domingo, 18 de junho de 2017

Senhor, sei que não devo

A imagem pode conter: texto e atividades ao ar livre

Senhor... Sei que não devo me queixar, das lutas que preciso travar; pois elas trabalham meu condicionamento espiritual e me preparam para os novos combates que preciso enfrentar. Sei também, pela Palavra, que somente o meu pecado pode ser justa causa de minhas queixas; então, quanto menos pecar; menos razões de queixas eu terei. Louvado seja o nome do Senhor!

Senhor... Sei que não devo murmurar, das inúmeras aflições sofridas; pois elas depuram minha vida do egoísmo e da vaidade, me preparando para entender melhor as dores e aflições alheias. Assim, na medida em que sou afligido, posso crescer em maturidade e entendimento; e isto me tornará capaz de compreender e ajudar os aflitos que encontro pelo caminho. Amém Jesus!

Senhor... Sei que não devo me indispor com as injustiças que sofro; pois elas são como vacinas, que me curam e imunizam de seu contágio; me dando as defesas que preciso ter, para aprender a agir com justiça, me habilitando a chorar com os que choram; e para a confortar os que são injustiçados, sem me intimidar com os que fazem da injustiça o seu instrumento de prazer. Glória a Deus!

O Senhor me diz: "A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte" (2 Cor 12:9-10). Amém!

Esta canção fez a alegria e o ânimo, de incontáveis crentes:
https://youtu.be/-_E69ShR6bo

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário