terça-feira, 4 de julho de 2017

Minhas defesas espirituais

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Enquanto me preparo para fazer uma pequena viagem; fico a pensar na importância que preciso dar aos valores espirituais pelos quais, durante todos esses anos, tenho pautado minha vida. Em minha vida cristã, desde muito cedo, aprendi que assim como buscar a Deus é meu principal dever; confiar nele é minha maior segurança. Pois, se o futuro é imprevisível; os males são previsíveis. Daí, a urgência do cuidado do Senhor. Ele mesmo diz: "buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração." (Jeremias 29:13). No Senhor, venceremos sempre!

Sempre que o futuro se apresentar sombrio e os males, em fúria, se manifestarem; devo, sem a menor demora, acionar minhas defesas espirituais. E a Palavra de Deus nos oferece um vasto arsenal de recursos, para uma guerra que não podemos vencer sem ajuda de Deus. Portanto, precisamos conhecer melhor o potencial bíblico que temos a nosso dispor, para podermos usa-lo com eficácia. No mundo espiritual, vivemos um estado de guerra constante (não contra carne e sangue). daí, a necessidade de nos revestirmos de "toda a armadura de Deus" (Efésios 6:11). Aleluia!

Este é um dos textos, sobre os quais mais preguei: "Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus" (Efésios 6:13-17). Sim! Devemos vestir a armadura de Deus!

Esta canção, durante muito tempo, foi muito cantada pela Igreja:
https://youtu.be/6i33n2YlSOI

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário