sexta-feira, 30 de junho de 2017

Vazio que nos faz sofrer

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Estou sempre a pensar, naquelas pessoas que adquirem certos vícios (alguns bem nocivos), ou abraçam certos hobby (alguns bem estranhos); e nas que se entretêm com certas atividades de lazer buscando através delas, liberar altas doses de adrenalina... Sem que haja uma razão ou causa aparente. Então, eu me pergunto: Não será este tipo de conduta, uma tentativa de preencher o vazio existente em seu interior? Blaise Pascal, teólogo cristão e filósofo da idade média enunciou que "o ser humano tem em seu coração um vazio que tem a forma exata de Deus" (vazio que nos faz sofrer).

Quando alguém não consegue definir sentimentos que lhe afligem; então, tende a procurar experiências alternativas que distraiam sua atenção, de uma dor sem causa aparente. E esta é a principal razão, de muitos mergulharem de cabeça em certas ocupações e vícios; tentando ocupar o vazio aflitivo que carregam dentro de si. Sem perceberem que este desvio de rumo os fará dependentes de doses cada vez mais fortes - até descobrirem que o tempo passou e que o "remédio" usado não deu certo. E então (talvez tarde demais), vão perceber que só Jesus poderia preencher este vazio.

Estas palavras foram proferidas por Jesus, Filho de Deus: "Todas as coisas me foram entregues por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." (Mateus 11:27-30). E ela nos mostra que só Jesus é capaz de preencher o "vazio em forma de Deus".

Para finalizar, busco me edificar com esta canção de Nelson Ned:
https://youtu.be/E-zws_ivImQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário