para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías, que diz: A terra de Zebulom, e a terra de Naftali, Junto ao caminho do mar, além do Jordão, A Galiléia das nações; O povo, que estava assentado em trevas, Viu uma grande luz; aos que estavam assentados na região e sombra da morte,A luz raiou. Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." (Mateus 4:13-17). Portanto, só permanece sob prisão do diabo quem o deseja; pois Jesus veio para nos libertar das garras de Satanás.

Esta canção, em seu tempo, muito me inspirou e motivou:
https://youtu.be/w6vjsjxVGGM

Cordialmente;
Bispo Calegari

domingo, 6 de agosto de 2017

A graça não blinda da dor

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Já disse e repeti, inúmeras vezes - que se passasse toda a minha vida de joelhos, jamais poderia retribuir ao que o Deus eterno fez por mim através do sacrifício de Cristo. A bênção de ser salvo é tão grande, que não consigo ficar triste por muito tempo - mesmo quando sofro provações, privações e males diversos (até porque, eu sei que são eventos temporários). Hoje mesmo, ao orar; disse ao Senhor que sou feliz - feliz com a família, com os amigos, com a igreja, com a missão; enfim, com a vida. Orando, falei da minha alegria em viver no Senhor. E não devo me contentar com menos! 

Não sei dizer quando tempo tenho creditado a meu favor (se dias, semanas, meses, anos); todavia; isto não importa... Tenho Jesus e sou feliz com ele. Sou grato, pelas palavras que borbulham em meu coração e fluem de meus lábios; por canções que ouço e por bênçãos que recebo; pelas promessas que tenho e pela paz que sinto. Como não ser grato; se todo favor é imerecido? Sei que a graça de Deus não me blinda contra dor causada por agressões e injúrias sofridas (muitas vezes elas fazem chorar); mas a tristeza é sempre temporária, pois sua visita é de curta duração. Aleluia!

Palavras lindas estas, ditas por Jesus: "Na verdade, na verdade vos digo que vós chorareis e vos lamentareis, e o mundo se alegrará, e vós estareis tristes, mas a vossa tristeza se converterá em alegria. A mulher, quando está para dar à luz, sente tristeza, porque é chegada a sua hora; mas, depois de ter dado à luz a criança, já não se lembra da aflição, pelo prazer de haver nascido um homem no mundo. Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria ninguém vô-la tirará." (João 16:20-22). Elas me fortalecem.

Canto esta canção a muito tempo, sei o valor de sua mensagem:
https://youtu.be/0Xz0uGRbrwc

Cordialmente;
Bispo Calegari

sábado, 5 de agosto de 2017

Entre a espada e a cruz

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Não sei se acontece com todos os crentes... Mas, vez por outra, sou levado a pensar no passado - não de modo aleatório, casual - todavia, em um lugar do passado, em que ocorreram certos fatos que marcaram minha vida. Pensei no período de transição, entre o meu passado pregresso e o meu passado converso. De fato, foi um momento sensível de minha vida (entre a espada e a cruz) e o Senhor meu puxou para o seu lado. Aleluia! O fascínio exercido pelo mundo foi milagrosamente quebrado. Glória a Deus! E então, me vi em uma outra vida - vida ideal - renascida dos escombros.

Jamais saberia dar detalhes, do nível de dor e provação que sofri, na ocasião em que espírito e alma lutavam no íntimo de meu ser. Me senti como Saulo, em Romanos 7.14-25; ou seja: um religioso lutando contra algo que não sabia o que era. Mas, graças a Deus, fui alcançado pela maravilhosa graça de Jesus! Então, tudo se fez novo. Glória ao nome de Jesus! E a nova criatura renascida deste glorioso encontro, se mantém viva e ativa até este dia, sob manto feito de promessas divinas, que há de a conduzi-la até aquele dia, da segunda vinda de Jesus. Maranata! Vem Senhor Jesus!

Isto que é vida: "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito." (Romanos 8:1-4). Vida plena de graça, em Jesus!

Ouvi esta canção pela primeira vez, em 1972, quando levei Vitorino Silva à IMW Betel: 
https://youtu.be/n18SbMCwFKU

Cordialmente;
Bispo Calegari

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Orar nunca é tarefa fácil


Existem dias, em que nossa oração passa por um corredor muito estreito; sem que saibamos definir a razão do aperto que sentimos. Mas não devemos nos preocupar em demasia com isto... Pois, em primeira análise, sabemos que orar nunca é tarefa fácil; todavia, em última análise, sabemos que devemos orar sempre! Mesmo quando o ambiente ou momento não nos favorece. Ao invés de tentar encontrar motivos ou culpados, para nossos impedimentos e embaraços; devemos lutar em oração (como Jesus, no jardim do Getsêmani), sem jamais nos esmorecermos ou desanimarmos.

Algumas vezes ouço pessoas (até crentes) dizerem: "tem que ser do meu jeito" (no entanto, com jeitos inconvenientes, impróprios). Também tenho ouvido muitos dizerem: "quem está comigo, está com Deus" (todavia, demonstrando gritante ausência de Deus em sua vida). Então, sou convencido que a falta de oração e temor de Deus é a causa de tais desatinos. Então, agradeço a Deus por seu Espírito me mover na oração; pois ao orarmos com propósito, podemos auscultar a voz do céu, a direção do céu, e a esperança do céu. Sim! Esta é uma experiência renovadora e transformadora.

Este texto diz quase tudo: "Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam. Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida." (Provérbios 4:18-23). Que mensagem esta, sobre a vereda do justo!

Esta é uma canção cheia de realismo; para ser ouvida, meditada:
https://youtu.be/F3Re_nGn-RY

Cordialmente;
Bispo Calegari

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Devemos aprender e praticar

A imagem pode conter: texto

Desde que me entendo por crente, sempre acreditei que a noite dormida não interrompe o nosso aprendizado com o Senhor; e que o dia nascido renova a chance de continuarmos a aprender. Ou seja: Aprendemos adormecidos e despertos, se mantivermos a nossa atenção voltada para a Palavra de Deus; pois é ela nos supre de sabedoria e conhecimento incomparável. Porém, tudo aquilo que de Deus aprendemos, é para ser posto em prática - sob pena de nos tornamos alguém que, logo após ver seu rosto no espelho, se esquece de sua própria imagem. Portanto, devemos aprender e praticar.

Duas das mais importantes lições que tenho aprendido - é de não revidar a quem me agride; e não reclamar do mal que sofro. Pois, assim como existe mal que vem pra bem; Deus sabe recompensar agressões sofridas e retribuir agressões impostas. Então, o melhor que fazemos é pormos em prática este ensino da Palavra de Deus: "Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor." (Lamentações 3:26). Ou seja: Quando não sabemos o que dizer, ou o que se passa; melhor mesmo é silenciar; pois, Deus sempre dará resposta de paz à todos que nele esperam e confiam.

Ao longo de minha vida, este salmo sempre me edificou: "Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor. Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira." (Salmos 40:1-4). Nele aprendi que, para vencermos, precisamos crer e esperar com paciência no Senhor.

Gosto de ouvir esta antiga canção, entoada por Elon Cavalcante:
https://youtu.be/o5kB8A5ifQw

Cordialmente;
Bispo Calegari

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Orando preventivamente

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Ontem, retornamos à Petrópolis, após o cumprimento mais esta missão: a de oficiar o casamento de Abraão e Camila e pregar na IMW do Valão (não sem antes contar bênçãos, em roda de amigos, na casa do Pb Levi e família). Em certas ocasiões, e de um modo bem especial, agradeço ao Senhor por achar graça em mim e por me aceitar no lugar de oração - lugar onde recebo unção, provisão e resposta. Ao longo da vida, venho percebendo que a vida impõe um ritmo geralmente desfavorável. Por isto, como sempre tenho dito e repetido, é que a oração preventiva pode nos favorecer em tempos difíceis.

Em meu ministério pastoral percebo que são muitos os cristãos, que muito pouco (ou quase nada) se valem o recurso, dado pelo próprio Deus - da oração preventiva. Agem como se não dependessem de Deus para lidar com as realidades inesperadas. Geralmente, são estes crentes que acabam por ter que fazer orações remediais... Pois o mal sempre encontra algum meio de se aproximar e fazer estrago. Sei que não podemos evitar o bater do vento forte; mas, podemos nos preparar para sua chegada orando preventivamente. Verdade é que, para vencer na vida, devemos orar sempre e nunca esmorecer.

Esta é uma valiosa exortação bíblica:

"E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer, Dizendo: Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava o homem. Havia também, naquela mesma cidade, uma certa viúva, que ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. E por algum tempo não quis atendê-la; mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, Todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito. E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?"
(Lucas 18:1-8)

E foi o próprio Jesus quem a fez.

Gosto desta canção em forma de oração, entoada por Cassiane:
https://youtu.be/9zB4rUQ0MV4

Cordialmente;
Bispo Calegari

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Minha confissão de fé

A imagem pode conter: texto

Um dos sons da madrugada, que mais gosto de ouvir, é o cantar dos galos - uma espécie de canto universal - variado em seu tom e volume; mas sempre obedecendo à mesma pauta, seja o lugar que for. E domingo de manhã bem cedo, em Visconde do Rio Branco (zona da mata mineira) - da casa do Presbítero Levi (onde Maria Célia e eu estávamos hospedados), para onde quer que me virasse ouvia o cantar dos galos. Então me lembrei do aviso de Jesus à Pedro: "Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás." (Mateus 26:34). Misericórdia!

Ao pensar no modo como os galos cantam, não pude evitar a ideia, de que neste mundo - assim como sempre haverá galos cantando; sempre haverá crentes negando a Jesus - seja em seu modo de viver, seja em seu modo de falar; até que o tempo da graça seja concluído e Jesus venha buscar os fieis da terra. Então, a negação se transformará em lamento e desespero; pois, nesse grande dia - aqui no reino dos homens; finalmente, se saberá "quem é quem" no reino de Deus. Ali mesmo, em meu coração, procurei fortalecer minha confissão de fé! E louvei a Deus por ser perseverante em meu Senhor Jesus.

Vejo estes versículos de Mateus 24, como solene advertência aos crentes em qualquer tempo: "Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo." (Mateus 24:9-13). Neste texto bíblico, fica clara e evidente a necessidade de perseverança dos salvos em Cristo Jesus.

Podemos concluir esta reflexão, ouvindo Mara Dalila:
https://youtu.be/J39eM8ydDcE

Cordialmente;
Bispo Calegari