sábado, 22 de abril de 2017

Algo como jamais se viu

A imagem pode conter: texto e natureza

Estive estendido perante o Senhor, sentindo o peso deste tempo. Vemos o quanto choca e assusta, as mortes causadas pelo jogo "desafio da baleia azul." Na verdade, sua tragédia choca muito mais por ser de rápido desfecho. Todavia, nossas crianças e adolescentes vêm sendo submetidos a conceitos equivocados, impressos por governos e instituições, em flagrante oposição à Palavra de Deus; os quais põem em dúvida a sua identidade e enfraquecem o seu vínculo familiar. Isto destrói o seu futuro! E o crack tem transformado muitos em zumbis. Isto destrói a sua vida, matando aos poucos!

Enfim; estive orando ao Senhor; pois este é um tempo de engano e decadência contagiante; algo como jamais se viu no passado (me atrevo a dizer, que nem nos dias de Sodoma se viu tanto abuso). Então, edificar a casa e discipular os filhos deve ser a nossa prioridade, sempre em afinidade com a Bíblia. Devemos pregar, a tempo e fora de tempo! Mas, algumas coisas já estão se definindo, sem que possamos impedir. Jesus está às portas, para arrebatar o seu povo. E diante de sua iminente vinda; não devemos nos descuidar um só momento; pois, existe o perigo de sermos deixados para trás.

Disse Jesus: "E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro; porque próximo está o tempo. Quem é injusto, seja injusto ainda; e quem é sujo, seja sujo ainda; e quem é justo, seja justificado ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro. Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas." (Apocalipse 22:10-15 ). Glória a Deus!

Precisamos estar atentos, pois, como esta canção alerta, o tempo vai passando:
https://youtu.be/D2BbfOsGdKU

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário