quinta-feira, 9 de março de 2017

Oração do silêncio

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, nuvem, texto, atividades ao ar livre e natureza

Já orei esta manhã... Uma espécie de oração do silêncio. É... Mais ouvi que falei - e me senti muito bem. Sempre acreditei que Deus, para ouvir a minha súplica, não depende do som de minha voz. Sei que isto não justifica silêncio intencional ou falta pura e simples de oração; pois falar com Deus é o resfolegar do espírito quebrantado. Todavia, existem aqueles dias em que não sabemos o que dizer... Mas, não importa; pois precisamos mesmo é saber ouvir... E ouvir a Deus. Ele sempre sabe o que deve dizer; e devemos estar prontos à ouvir Sua poderosa voz - seja em nosso íntimo ou no ribombar do trovão.

Enfim... Nesta manhã foi desse jeito! O que não quer dizer que será sempre assim; pois cada momento passado em oração é um novo tempo - tempo de quebrantamento ou conforto - porém, sempre um bom tempo. E, se pudermos intercalar o silêncio do momento, com um suspiro ou gemido, tanto melhor; pois nosso silêncio é atenção ao que Deus nos fala; já nosso suspiro, ou gemido, efeito produzido  pelo ouvir Sua voz no íntimo. Então, na presença de Deus - seja pra ouvir ou falar - é sempre enriquecimento que não pode ser medido. Obrigado, Senhor! Pois, ante Tua voz, posso te escutar, te entender!

Este texto revela duas reações distintas do povo: "Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei. Ora, a multidão que ali estava, e que a ouvira, dizia que havia sido um trovão. Outros diziam: Um anjo lhe falou. Respondeu Jesus, e disse: Não veio esta voz por amor de mim, mas por amor de vós. Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo. E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim." (João 12:28-32). É um anjo? Ou um trovão? Jesus dissipa a dúvida, ao dizer: Esta é a voz d'Aquele que vos ama!

Esta canção diz aquilo que aqui não consegui dizer:
https://youtu.be/XEa2jjT9SyQ

Cordialmente;
Bispo Calegari

Nenhum comentário:

Postar um comentário