terça-feira, 18 de julho de 2017

Madrugada em Cataguases

A imagem pode conter: texto

Que bela madrugada em Cataguases... E nós aqui (Maria Célia e eu) hospedados na casa do Pastor Fabiano, após o culto de ontem a noite na Primeira IMW de Cataguases. Prostrado e rendido aos pés do Senhor; rendo graças por tudo que tem feito comigo e com minha pequena casa. Como é bom estar aos seus pés! Nem mesmo a sinfonia madrugadora dos cães e dos galos da vizinhança, me impediu de ouvir sua voz, nas profundezas do ser. E sendo eu tão imperfeito; ainda sou capaz de falar com o Deus eterno... E de ouvir o som do céu, em meio aos ruídos da terra.

Depois do café, seguimos em direção à Petrópolis (como sempre, de volta à casa); onde nos esperavam afazeres inadiáveis. Em minhas viagens; uma das alegrias que tenho é a de retornar à casa, abraçar nossos filhos, noras, genro e netos. Em nosso "vai e vem" rotineiro, que prazer esta experiência traz! Louvo a Deus, pela vida de Maria Célia - esposa ajudadora e amiga tão leal - presente do Senhor a um servo imerecedor de tanta graça. Realmente... Ainda que eu andasse toda a vida de joelhos; jamais conseguiria retribuir o amor e cuidado do Deus eterno para comigo.

Este é um daqueles textos bíblicos, que trago na lembrança: "Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos. Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo." (Romanos 14:7-10). Amém Senhor!

Canção maravilhosa esta! E poder ouvi-la faz um bem enorme:
https://youtu.be/5dB07Ih7Fi8

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário