sábado, 8 de abril de 2017

Estamos em Portugal

A imagem pode conter: planta, texto, atividades ao ar livre e natureza

Após uma viagem sem contratempos, estamos em Portugal... Que bênção! A pátria lusa é nossa segunda pátria (digo isto de coração). encontramos amigos e irmãos (novos e antigos). Tem sido bom poder abraçar o Bispo Geraldo Rodrigues e Marleide e tantos outros amigos que temos aqui. Meu coração sente um mover muito agradável, sempre que me reporto à Portugal. Obrigado Senhor, pelo que eu sinto! 

Nossa vida é feita de retalhos, como aquelas encantadoras colchas cheias de cores distribuídas de modo casual. É tão triste alguém não ter o colorido das experiências acumuladas ao longo do tempo... Como se não tivesse vivido intensamente o propósito de Deus para o seu existir - cujo ápice se alcança quando o Deus vivo é adorado e exaltado; e Sua criação é amada e servida. Louvado seja o nome do Senhor!

A vida sempre exige uma certa dose de sacrifício, sem deixar de dar a sua dose de prazer. Sou um apreciador desta frase, de Francisco Otaviano: "Quem passou pela vida em branca nuvem / E em plácido palácio adormeceu / Quem não sentiu o frio da desgraça / Quem passou pela vida e não sofreu / Foi espectro de homem - não foi homem / Só passou pela vida - não viveu." Pois ela diz o que é a vida.

A Bíblia diz que "já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados. Sendo hospitaleiros uns para com os outros, sem murmurações, Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus." (1 Pedro 4:7-10). Amém!

Esta canção continua cumprindo sua finalidade:
https://youtu.be/WiIpwiNemF4

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário