terça-feira, 4 de abril de 2017

Você precisa orar

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

É muito comum, quando enfrentamos grandes provações, ouvirmos bons crentes dizerem: "você precisa orar." De tão repetida que é, a frase parece ter se tornado um chavão. Porém, esta é uma verdade que não deve ser ignorada. Todos nós precisamos orar! E orar mais com o recrudescer das provações. Não são poucas as vezes, que nos sentimos sós; inúmeras são as vezes, que nos sentimos fracos; e o que falar dos momentos, que nos sentimos tomados por tristeza sem causa aparente? Pois é... Na oração, encontramos o modo de lidar com tais sensações - não porque a oração tenha mérito em si mesma - mas, porque a oração é maravilhoso ponto de encontro com o Senhor.

Digo, por experiência própria, que jamais saberia precisar o conforto alcançado, em momentos de dor e sofrimento, diante de meu Deus. Sempre que vejo um valente tombar sem honra (ofuscado pela luz dos holofotes, ou desencaminhado pelo som dos aplausos); fico a pensar comigo mesmo: "esta preciosa vida aumentou o seu volume de trabalho, mas diminuiu o seu ritmo de oração". Por mais incrível que isto possa parecer; o som dos elogios são bem mais perigosos, que o som das vaias. E a resposta é simples: Enquanto os elogios nos tornam envaidecidos; os apupos nos levam, feridos, a buscar o socorro divino. Algumas vezes, chorar ajuda bem mais do que cantar.

Que texto edificante este: "Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do homem. Folgai nesse dia, exultai; porque eis que é grande o vosso galardão no céu, pois assim faziam os seus pais aos profetas. Mas ai de vós, ricos! porque já tendes a vossa consolação. Ai de vós, os que estais fartos, porque tereis fome. Ai de vós, os que agora rides, porque vos lamentareis e chorareis. Ai de vós quando todos os homens de vós disserem bem, porque assim faziam seus pais aos falsos profetas." (Lucas 6.22-26). Como ele faz bem ao coração cansado e abatido!

Realmente... Como diz a canção de Beatriz: É na oração!
https://youtu.be/qIRCAIdv9Y8

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário