quarta-feira, 26 de julho de 2017

Avivamento encenado

A imagem pode conter: texto

É sempre bom sentir o agir e o falar de Deus em nosso meio. Porém, penso ser possível tirar de cena o Espírito Santo, mesmo sem ter esta intenção. Jamais deveríamos fazer isto; pois a presença do Senhor faz toda a diferença (só não vê quem não quer). Todavia, face ao que hoje em dia se vê, não sei se sua presença é menos preocupante que sua ausência (Ananias e safira entenderiam o que quero dizer). Este assunto tem tomado meu pensar... Sempre fico a me perguntar: Por onde andará o avivamento espiritual (não estou me referindo ao avivamento encenado; mas ao avivamento real, transformador, com os seus desdobramentos e consequências). Só o Senhor sabe!

Ao refletir sobre isto, ouvi o Espírito Santo ventilar ao meu espírito, que avivamentos passados não alimentam carências futuras. E mais ouvi: Que os avivamentos não resistem aos desvios de conduta e de finalidade. Então entendi porque, em Israel, avivamentos eram interrompidos por tais desvios (nos dias de Samuel, de Davi, de Elias, de Uzias). E constatei algo lamentável: É quando tentam suprir a falta de avivamento real, com avivamento encenado. Enfim... Quando é que certas encenações e imitações (de muito mau gosto) da glória de Deus, poderão encobrir a ausência do Homem de vestes brancas, de coroa perfurante e com as mãos perfuradas? Nunca mesmo!

Que grande sofrimento experimentou o salmista Davi - ao se dar conta da ausência de Deus em sua vida, devido à gravidade seu pecado: "Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniquidades. Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão." (Salmos 51:9-13). Que tamanha dor deve sentir o crente que já viveu no Santo dos santos, ao perceber que está no pátio externo?

Para quem conhece a Deus, não há dor maior que de sua ausência:
https://youtu.be/hUrNUnPtpZ8

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário